Capa da Publicação

Coringa – Diretor culpa o “vitimismo” pelas críticas ao filme!

Por Guilherme Souza

As discussões sobre o filme solo do Coringa têm ficado cada vez mais acaloradas, à medida que a estreia se aproxima. Nas últimas semanas, muito tem se falado sobre a possibilidade do filme acabar incitando atentados durante suas sessões de exibições, por conta de sua história acabar se conectando com homens marginalizados pela sociedade que enxergam a violência como uma forma de sucesso.

Embora o diretor Todd Phillips já tenha deixado claro que os filmes não são responsáveis por atos de violência, uma nova declaração do cineasta pode acabar colocando ainda mais lenha nessa fogueira, já que ele acredita que o “vitimismo” seja o grande responsável em toda a polêmica que a produção se envolveu.

“Eu acho que é porque o vitimismo se tornou uma comodidade, acho que isso se tornou uma comodidade já faz um tempo,” disse Phillips. “O que me chama a atenção no discurso desse filme é como a extrema esquerda pode facilmente soar como a extrema direita quando isso se encaixa na agenda deles. Isso realmente abriu meus olhos.”

Embora o diretor culpe a “extrema esquerda” pelas críticas ao filme, devemos levar em consideração que a produção também tem sido criticada por um grupo de sobreviventes do ataque em Colorado, onde durante uma sessão de Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge, um homem iniciou um tiroteio dentro da sala de cinema, alegando ter se inspirado no Coringa de Heath Ledger.

Por hora, nos resta torcer para que nenhum atentado aconteça e que todos possam aproveitar o filme tranquilamente.

Fique com imagens de Coringa em nossa galeria:

Coringa estreia no dia 3 de outubro.

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'