Vingadores: Guerra Infinita – Diretores podem ter confirmado novo nome heroico do Capitão América!

Capa da Publicação

Vingadores: Guerra Infinita – Diretores podem ter confirmado novo nome heroico do Capitão América!

Por Leo Gravena

Nos últimos meses, os fãs estão mais do que ansiosos para a estreia de Vingadores: Guerra Infinita. Mesmo com vários trailer, imagens e entrevistas, ainda sabemos bem pouco dos eventos que formarão o filme. Um desses mistérios é o nome heroico de Steve Rogers, desde o final de Capitão América: Guerra Civil os fãs acreditam que o personagem assumiu um novo manto: o de Nômade. Nos quadrinhos, Nômade foi uma identidade usada por Steve Rogers, nos anos 70, quando ele desistiu de ser o Capitão América pela primeira vez. Ao longo dos anos, a identidade chegou a ser utilizada por outros personagens.

Isso parece ter sido colaborado ainda mais recentemente, com o Sebastian Stan escrevendo “Nômade” ao lado do personagem ao assinar um pôster e ao se explicar deixar claro que “alguém já havia falado, ‘Ele é o Nômade,’ ou algo do tipo”. Já o interprete do personagem, Chris Evans, ao falar sobre a mudança visual do herói, também comentou: “[A mudança visual] leva a esse arco e [tem a ver] com o que ele está passando”. O diretor Joe Russo, contudo, deixou alguns fãs mais tristes, dizendo “Eu não diria que ele é exatamente o Nômade, mas ele tem o espírito desse personagem”.

Porém, parece que o jogo virou. Em seu instagram, os Irmãos Russo postaram uma nova imagem do Capitão América no filme, nela temos o texto: “Chris Evans como O Nômade”. Obviamente isso pode ser apenas uma brincadeira dos diretores com os recentes rumores, porém, também pode ser uma confirmação oficial. Até o momento eles não se pronunciaram sobre isso, então temos que esperar, mas muitos fãs já estão animados com a mudança.

Quais suas opiniões? Não deixe de comentar!

Confira a imagem abaixo:

Vingadores: Guerra Infinita já está em cartaz nos cinemas.

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."