Capa da Publicação

Sequências de Avatar terão orçamento bilionário, diz site

·
Por Raphael Martins

Avatar, filme dirigido por James Cameron e lançado em 2009, é uma das maiores bilheterias da história do cinema e foi responsável por criar uma nova maneira de produzir filmes em 3D, uma tendência que ainda hoje é seguida pelos maiores estúdios do mundo.

Suas quatro sequências estão em desenvolvimento há mais de 10 anos, todas sendo produzidas ao mesmo tempo. A fotografia principal de Avatar 2 e Avatar 3 já foi concluída em 2017, e embora no momento a produção siga parada devido à pandemia do novo coronavírus, o plano do estúdio é o de continuar assim que possível.

Veja mais notícias de Avatar aqui embaixo:

Novas fotos de Avatar 2 mostram James Cameron dirigindo atores na água

Nova foto dos bastidores de Avatar 2 sugere flashback do primeiro filme

Cinemas chineses relançarão Avatar e os quatro filmes dos Vingadores

Como era de se esperar, esse tipo de coisa não deve sair barato. O orçamento total dos quatro novos filmes nunca foi divulgado, nem pelo 20th Century Studios, antiga 20th Century Fox, nem pelo diretor James Cameron. Mas ele pode ter sido descoberto.

De acordo com o site Deadline, o orçamento combinado dos filmes ultrapassaria os $1 bilhão, com cada filme custando cerca de $250 milhões. Para efeito de comparação, o filme original custou $237 milhões, um valor altíssimo, mas que se pagou tranquilamente nas bilheterias.

Com valores tão altos, a esperança do estúdio é a de que os novos filmes deem tão certo quanto o primeiro, que por dez anos ficou no topo dos filmes mais assistidos do mundo, sendo finalmente derrubado por Vingadores: Ultimato no ano passado. E aí, será que vão conseguir repetir o feito?

Na lista abaixo, você confere os 10 melhores filmes de ficção científica da última década:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael