Capa da Publicação

Sam Mendes, diretor de 1917, conta sua inspiração para o filme

·
Por Cristiano Rantin

1917 foi o grande vencedor do Globo de Ouro, conquistando os prêmios de Melhor Filme de Drama e Melhor Diretor, tendo Sam Mendes como o premiado. O filme, feito totalmente em plano sequência, é focado na Primeira Guerra Mundial e mostra a jornada de dois jovens soldados que lutam para enviar uma mensagem para seus aliados, impedindo que eles caiam em uma perigosa armadilha.

Legião dos Heróis foi pra Londres entrevistar a equipe do filme, e lá perguntamos o que inspirou Sam Mendes: 

“Essa história sempre foi parte de mim, pelo menos uma versão dela, quando meu avô contava histórias sobre suas experiências na Primeira Guerra Mundial. Ele lutou lá quando tinha 17 anos. E eu acho que minhas primeiras experiências com a guerra foram ouvindo aquelas histórias.  Sentia que eu podia pegar uma dessas histórias que meu avô contava que era sobre carregar uma mensagem através do campo de batalha, que na verdade é uma história bem curta, mas aquela imagem sempre continuou comigo. Então quando eu sentei para escrever, percebi que essa era a história que eu queria contar, portanto tivemos que transformá-la numa jornada maior e mais épica.” 

Ansiosos para o filme?

Veja também: 

[Crítica] 1917 é muito mais do que um simples filme de guerra

Diretor de 1917 conta porque decidiu fazer o filme todo em plano sequência

Globo de Ouro 2020: Confira lista completa dos vencedores

Confira nossa galeria sobre o filme:

1917 chega aos cinemas brasileiros dia 23 de janeiro.

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Mestrando em Comunicação Social pela UEL • Bruxo • Twitter: @ChrisRantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"