Capa da Publicação

Armie Hammer é acusado de estupro

Por Cristiano Rantin

Após escândalos envolvendo traições e até suposto atos canibais, Armie Hammer está sendo formalmente acusado de estupro. De acordo com o The Hollywood Reporter, Effie, uma mulher de 24 anos que vive na Europa, oficializou a denúncia.

Durante uma coletiva de imprensa, a advogada Gloria Allred confirmou a denuncia de Effie, lendo a acusação que a jovem fez sobre o Hammer.

“Em 24 de abril de 2017, Armie Hammer me estuprou violentamente por mais de quatro horas em Los Angeles,” disse. “Durante aquelas quatro horas, eu tentei escapar, mas ele não me deixava. Eu achei que ele fosse me matar. Então ele foi embora sem se preocupar com a minha segurança.”

Segundo Effie, Hammer também bateu a cabeça dela diversas vezes na parede, o que resultou em vários ferimentos. “Ele cometeu outros atos de violência contra mim, dos quais eu não consenti”. 

Segundo Allred, Effie conheceu o ator em 2016, através do Facebook, quando ela tinha 20 anos. Os dois começaram um relacionamento conturbado que durou até 2020. “Ele abusou de mim mentalmente, emocionalmente e sexualmente.” Após o ato, Effie conta que teve pensamentos suicidas: “Eu tentei justificar as ações dele, até o ponto em que eu respondia as mensagens dele de uma forma que não condizia com os meus verdadeiros sentimentos. Ao falar disso hoje, eu espero ajudar outras pessoas a não serem vítimas dele no futuro.”

Allred, advogada da moça, reforçou: “Mesmo se uma parceira sexual concorda em fazer atividades sexuais, ela tem o direito de, a qualquer momento, não consentir.” Segundo ela, Effie entregou evidências do abuso que sofreu para a polícia, incluindo as fotos dos ferimentos que ela teria sofrido. No entanto, será preciso que a polícia decida se há evidências suficientes para avançar com a denúncia contra Hammer.

O ator negou as acusações. Andrew Brettler, advogado do ator, deu uma declaração ao THR afirmando que “a própria correspondência [de Effie] com o Sr. Hammer diminui e refuta as alegações ultrajantes dela. Em 18 de julho de 2020, Effie manda mensagens explícitas para o sr. Hammer, dizendo o que ela queria que ele fizesse com ela. Sr. Hammer respondeu, deixando claro que ele não queria continuar um relacionamento com ela.” 

Segundo o advogado do ator, existem centenas de mensagens entre Hammer e Effie, mostrando esse comportamento dela. O THR teve acesso a essas mensagens e confirmou a identidade de Effie, mas escolheu não divulgá-la, seguindo as recomendações da advogada da moça.

“Eu desafio Armie Hammer a mostrar todas, e não partes, de suas conversas com Effie para o departamento de polícia de Los Angeles e responder a todas as perguntas deles diretamente, ao invés de falar através do seu advogado,” disse Allred após a resposta de Brettler.

Armie Hammer é acusado de estupro

Em janeiro deste ano, Armie Hammer enfrentou uma série de polêmicas após inúmeras conversas — até o momento não confirmadas como verdadeiras — mostrariam que o ator estava envolvido em abuso, manipulação, coerção e até mesmo canibalismo. Uma das contas a denunciá-lo era identificada como House of Effie, mas durante a coletiva de imprensa, Allred não confirmou se a Effie que o acusa de estupro está envolvida nisso. O THR, no entanto, afirma que a imagem utilizada como identificação das duas contas é parecida.

Após as denúncias, Hammer começou a perder diversos papéis em projetos, falando para a imprensa que não responderia os ataques e essas “acusações de m*rda”. Para entender melhor toda a polêmica envolvendo o ator confira nossa matéria sobre o caso.

Na mesma época, Paige Lorenze, uma ex-namorada dele, o acusou de coagi-la a participar de uma relação sexual agressiva. Além de hematomas, ela teria ficado com a letra “A” marcada em sua região pélvica, depois que Hammer a cortou usando uma faca durante o ato sexual. O advogado do ator declarou que “Essas acusações sobre o Sr. Hammer são parcialmente falsas. Qualquer iteração entre essa pessoa, ou qualquer parceira dele, foram completamente consensuais nas quais eles discutiram e concordaram em participar.”

Respondendo sobre as acusações de Effie, Brettler afirmou:

“Nunca foi a intenção do Sr. Hammer envergonhar ou expor os fetiches e perversões sexuais de Effie, mas ela elevou as coisas para outro nível, ao contratar uma advogada civil para sediar uma coletiva de imprensa pública. Tendo a verdade do seu lado, o Sr. Hammer aproveita a oportunidade para deixar tudo esclarecido.” 

Armie Hammer é mais conhecido por seu trabalho em filmes como Me Chame Pelo Seu Nome, Agente da U.N.C.L.E. e A Rede Social. Em Liga da Justiça Mortal, um filme cancelado de 2007, o ator quase encarnou o Batman.

 

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"