Capa da Publicação

Elizabeth Olsen, a Feiticeira Escarlate, conta qual é a parte mais difícil de trabalhar na Marvel!

Por Gus Fiaux

Feiticeira Escarlate é uma heroína querida por muitos. Desde Vingadores: Era de Ultron, acompanhamos Wanda Maximoff ao lado dos Vingadores, em batalhas épicas. E em breve, ela também vai ter destaque em sua própria série, WandaVision. Entretanto, nem tudo são flores para a atriz Elizabeth Olsen. 

Recentemente, a atriz falou um pouco sobre as “dificuldades” em se estrelar numa franquia tão grande quanto o Universo Cinematográfico da Marvel. Em entrevista ao Entertainment Weekly, ela diz que sente falta de trabalhar em projetos mais independentes e peças de teatro:

“A coisa que é um pouco difícil para mim é que eu realmente adoraria fazer um filme independente, gravando por quatro semanas, onde há um início e um fim. Com ‘Sorry For Your Loss’, mesmo que eu tenha amado a experiência… fui uma das produtoras da série, o que é um trabalho de dez meses. Então, entre a Marvel e isso, tenho estado com minha agenda bem apertada para fazer os pequenos filmes ‘de arte’ que eu gosto de fazer. Mas eu literalmente não tenho tempo para eles. Então, há uma parte de mim que realmente sente falta disso. E tem uma parte de mim que realmente gostaria de voltar aos palcos.”

Ainda assim, o futuro de Wanda Maximoff no MCU é brilhante. Além de protagonizar sua própria série solo em 2021, a heroína também estará em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, ao lado do Mestre das Artes Místicas. Ainda não sabemos o que o futuro reserva para a heroína, mas ela certamente é uma das peças essenciais da Fase 4 em diante.

Veja, na galeria abaixo, a primeira arte conceitual de WandaVision:

WandaVision estreia no primeiro trimestre de 2021.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux