Capa da Publicação

Thor: Amor e Trovão – 9 perguntas que o filme deixa para o futuro do MCU

Por Gus Fiaux

Atenção: Alerta de Spoilers!

Nessa última quinta-feira (07), chegou aos cinemas brasileiros Thor: Amor e Trovão, o novo capítulo na franquia do Deus Trovejante no Universo Cinematográfico da Marvel – e dessa vez, acompanhado da Poderosa Thor, que aparece para ajudar na luta contra o maníaco Gorr, o Carniceiro dos Deuses. Porém, o longa não só desenvolve a história do núcleo asgardiano da Casa das Ideias, como também traz várias novas possibilidades.

Com um final dramático e promissor, o longa levanta a bola para um possível quinto filme do Filho de Odin, além de estabelecer novos personagens que podem ser bem importantes no futuro da saga. Por isso, aqui reunimos 9 questões que Thor: Amor e Trovão nos deixa para o futuro do MCU!

Imagem de capa do item

Jane Foster vai retornar?

A maior e mais óbvia questão que temos ao final do filme é: Afinal, Jane Foster vai retornar de alguma forma no futuro do MCU? Como visto, a heroína acaba sucumbindo para seu câncer, enquanto derrota Gorr uma última vez. Ela então é vista na segunda cena pós-créditos, em Valhalla, onde é recebida por ninguém menos que Heimdall.

Sabemos que, nos quadrinhos, Jane tem um destino similar - mas retorna à ativa como uma Valquíria, conduzindo os mortos para o Valhalla. Ela até chega a usar o martelo encantado mais uma vez, recuperando seus poderes como a Poderosa Thor, mas não é permanente. Seria bem interessante vê-la de volta como uma Valquíria, servindo ao exército do Rei de Asgard.

Imagem de capa do item

A filha de Gorr continuará junto de Thor?

Ao fim do longa, Gorr encontra aquilo que procurava: Eternidade. No entanto, em vez de matar usar seu pedido para acabar com todas as divindades, ele acaba se redimindo e morre - mas como último desejo, pede para que sua filha seja ressuscitada. E é exatamente isso que acontece. Não só ela é trazida de volta à vida, como se torna parceira-mirim do Thor e passa a lutar ao lado do herói.

O fim do filme dá muito a entender que ela será como uma filha adotiva para o Deus do Trovão, enquanto também é treinada no combate. Ela inclusive usa o Rompe-Tormentas, enquanto o Filho de Odin volta a usar Mjölnir na ação. Resta saber se ela continuará aparecendo nos filmes do Thor, e qual é o seu papel no futuro do MCU.

Imagem de capa do item

Thor retornará à Terra em breve?

Boa parte da ação de Thor: Amor e Trovão se desenrola na Terra, já que Nova Asgard agora é situada no nosso planeta. Porém, muito também se passa no espaço, ainda mais quando Thor e seus aliados vão à caça de Gorr, o Carniceiro dos Deuses. Quando a trama acaba, Thor parece estar vivendo novas aventuras no espaço ao lado da filha de seu falecido inimigo.

Ainda assim, gostaríamos de saber se o Deus do Trovão pretende retornar à Terra e ter aventuras próprias por aqui, ou se sempre continuará suas viagens intermináveis por vários reinos e planetas. Além disso: ele vai voltar a figurar entre os Vingadores, caso os Heróis Mais Poderosos da Terra se reúnam mais uma vez no futuro?

Imagem de capa do item

Lady Sif e Thor finalmente ficarão juntos?

Quando Jane Foster parte, Thor parece estar passando pelo processo do luto, ainda que reconheça todo o heroísmo de sua ex-namorada. Porém, o filme também marca um retorno bem interessante para o MCU: Lady Sif, a grande guerreira asgardiana interpretada por Jamie Alexander, que não só sobrevive ao cerco de Hela, como também ao ataque de Gorr.

Nos quadrinhos, Sif é perdidamente apaixonada por Thor e os dois têm uma chance de ficar juntos, antes dele conhecer Jane. Será possível que, após seu luto, Thor dará uma chance à guerreira? Ainda não temos como saber, mas seria bem interessante ver o desabrochar desse romance, especialmente já que Sif e Thor também são casados na mitologia nórdica.

