Capa da Publicação

Marvel exige que político norte-americano pare de se vestir de Capitão América!

Por Gus Fiaux

Na última semana, a Marvel Comics entrou em uma polêmica ao mandar uma carta para o vereador democrata norte-americano Ben Kallos, pedindo para que ele pare de se fantasiar como Capitão América em campanhas políticas. Kallos representa o Upper East Side de Manhattan e participou de uma campanha chamada “Alerta Super-Heroico”, no qual se fantasia do Sentinela da Liberdade e faz referência a vários outros personagens da editora.

O político compartilhou a capa em seu Twitter, mostrando o pedido da editora. A carta foi escrita por Eli Bard, um dos chefes do conselho da editora, e pede que o vereador pare de usar o personagem, já que não quer associar seus heróis à política:

“Caro vereador Kallos. Escrevo esse pedido para que sua campanha se afaste de usar personagens da Marvel em seus anúncios […]. Por mais que a Marvel aprecie sua afeição por nossos personagens e dê as boas vindas ao seu apoio como fã, nós pedimos que nossos personagens não sejam utilizados para propósitos políticos ou em campanhas eleitorais.”

Apesar de não ter dado nenhuma entrevista oficial sobre o pedido, o vereador compartilhou várias notícias e artigos em seu Twitter, criticando a posição da Marvel. Para ele, não faz sentido transformar a mídia das HQs – principalmente o Capitão América – em um símbolo apolítico.

Na galeria abaixo, fique com fotos dos bastidores de Falcão e o Soldado Invernal:

Falcão e o Soldado Invernal estreia no segundo semestre de 2020.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux