Capa da Publicação

Produtor de Watchmen explica ausência de cena com Doutor Manhattan e Espectral

Por Cristiano Rantin

Watchmen foi uma das maiores surpresas do ano, sendo considerada por muitos como a melhor série de heróis dos últimos anos. Cheia de críticas sociais – tal como o quadrinho original – a produção da HBO trouxe diversos personagens clássicos para sua trama, entre eles Espectral, a Laurie Blake vivida por Jean Smart, e o Doutor Manhattan, interpretado por  Yahya Abdul-Mateen II.

Nos quadrinhos, vemos Laurie e Manhattan como um casal apaixonado, ao menos inicialmente, e a própria série da HBO menciona isso. Mesmo assim, o seriado termina sem que os dois tenham uma cena juntos, ou um diálogo mais relevante. Damon Lindelof, o produtor e showrunner da série, explicou o motivo pra isso ter acontecido em uma entrevista para o Collider.

Segundo ele, a equipe de roteiristas até tentou fazer isso acontecer, mas apesar de todas as tentativas, eles não conseguiram pensar em uma boa cena entre os dois, para que esse momento fosse digno de ser levado para as telinhas:

Nós falamos muito sobre isso, e realmente consideramos fazer isso, mas nós falhamos em criar algo que passasse nossa ideia de inclusão. Então, pra mim é difícil contabilizar o quão perto chegamos [de ter uma cena entre os dois], mas foi algo que nós realmente consideramos. Eu tentei várias formas de ter interagindo, mas não consegui pensar em nenhuma versão que fosse satisfatória, então não fizemos.” 

Lindelof, no entanto, diz que se assistirmos a série de novo, iremos ver vários momentos entre os dois, ainda que Laurie não saiba que está falando com o Doutor Manhattan:

Eu acho que, na verdade, Laurie teve várias cenas com o Doutor Manhattan, ela simplesmente não sabia que ele era o Doutor Manhattan. E minha esperança é que os fãs voltem e assistam de novo essas interações que que ela teve com o Cal, ou que você ouça o Cal descrevendo as interações que ele teve com Laurie novamente, pois são essas as cenas [entre os dois]… Eles tiveram um encontro acontecendo em cena e um que acontece fora de cena. Ambos foram uma delícia de escrever, porque ela não faz ideia de quem ele é, mas ela faz várias referências ao Cal, e no fim você descobre que, na verdade, ela estava descrevendo o Doutor Manhattan. Eu acho que isso foi algo maravilhoso.” 

Leia mais sobre Watchmen:

Episódio final de Watchmen bate recorde de audiência

Damon Lindelof fala sobre a política em Watchmen

Criador da série de Watchmen explica ausência do Coruja

Você confere imagens do último episódio de Watchmen na nossa galeria:

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"