Capa da Publicação

Coringa – Divulgada descrição de uma das cenas deletadas do filme!

Por Gus Fiaux

Coringa está em cartaz nos cinemas, e já se tornou uma sensação para os fãs de filmes de super-heróis, por ser uma versão ainda mais sombria e densa da história de origem de um dos maiores vilões das HQs. O filme está sendo muito elogiado e tem chances altas no Oscar do ano que vem. 

Contudo, há também muita coisa que ficou de fora do corte lançado nos cinemas – e que, com sorte, deve ser lançado direto no Blu-Ray do filme. Recentemente, o diretor Todd Phillips e o astro Joaquin Phoenix falaram com o Collider sobre as cenas deletadas do filme, e como elas se incorporam à trama. 

Phillips começou expressando seu completo desprezo por versões estendidas e cenas deletadas: “Eu odeio pra c****** versões estendidas. Eu odeio cenas deletadas. Elas são deletadas por um motivo.” Ou seja, pode ir esquecendo uma “versão do diretor” de Coringa. Após isso, Phoenix ainda relembrou uma cena que acabou sendo cortada da versão de cinema, e que ele gostou bastante:

Havia uma cena que, durante as filmagens, nós pensamos que era uma das melhores cenas e amamos o comportamento dele [do Coringa] naquela cena, e eu sempre realmente gostei daquela cena. E o Todd [Phillips] me disse: ‘nós vamos cortar aquela cena’, e de primeira eu pensei: ‘pera, como assim você vai cortar aquela cena?’ E então, quando eu vi, era bem óbvio. Precisava ser cortada.

A cena em questão à qual Phoenix se refere diz respeito a um momento entre Arthur Fleck e Randall (um dos colegas de trabalho do Coringa, que ele posteriormente assassina) na escada do local onde ambos trabalham. A cena teria sido cortada porque o diretor achou que não era necessária, principalmente para fazer a ligação com o momento em que Fleck escreve em uma das placas na escada.

Além desta cena, Todd Phillips também falou sobre alguns momentos que acabaram sendo deletados na cena em que o Coringa aparece no programa de Murray Franklin (Robert de Niro), já que a cena foi gravada diversas vezes, sempre de formas diferentes.

É engraçado, você falou sobre cenas deletadas antes e eu estava pensando, por mais que eu não goste de cenas deletadas, nós acabamos cortando essa coisa bem divertida – eu ainda não mostrei a vocês. É uma cena dele chegando no programa do Murray Franklin, porque toda vez que alguém o anunciava e Murray dizia: ‘Por favor, deem as boas-vindas ao Coringa’, e as cortinas se abriam, ele [o Coringa] fazia algo diferente. Você sabe o que acontece no filme, ele gira, dá um beijo na mulher. Mas nós cortamos isso de ‘Por favor, deem as boas vindas ao Coringa’, e eu não sei, nós talvez tenhamos gravado umas treze vezes, e todas as vezes foram diferentes e divertidas, e havia muitas versões boas. Eu sempre penso: ‘Ah, por que eu não usei aquela?’

O filme definitivamente não sofre por conta dessas cenas deletadas, já que elas são mais uma “versão alternativa” do que aconteceu no longa. Felizmente, é provável que todas essas cenas acabem sendo lançadas diretamente no Blu-Ray, para saciar a curiosidade dos fãs. 

Na galeria abaixo, fique com cartazes do filme:

Coringa está em cartaz nos cinemas!

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux