Capa da Publicação

Simon Pegg fala sobre a possibilidade de um quarto filme de Star Trek

·
Por Gus Fiaux

Star Trek é uma das franquias mais importantes de ficção científica de todos os tempos. O que surgiu através de uma série de TV na década de 60 evoluiu para se tornar um império consolidado, contando com jogos, filmes e quadrinhos. Nos últimos anos, a saga teve uma reformulação nos cinemas com o “reboot” composto por Star Trek, de 2009, e suas sequências, Além da Escuridão Sem Fronteiras.

Abaixo, veja mais notícias de Star Trek:

Nova série de Star Trek é anunciada, com Spock, Pike e Número 1

Novo trailer de Star Trek: Picard mostra Locutus e cenas inéditas, assista

Star Trek de Quentin Tarantino pode não acontecer

Em uma extensa entrevista ao Collider, o astro Simon Pegg (que interpreta Montgomery Scott, o Scotty da franquia cinematográfica) falou a respeito da produção de um quarto filme. Para ele, a morte prematura de Anton Yelchin (que interpretava Pavel Chekov) jogou um balde de água fria sobre os planos do elenco, já que o ator era uma peça muito importante dessa “família”:

“Perder Anton Yelchin da forma que perdemos foi um grande soco no estômago. E acho que tirou um pouco o entusiasmo de fazer outro, apenas porque estamos sentindo falta de alguém da nossa família.”

Ao ser questionado sobre o contato entre os membros do elenco, Pegg deixou bem claro que os atores continuam conversando entre si, como amigos, constantemente perguntando sobre o bem-estar dos outros. No entanto, eles não estão reunidos pressionando a Paramount por um quarto filme, por mais que ele reconheça a notícia do projeto de Noah Hawley:

“Nós todos estamos entrando em contato, esses dias estávamos mandando mensagem um para o outro, apenas perguntando ‘como você está’ e coisas do tipo. Mas não é como se não estivéssemos batendo nas portas da Paramount berrando: ‘Ei, quando a gente vai fazer esse filme?'”

O ator então comentou as bilheterias modestas dos três filmes da saga. De acordo com ele, o motivo se dá pelo fato de Star Trek sempre ter sido uma franquia “de nicho”, com um apelo às massas pequeno se comparado a outras gigantes franquias de entretenimento, como o Universo Cinematográfico da Marvel e os filmes de super-heróis:

“A verdade é que o apelo dos filmes de ‘Star Trek’ é um pouco mais “de nicho” do que, digamos, os filmes da Marvel, que fazem muito dinheiro e possuem esse apelo gigante. Eu acho que ‘Star Trek’ é um pouco mais voltado para o nicho, então não vai fazer esse tipo de bilheteria. Então sim, a coisa óbvia a se fazer é não ir de encontro ao espetáculo gigantesco, ir em busca de algo um pouco mais restrito, na onda da série original. Isso seria algo brilhante a se fazer, e eu tenho certeza de que já está sendo discutido… Vocês tem mais certeza disso do que eu.”

Para finalizar sua entrevista, Pegg falou um pouco a respeito da relevância da mídia televisiva no que diz respeito à franquia. Para ele, o trabalho na TV evoluiu muito – principalmente em efeitos visuais e custos de produção. Então ele conclui sua fala dizendo que, talvez, a televisão seja o verdadeiro lar de Star Trek, principalmente por ter sido onde tudo começou:

“Talvez a TV seja o melhor lugar [para ‘Star Trek’] no momento. A televisão evoluiu demais. Se tornou algo que, atualmente, é um colega do cinema. Só é visto de uma forma diferente. Não é mais uma escala reduzida. Você pode fazer muita coisa interessante, e ainda pode parecer moderno e refinado. Talvez a televisão seja um formato melhor para ‘Star Trek’. Foi onde tudo começou, sabe?”

E Pegg de fato tem razão nesse comentário. A franquia começou como uma série de TV e se tornou um verdadeiro império nas telinhas, com diversas séries derivadas. Atualmente, a franquia prospera pelos serviços de streaming, como podemos ver pelo sucesso de Discovery Picard. Ainda assim, muitos fãs gostariam de ver um quarto capítulo dessa saga sendo levado aos cinemas.

Abaixo, veja os 10 melhores filmes de Star Trek:

Ainda não há previsão de lançamento para Star Trek 4.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux