Avatar a Lenda de Aang: Roteirista afirma que série da Netflix será autêntica

Capa da Publicação

Avatar a Lenda de Aang: Roteirista afirma que série da Netflix será autêntica

Por Melissa de Viveiros

Após muito tempo aguardando novidades oficiais da série de Avatar: A Lenda de Aang que a Netflix irá produzir, a plataforma de streaming finalmente trouxe mais informações sobre o projeto. Após revelar que Albert Kim (A Lenda de Sleepy Hollow) será o roteirista e showrunner da produção, o principal comandante do projeto falou um pouco sobre o que pretende que a versão live-action seja (via ComicBook).

De acordo com Kim, é a necessidade de manter o projeto autêntico em relação ao material original, às culturas em que a série se inspira, bem como aos personagens, que serve como principal guia da produção. Por causa disso, houve um cuidado em trazer um elenco diverso para as telas, algo que também foi confirmado com a revelação oficial dos atores que estrelarão a versão live-action.

Contando sobre como conheceu a série, o roteirista disse que conheceu o desenho por meio de sua filha, que era fã da produção quando foi exibida na Nickelodeon originalmente. Kim afirma ter percebido na época que a narrativa da obra original era muito complexa, e diz que ficou surpreso quando a Netflix foi até ele para discutir a adaptação.

Ele escreveu:

“Avance 15 anos para o futuro. A Netflix me oferece a oportunidade de desenvolver um remake live-action de Avatar. Meu primeiro pensamento foi, ‘Por que? O que eu poderia fazer ou dizer com essa história que não foi feito ou dito pelo original?’ Avatar: A Lenda de Aang só havia se tornado mais popular e aclamado ao longo da última década e meia, o que é prova de quão completa e ressonante a experiência narrativa é. Então se não está quebrado, por que consertar?”

Continuando, o roteirista fala que ao refletir sobre o assunto, percebeu que haviam elementos importantes que apenas uma adaptação em live-action poderia trazer:

“Uma versão live-action estabeleceria um novo marco em representatividade e traria toda uma nova geração de fãs. Essa era uma oportunidade de mostrar personagens asiáticos e indígenas como pessoas reais e vivas. Não me entenda mal. Nós vamos expandir e aumentar o mundo, e teremos surpresas para os fãs antigos e novos. Mas ao longo do processo, nossa palavra guia tem sido ‘autenticidade’ com a história, os personagens e com as influências culturais. Autenticidade é o que nos manteve em movimento, tanto na frente das câmeras quanto atrás, motivo pelo qual reunimos uma equipe como nunca visto antes – um grupo de artistas talentosos e apaixonados que estão trabalhando duro para trazer esse mundo rico e incrivelmente belo à vida.”

Integrantes da produção da série divulgados pela Netflix.

Além do showrunner, a plataforma de streaming revelou que Dan Lin (Godzilla vs. Kong), Lindsey Liberatore (Walker), Michael Goi (Monstro do Pântano), Roseanne Liang (Uma Sombra na Nuvem) e o próprio Kim serão produtores executivos da série. Jabbar Raisani (Perdidos no Espaço), Goi e Liang serão diretores no projeto.

Ainda não existe uma previsão de quando a série estreará, mas o anúncio do elenco e da equipe por trás do projeto são grandes passos para concretizar o projeto. Por enquanto, resta aguardar por mais informações e esperar que o projeto tenha um resultado melhor do que a primeira tentativa de adaptar a obra em live-action.

O que você achou da fala do showrunner? Comente!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Melissa de Viveiros

Graduanda em Letras na UFMG. || What is infinite? The universe and the greed of men. || @windrunning_