Capa da Publicação

Liga da Justiça: Joss Whedon responde acusações de racismo feitas por Ray Fisher

Por Márcio Jangarélli

Mais um capítulo turbulento na história das regravações do filme da Liga da Justiça. Agora, depois de Ray Fisher detalhar melhor seus problemas nos bastidores, afirmando que a situação envolveu racismo, um representante do diretor Joss Whedon se pronunciou sobre o caso.

O CinemaBlend fez uma reportagem sobre a nova etapa do embate entre Ray Fisher e Joss Whedon. Nela, a publicação afirmou ter ouvido de fontes que trabalharam no filme da Liga que parte das acusações de Fisher não estão corretas e que são, inclusive, “declarações falsas”.

Conversando com a Forbes, o ator explicou que atores negros e asiáticos foram afastados da produção por conta da sua etnia. Ele ainda afirmou que o motivo de ter resolvido enfrentar a questão foi quando soube que Joss Whedon teria mudado digitalmente a cor de pele de um dos atores na pós-produção.

Sobre a primeira acusação, a fonte do CinemaBlend afirmou que são “declarações falsas”, quando os atores que Fisher cita, como Karen Bryson, que seria a mãe do Ciborgue, ou Orion Lee, que interpretaria Ryan Choi no longa, foram afastados antes da mudança de diretores e nem chegaram a interagir com Whedon.

Quando a mudança na cor de pele de um dos atores, quem respondeu foi um porta-voz de Joss Whedon. De acordo com a declaração, Ray estaria mal informado sobre o assunto.

Segundo o porta-voz de Joss Whedon:

O indivíduo que ofereceu esta declaração reconhece que isto foi apenas algo que ele escutou de outra pessoa e aceitou como verdade, quando, na verdade, uma simples pesquisa provaria que isso é falso. Como é normal para quase todos os filmes, haviam várias pessoas envolvidas no processo de finalização desse filme, incluindo o editor, pessoa dos efeitos especiais, compositor, etc, com um colorista senior responsável pelo tom, cor e humor da versão final. Esse processo foi ainda mais complicado pelo fato do Zack gravar com filme, enquanto o Joss filmou digitalmente, o que pediu do time, liderado pelo mesmo colorista senior que trabalhou em filmes anteriores do Zack, reconciliar as duas versões.

E aí, o que você acha dessa situação? Não esqueça de comentar!

Veja agora nossa lista sobre Liga da Justiça:

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.