Imagem de capa do item

Rei Valquíria encontrará sua Rainha?

Durante um bom tempo, Taika Waititi e os envolvidos em Thor: Amor e Trovão falaram sobre como o longa abordaria a vida de Valquíria e sua procura por uma "Rainha", já que ela é o Rei de Asgard. No entanto, isso não está presente no filme - talvez tenha sido cortado na edição para favorecer o ritmo ou até mesmo removido por exigência da Disney.

Ainda assim, será que Valquíria achará sua Rainha? Quem pode se tornar o novo interesse amoroso da heroína? Ou será que ela ainda pode reencontrar a outra Valquíria por quem foi apaixonada no passado, que morreu nas mãos de Hela? Se o Valhalla já foi apresentado no MCU, qualquer coisa pode acontecer no futuro com aqueles que já caíram...

Imagem de capa do item

Zeus e Hércules serão os antagonistas da sequência?

Como já era esperado pelos trailers e cartazes, o filme apresenta Zeus, o deus grego dos relâmpagos e das tormentas. Aqui, ele é visto como um ser mesquinho e arrogante, que acaba conquistando a inimizade de Thor no momento em que o Deus do Trovão e sua equipe roubam um raio, sua arma mais poderosa. Ele então retorna na cena pós-créditos... com um convidado.

Trata-se de Hércules, convocado por seu pai para "dar uma lição" para os mortais, que se esqueceram dos deuses e agora só ligam para super-heróis. Com isso, é bem provável que o Leão do Olimpo tenha alguma participação no futuro do Universo Cinematográfico da Marvel - será possível que ele e seu pai retornem como "vilões" de um eventual Thor 5?

Imagem de capa do item

Outros deuses retornarão no Valhalla?

Na segunda cena pós-créditos do filme, como dissemos, temos um vislumbre de Valhalla, o "reino" para onde todos os guerreiros caídos em batalha são enviados na mitologia nórdica. Os únicos personagens que vemos por lá, no entanto, são Heimdall e Jane Foster. Porém, dada a quantidade de mortes na saga do Deus do Trovão, outros deuses também podem estar lá.

Nos quadrinhos, é bem comum que personagens mortos "saiam do Valhalla" em ocasiões específicas, para lutar ou então para ajudar o Deus do Trovão. Se esse for o caso, é possível que vejamos outros deuses e personagens em um próximo capítulo? Seria ótimo rever Odin e até mesmo Volstagg, Hogun e Fandral - os Três Guerreiros, nem que fosse uma participação rápida.

Imagem de capa do item

Afinal, quem criou a Necroespada?

Agora, eis uma questão com ramificações curiosas dos quadrinhos. Caso você ainda não saiba, a Necroespada - a arma usada por Gorr ao longo do filme - é na verdade um simbionte criado por Knull, o Rei das Trevas. Esse teoricamente foi o primeiro simbionte do Universo Marvel, muito antes de Venom ou Carnificina - isso, é claro, nas HQs.

No Universo Cinematográfico da Marvel, a espada é um item lendário, que já era conhecida por Thor graças à sua reputação maléfica - mas não há uma menção sequer a Knull e os simbiontes, já que a franquia do Venom está nas mãos da Sony. Gostaríamos muito de saber quem criou a espada nesse universo, e se há chance dela retornar nas mãos de seu criador...

Imagem de capa do item

Quem viverá Jane Foster e Gorr na peça do quinto filme?

Desde Thor: Ragnarok, há uma piada recorrente na franquia do Deus do Trovão: uma trupe de atores que recria os eventos dos filmes anteriores, que nem lendas em Asgard. E depois de vários vazamentos, não há surpresa em dizer que Melissa McCarthy acaba interpretando Hela, a Deusa da Morte, em uma peça inspirada nos eventos de Ragnarok.

Caso essa piada se repita em um quinto filme, o elenco precisa se expandir ainda mais: Jane Foster e Gorr agora fazem parte da jornada, e seria muito interessante ver quais atores Taika Waititi chamará para interpretá-los, tornando essa piada cada vez maior. Quem sabe, poderíamos ver até um spin-off dos atores recriando grandes histórias do MCU no Disney+.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux