Capa da Publicação

Universo de Arrow passou por inúmeras mudanças após Crise nas Infinitas Terras

Por Guilherme Souza

A Crise nas Infinitas Terras trouxe grandes mudanças para as séries do Arrowverso, mas com a morte de Oliver Queen e o fim de Arrow, os moradores de Star City foram certamente os mais afetados pelas mudanças.

A morte de Queen não significou o fim definitivo de Arrow, na verdade, sua filha, Mia, continuará usando o manto deixado por seu pai, vivendo novas aventuras ao lado das Canários. Essa semana, foi ao ar o episódio “Arqueira Verde e as Canários”, que funciona como uma espécie de piloto para a série derivada de Arrow. Com isso, pudemos ter alguns vislumbres de tudo o que mudou com a Crise e de como será o futuro dessa parte do Universo DC na CW.

Inicialmente, devemos nos lembrar que a trama da nova série se passará em 2040, já que como visto anteriormente, Mia havia viajado ao passado e suas ações fizeram alterações no futuro. Após a Crise, a cidade de Star City voltou aos tempos áureos, aliás, ela parece melhor do que nunca, tendo Rene Ramirez (o antigo Cão Raivoso) como prefeito, que segue com seu terceiro mandato próspero.

A mansão Queen está de volta e pertence novamente à Mia e seu irmão, William. Não sabemos como a mansão foi restaurada, mas devemos supor que Felicity fez isso usando os recursos da Smoak Tech.

Anteriormente, as pessoas de 2040 odiavam os vigilantes e passaram a confiar suas vidas nos políticos, mas com a Crise, Oliver Queen se tornou um verdadeiro herói e passou a ser idolatrado, ganhando inclusive uma estátua de bronze como Arqueiro Verde na cidade. Isso garantiu à Mia um status de celebridade.

Um dos maiores pedidos de Oliver se concretizou, já que Mia e William foram criados juntos. Diferentemente do que acontecia no passado, a nova linha do tempo mostra os dois realmente se relacionando como irmãos e nos dá indícios de que eles sempre estiveram presentes um na vida do outro.

Diferentemente de antes, no entanto, Mia agora é uma moça da alta sociedade e graduada na faculdade, atingindo o antigo status dos Queen na cidade. Mesmo sendo bem-sucedido na realidade anterior, William tinha problemas de comprometimento graças aos traumas causados pelo abandono de seu pai. Na nova realidade, William assumiu Smoak Tech e se mostra bem mais comprometido com o trabalho, mas infelizmente, ele continua tendo azar no amor, já que seu namorado o deixou recentemente.

Mia agora é noiva do JJ (que na antiga linha do tempo era um Exterminador), enquanto Connor, por outro lado, virou vilão. Zoe Ramirez, a jovem Canário, que havia morrido antes do Monitor trazer os jovens heróis pra linha do tempo de Oliver, está de volta, mas abandonou a vida heroica.

Dinah Drake acordou no ano de 2040, logo após o funeral de Oliver Queen. Abandonando a carreira de policial, ela comprou um bar e um apartamento na torre do relógio, onde seguiu com sua vida. O mais curioso, é que não existem registros da vida de Dinah no passado, significando que é como se ela só existisse a partir de 2040. Um ponto positivo é que seu Grito da Canário foi restaurado.

A ação do episódio fica por conta do rapto de Bianca Bertinelli, filha adotiva de Helena Bertinelli, a Caçadora. Embora a Caçadora não apareça no episódio, Laurel não descarta a possibilidade de Bianca ter sido raptada por um antigo inimigo de sua mãe. Além disso, Laurel deixa a entender que ela e a Caçadora trabalharam juntas no passado, fazendo alusão às Aves de Rapina.

Por fim, nos foi revelado que existe um novo Exterminador na cidade e que ele foi o responsável por raptar Bianca Bertinelli e por traficar uma nova fórmula Mirakuru. Considerando que o Exterminador é um dos vilões mais queridos de Arrow, isso certamente parece promissor e uma bela maneira de iniciar a nova série.

Veja também:

Criador de Crise nas Infinitas Terras fala sobre futuro do Arrowverso

Prévia do penúltimo episódio de Arrow mostra a Arqueira Verde em ação

Produtor de Crise nas Infinitas Terras confirma Super Gêmeos no futuro do Arrowverso

Fique com imagens de Arrow em nossa galeria:

Fonte: SR

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'