Alec Baldwin se pronuncia sobre acidente que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins

Capa da Publicação

Alec Baldwin se pronuncia sobre acidente que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins

Por Chris Rantin

Ao utilizar uma arma cenográfica que estava carregada com munições reais, Alec Baldwin disparou e matou acidentalmente Halyna Hutchins, diretora de fotografia do filme Rust, além de ferir Joel Souza, o diretor do longa. Agora, após prestar depoimento sobre a tragédia, Baldwin se pronunciou sobre o ocorrido.

Após o incidente, as autoridades foram chamadas imediatamente para o set de filmagens. Baldwin não foi preso, sendo encaminhado para prestar um depoimento para tentar esclarecer a história. Agora, a polícia está investigando para tentar entender porque havia munição de verdade na arma que seria utilizada no filme. Falando pela primeira vez sobre o assunto, o ator lamentou o ocorrido em seu Twitter:

“Não há palavras para descrever meu choque e tristeza por conta deste trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e uma colega nossa que era profundamente admirada. Eu estou cooperando com a investigação da polícia para tentarmos entender como essa tragédia aconteceu,” disse Baldwin. “Eu estou conversando com o marido dela, oferecendo meu apoio a ele e sua família. Meu coração está partido pelo marido dela, seu filho, e todos nós que conhecemos e amamos Halyna.” 

Halyna Hutchins

Halyna Hutchins tinha 42 anos e era considerada uma estrela em ascensão em sua área. Ela deixa marido e filho, além dos colegas que utilizaram as redes sociais para expressar carinho para a diretora de fotografia. Joel Souza, que também foi ferido no disparo acidental conseguiu ser socorrido com vida no local das filmagens e recebeu alta do hospital.

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"