Capa da Publicação

Microsoft internacional se pronuncia sobre a demissão de Isadora Basile

Por Márcio Jangarélli

Na semana passada, Isadora Basile, ex-apresentadora do Xbox Brasil, anunciou que foi demitida do canal, afirmando que os ataques virtuais que vinha sofrendo foram o fator para a decisão da Microsoft. Agora, o IGN internacional conseguiu uma declaração da ala americana da empresa sobre o assunto.

De acordo com Isadora, em seu comunicado, sua demissão veio como uma medida de “proteção” ao assédio virtual que vinha sofrendo e partiu da Microsoft global. 

Por sua vez, a Xbox Brasil emitiu um comunicado no mesmo dia, afirmando que o encerramento do contrato de Basile não estava relacionado aos ataques e fazia parte de mudanças internas que culminaram na transferência dos conteúdos do canal Xbox Brasil para o Xbox Wire. 

A situação gerou um grande debate online e acabou sendo noticiada em veículos internacionais. Hoje (22), o IGN noticiou o comunicado de um porta-voz da Microsoft americana sobre a demissão de Basile.

O comunicado diz que:

“Nós não toleramos assédio ou comportamento desrespeitoso de qualquer tipo e tomamos ações de apoio à Isadora quando os ataques pessoais a ela chegaram à nossa atenção. As mudanças de programação da semana passada não estão relacionadas. Elas são um resultado direto do nosso esforço constante de atingir mais jogadores, em mais linguagens, com notícias em tempo real e informação compreensível disponíveis na nossa fonte global de notícias, o Xbox Wire”.

A informação se alinha com a nota feita pelo Xbox Brasil. Ainda assim, são contraditas pelo relato de Isadora, que também não foi a primeira apresentadora do Xbox Brasil a passar por assédio online e ameaças sem receber apoio significativo da Microsoft.

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.