Os 10 X-Men mais mal vestidos de todos os tempos!

Capa da Publicação

Os 10 X-Men mais mal vestidos de todos os tempos!

Por Gus Fiaux
Imagem de capa do item

Jean Grey (anos 90)

Se nas décadas anteriores, Grey era dona de um dos melhores uniformes já feitos nos quadrinhos - o da Fênix -, os anos 90 deram uma bela cuspida na cara da ruiva.

As bizarrices desse uniforme, os estofamentos - que às vezes são desenhados como bolsos - nas laterais, ombreiras e o aparato da cabeça. Pra que tudo isso?

Imagem de capa do item

Cristal

Mais do que qualquer outra franquia, os X-Men sofreram com a inclusão de diversos aspectos temporais dentro de suas histórias. Um exemplo clássico é Cristal. A personagem é a cara dos anos 80. E esse é justamente o problema.

Como se não bastasse o brilho e a pintura facial, ela ainda tem de lidar com uma roupa que mais parece ser tirada dum show do Abba, além de... PATINS!

Imagem de capa do item

Emma Frost/Rainha Branca

Que fique claro que não, não temos problemas com a hipersexualização de Emma Frost. E não temos problemas com isso, pois é algo que a própria personagem utiliza. Entretanto, o modo como ela se vestia como Rainha Branca não era nem um pouco prático.

Seu espartilho sempre estava semiaberto e não conseguia segurar direito toda sua bagagem. Mas o que matava no uniforme era a calcinha fio dental. Futuramente, ela foi substituída por uma calça ou por acessórios menos extravagantes - e mais práticos.

Imagem de capa do item

Longshot

Longshot é quase um "E se Joe Elliott do Def Leppard tivesse interpretado Rick Deckard em Blade Runner?". Seu uniforme sempre repleto de couro - ou seu couro repleto de uniforme -, com coturnos, bolsos e espaços para armas em todos os cantos é simplesmente bizarro.

Imagem de capa do item

Noturno (anos 90)

Outro personagem bizarramente alterado pelos anos 90, Noturno passou a usar uma tira de tecido vermelho em vez de seu clássico uniforme circense. Tudo preso através de cintos e fivelas na sua cintura e em seus braços. Além disso, uma cueca azul que dava a impressão de que ele estava pelado não ajudava nem um pouco. E o que falar da barbicha de cabra?

Imagem de capa do item

Cable

Cable é a salada mista que traz tudo de ruim que os anos 90 trouxeram para os quadrinhos. Braços cibernéticos, ombreiras, armas maiores que ele próprio, cintos e bolsos em TODOS os cantos do corpo.

Não ajuda muito se lembrarmos que a maioria de suas aparições durante seus primeiros anos foi desenhada por Rob Liefeld.

Imagem de capa do item

Homem de Gelo (60's)

Ainda que não fosse um uniforme, a primeira forma do Homem de Gelo é altamente constrangedora. Imagine apenas um boneco de neve mal feito com botas. Esse era exatamente o personagem em suas primeiras aparições.

Com sorte, ele aprendeu a refinar o gelo, tornando-se transparente e em uma forma menos ridícula.

Imagem de capa do item

Shatterstar (90's)

Um clone de Cristal e Longshot - e pai do último -, Shatterstar herdou o mau gosto para vestimentas. Calças justas, aparatos de metal, ombreiras, espadas de todos os tipos e uma capa. Tem como piorar? TEM SIM, A TRANCINHA DE PADAWAN!

Imagem de capa do item

X-Treme

Deixaremos vocês com essa imagem e com algumas palavras-chave:

Espinhos. Boné. Arpão. Couro. Cabelo longo. Barbicha.

Imagem de capa do item

Kitty Pryde

Isso é o que acontece quando se deixa Kitty Pryde escolher o próprio vestuário. Em uma única edição, ao tentar convencer o Professor Xavier que ela pode se vestir sozinha, surge isso aí que vocês estão vendo.

Parece que ela foi mordida por pijamas radioativos e caiu num tonel de luz do sol e arco-íris. E tem mais patins, se Cristal não foi o suficiente!

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux