Capa da Publicação

Good Omens – Grupo cristão enfurecido com a série corrige envio da petição e libera comunicado!

Por Evandro Lira

Ontem, uma petição criada por uma organização cristã rendeu várias manchetes na internet. Isso porque o protesto exige que a Netflix cancele a minissérie Good Omens, quando o programa, na verdade, pertence a outra empresa, a Amazon Prime. E se a repercussão rendeu algumas piadas entre as próprias plataformas, ela também funcionou para que o grupo mobilizado percebesse seu erro e agora direcionasse ao endereço correto.

A página da petição, que já conta com mais de 20 mil assinaturas, agora consta com uma atualização, que admite o erro e reitera sua posição:

“Devido a um descuido por parte do pessoal da Return to Order, esta petição listou originalmente a Netflix como responsável pela série ofensiva Good Omens. A Amazon Video lançou a série em 31 de maio. Lamentamos o erro e os protestos serão entregues à Amazon quando a campanha for concluída.”

O grupo critica a série criada por Neil Gaiman por apresentar a figura do diabo e de santanistas de maneira “normais” e “até mesmo boa”. Segundo eles, o programa zomba da sabedoria do “Criador” de inúmeras formas, entre elas, pelo fato de que a voz de Deus é fornecida por uma mulher.

De qualquer maneira, Good Omens foi produzida como sendo uma minissérie, não tendo assim mais que uma temporada. Quem sabe na semana que vem, a organização descubra isso também, não é?

Fique com imagens do programa em nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira