Capa da Publicação

Armie Hammer abandona papel em Shotgun Wedding após polêmica envolvendo canibalismo

Por Gabriel Mattos

As estrelas de Hollywood são conhecidas por suas peculiaridades, mas alguns famosos passam de qualquer limite. Depois de alegações polêmicas sobre o ator Armie Hammer, ele decidiu deixar a produção de Shotgun Wedding.

O ator havia sido contratado para estrelar a produção do estúdio Lionsgate junto de Jennifer Lopez. Produzido por Ryan Reynolds, o longa promete misturar ação e comédia enquanto acompanha a lua de mel de um casal matando assassinos.

Entretanto, após as acusações recentes que têm rodado a internet, o ator decidiu se afastar dessa imagem agressiva propagada pelo filme. Segundo o The Wrap, um representante do estúdio declarou apenas que:

“Dado o início iminente das gravações de “Shotgun Wedding”, Armie requisitou afastamento do filme e nós apoiamos essa decisão.”

Armie Hammer em seu filme mais recente, Rebecca

Entenda a polêmica

O ator se envolveu em um grande escândalo após o surgimento de acusações de infidelidade, abuso e canibalismo. Tudo começou quando uma usuária do Instagram, sob o nome Houseofeffie, veio a público com prints de supostas conversas com o ator.

Ela afirma ser vítima de abuso e publicou diversos relatos onde Hammer teria enganado a mulher para se encontrar com ele. O ator ainda teria envolvido a filha de 6 anos em suas mentiras, mas não para por aí.

Segundo Effie, Armie dizia que ela era sua escrava na cama e que ele tinha o direito de fazer tudo que quisesse com ela. Supostamente, ela teria nascido para obedecê-lo e isso envolveu inclusive ameaças de mutilação enquanto o ator estaria bêbado.

Os relatos ainda pioram, envolvendo até mesmo intenção de canibalismo. O ator de O Agente da U.N.C.L.E. teria afirmado ser “100% canibalista” e que queria “beber o sangue” de sua vítima. Perturbador, para dizer o mínimo.

Armie Hammer ao lado de Henry Cavill em O Agente da U.N.C.L.E.

Entretanto, não existem provas contundentes contra Hammer. Não há nenhuma gravação de voz ou fotos que comprovem que ele seria mesmo o autor de todas as mensagens publicadas por Effie. Para o portal Variety, ele negou as acusações e explicou que sairia do filme para proteger seus filhos.

“Eu não vou responder essas alegações ridículas mas devido aos ataques perversos e espúrios contra mim, eu não posso em sã consciência deixar meus filhos por 4 meses para gravar um filme na República Dominicana. O estúdio me apoia nessa decisão e sou muito grato a eles.”

Não foi anunciado quem deve substituir Armie Hammer na produção. Shotgun Wedding continua sem previsão de estreia.

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse