Capa da Publicação

Entenda como funciona o interior de uma Pokebola

Por Matheus Takahashi

Pokémon é um enorme fenômeno mundial, sem sombra de dúvidas. Ao longo dos anos, muitos fãs criaram uma série de questionamentos sobre como funciona o mundo dos nossos queridos monstrinhos, desde os torneios e até mesmo como é a anatomia dos Pokémon. Mas uma das mais famosas perguntas sobre a série é: como é o lado de dentro das Pokébolas? O CBR nos ajuda a tirar essa dúvida.

Saiba mais sobre Pokémon:

Artistas criam pokedex incrível com memes brasileiros

Fã de Pokémon impressiona com cosplay de Mewtwo

Evento em Pokémon GO terá Croagunk shiny e novo Pokémon

A verdade é que pouco se sabe sobre como funcionam as Pokébolas em termos técnicos e práticos. Todos os fãs sabem, no mínimo, que, ao serem atiradas em um Pokémon, o bichinho se transforma em uma espécie de energia, que é sugada pelo aparelho – pelo menos o anime mostra assim, já que nos jogos o Pokémon apenas encolhe para dentro da Pokébola. Em ambos os casos, o apetrecho captura as criaturas de alguma maneira que os façam caber em seu interior.

Em termos oficiais, vindo de pronunciamentos e comentários de produtores, também não há muito que se saiba. Mas o produtor do jogo Pokémon: Sun and Moon Junichi Masuda já disse, em entrevista ao Kotaku.com, em 2016, que provavelmente o interior de uma Pokébola seria confortável o suficiente para as criaturas ficarem, fazendo uma comparação a uma suíte de hotel. Assim, ele indica que a Pokébola pode criar um ambiente virtual que seja ideal para um Pokémon. 

Mas isso não significa que todo Pokémon vá querer estar nesse ambiente. O exemplo mais conhecido – se não óbvio – é o Pikachu de Ash Ketchum, no anime, que se recusa a estar na Pokébola o tempo todo. Em alguns jogos também vemos Pokémon que não gostem de ficar enclausurados, pois, apesar de poder te deixar confortável, a Pokébola cria um isolamento do mundo real e de outras espécies. 

No final das contas, por mais que as Pokébolas possam dar conforto aos Pokémons, elas não são feitas com o intuito de manter os bichinhos presos por muito tempo, pois eles precisam, para todos os efeitos, de um ar fresco. É apenas uma forma de conseguir transportar criaturas enormes durante sua jornada.

Veja mais sobre Pokémon em:

Imagem de perfil
sobre o autor Matheus Takahashi

Geógrafo. Amante da cultura geek/nerd, mas ama mesmo super-heróis, jogos de luta e futebol. Conversa fácil sobre (quase) qualquer coisa

IG: t1takahashi TT: takamatheus