Capa da Publicação

Os 10 Momentos mais marcantes da Guerra Civil dos Quadrinhos!

Por Felipe de Lima

Com o terceiro filme do Capitão América se baseando na obra de Mark Millar e Steve McNiven, é hora de revisitarmos os momentos que fizeram história na Guerra Civil original.

Vale lembrar que os itens estão em ordem cronológica e não classificatória.

Imagem de capa do item

Uma explosão

Um grupo de jovens super-heróis participando de um reality show tenta capturar alguns vilões que estão se escondendo nos arredores de Nova Iorque.

Após uma batalha, Nitro, um dos fora da lei, acaba ficando sem saída, e para não ser capturado decide se explodir, causando a morte de mais de 600 civis.

A opinião pública decide que não é mais hora de tolerar super-heróis sem treinamento, então nasce a Lei de Registro Superhumano.

Imagem de capa do item

Capitão contra S.H.I.E.L.D.

Com o nascimento da Lei de Registro Superhumano, todos os heróis deverão trabalhar junto com o governo e ao lado da S.H.I.E.L.D..

O Capitão América se recusa a seguir tais ordens, alegando é necessário mais do que poderes e treinamento para fazer de alguém um herói.

Ele é confrontado pela S.H.I.E.L.D. e tratado como um criminoso, mas consegue escapar.

Imagem de capa do item

Homem-Aranha se revela

O Homem de Ferro convenceu Peter Parker a se registar com a S.H.I.E.L.D. como uma forma de chamar a atenção dos outros super-heróis.

Tony até desenvolveu um novo traje para Peter e o batizou de Aranha de Ferro.

Claro que em troca Peter teria que entregar uma das coisas pelas quais ele mais lutou para manter segura ao longo de sua carreira: Sua identidade secreta.

Imagem de capa do item

Um gigante cai

Quando o Capitão América e o Homem de Ferro se enfrentaram pela primeira vez, a luta foi, de certa forma, controlada. Entretanto, a S.H.I.E.L.D. trouxe um clone do Thor para o campo de batalha.

Este clone defeituoso do Deus do Trovão acaba matando o Golias, fazendo com que todos percebam a gravidade da situação.

Imagem de capa do item

Medidas drásticas

Precisando de mais poder, o lado a favor do registro recruta alguns vilões interessados em entrar na briga.

Stark oferece redenção e esquecimento para os crimes de Venom, Mercenário entre outros vilões para que lutem contra a equipe do Capitão América.

Imagem de capa do item

Mudando de lado

Com o assassinato do Golias e a entrada de vilões em sua equipe, o Homem-Aranha começa a questionar se está do lado certo da guerra.

Mas isso não é uma tarefa fácil, e ele acaba tendo que lutar contra Tony. Como se não bastasse, secretamente, alguns dos Thunderbolts são mandados atrás dele.

Imagem de capa do item

31 moedas de prata

Um esquadrão da S.H.I.E.L.D. consegue prender o Demolidor (que na verdade, é Danny Rand, o Punho de Ferro) e ele é levado para a Zona Negativa. Tony oferece uma última chance do herói se juntar a ele, mas o Demolidor se mantem em silencio, revelando uma moeda de prata em sua boca.

Este foi um gesto simbólico comparando Tony ao traidor de Jesus Cristo, Judas Iscariotes, que recebeu trinta moedas de pratas para entregar o Filho de Deus.

Imagem de capa do item

Punido

Mesmo depois de ter salvado o Homem-Aranha e ajudado em uma fuga em massa da prisão construída na Zona Negativa, o Justiceiro leva uma surra do Capitão América após matar dois vilões que tentavam se unir à resistência.

Este momento simbolizou que não importa o quão desesperado por aliados o Capitão esteja, ele quer apenas heróis do seu lado, não assassinos.

Imagem de capa do item

Encontro na Zona Negativa

Após a fuga dos prisioneiros da Zona Negativa, as duas equipes colidem pela segunda vez. Entretanto, elas são teletransportadas para o centro de Manhattan, onde a batalhe segue, causando danos colaterais à cidade, envolvendo inocentes em uma guerra que não deveria envolver civis.

Imagem de capa do item

América contra Capitão

Capitão América sai fisicamente triunfante de um confronto contra Tony, e fica em posição de dar um golpe final no seu antigo aliado. Contudo, antes que pudesse acabar de vez com a guerra, ele é impedido por um grupo de pessoas, que abrem seus olhos quanto à destruição que os heróis causaram. Steve agora se vê como o culpado.

Percebendo que as ações dos supostos protetores dos civis foram destrutivas, o Capitão América manda todos os seus aliados se afastarem, se dando conta de que não estavam mais lutando pelo bem das pessoas.

Ele não representa mais a América, então tira seu capacete e volta a ser Steve Rogers, não mais o Capitão América. A lei de registo continua e Tony Stark é o vencedor.

--

Mais algum momento que vocês consideram marcante? Não se esqueçam de comentar!

Imagem de perfil
Felipe de Lima

Pelo poder da verdade, eu, enquanto vivo, conquistei o universo. Me segue no twitter @tearsgodown