Capa da Publicação

Produtor de Mulan explica por que Li Shang foi removido do filme

Por Gus Fiaux

Mulan vai ganhar sua versão live-action em menos de um mês, trazendo grandes mudanças para a história da lendária guerreira chinesa. Não teremos Mushu, não teremos as músicas clássicas da animação e, definitivamente, não teremos Li Shang, o líder do exército chinês que se apaixona pela heroína.

Em uma entrevista ao Collider, o produtor Jason Reed se propôs a explicar o motivo pelo qual o personagem foi cortado dessa nova versão da história. De acordo com ele, a decisão teve a ver com um popular movimento social que denuncia casos de assédio no trabalho.

Veja mais notícias de Mulan:

Novo vídeo de Mulan revela bastidores das cenas de ação

Personagens de Mulan ganham novos cartazes individuais

Mulan tem sua classificação indicativa revelada

O produtor disse:

“Nós dividimos Li Shang em dois personagens. Um se tornou o Comandante Tung (Donnie Yen), que serve como seu pai adotivo e mentor ao longo do filme. O outro é Honghui (Yoson An), que é um colega de Mulan no esquadrão. Eu acho que, particularmente na era do movimento #MeToo, ter um oficial comandante que também é o interesse amoroso e sexual era muito desconfortável e não achávamos que isso seria apropriado”.

No entanto, muitos fãs não compararam esse discurso, já que na animação, Shang aparece, desde sempre, apaixonado por Mulan. Mas ele só realmente investe na heroína quando ela já não faz mais parte do exército e, portanto, não é mais subordinada dele.

Muitos também creem que isso tenha partido de uma decisão da Disney de corrigir um “erro histórico” com o personagem, já que, na animação, o guerreiro demonstra ser bissexual ao se apaixonar por Mulan enquanto ainda acredita que ela é um homem, algo que o estúdio inseriu no filme original sem perceber.

Abaixo, confira os 10 remakes live-action da Disney, do pior ao melhor:

Mulan chega aos cinemas no dia 26 de março.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux