Os 10 melhores trabalhos de Alan Rickman!

Capa da Publicação

Os 10 melhores trabalhos de Alan Rickman!

Por Felipe de Lima
Imagem de capa do item

Dogma

O quarto filme de Kevin Smith é, de certa forma, o seu mais ambicioso. O envolvimento de Alan Rickman no longa levou o diretor a ser advertido por Jason Mewes para fazer um bom trabalho porque “não iria querer irritar aquele Rickman".

Vestindo asas e assumindo o papel de Metatron - a voz de Deus - Rickman não aparece com frequência no filme. Ele chega, faz o seu trabalho e segue em frente. Isso funcionou muito bem, o que foi recompensador para Smith.

Imagem de capa do item

Razão e Sensibilidade

Em Razão e Sensibilidade, Alan Rickman Interpreta o Coronel Brandon, um de seus papeis mais animados e diferentes. Foi uma jogada inteligente para impressionar o espectador. Um belo filme, com uma trilha sonora estonteante.

Imagem de capa do item

Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

Os melhores atores são versáteis e não estão confinados a apenas um tipo de papel. Rickman era assim, e não teve medo de aceita fazer parte de um musical de Tim Burton.

Em Sweeney Todd, o ator interpretou o Juiz Turpin, o homem responsável por arruinar a vida do personagem vivido por Johnny Depp. Embora cantar não tenha sido um dos pontos fortes de Rickman, ele entrega uma performance brilhante em seu papel.

Imagem de capa do item

Simplesmente Amor

Simplesmente Amor é provavelmente o melhor filme de Richard Curtis. Na verdade, o filme funciona porque dinâmica entre Alan Rickman e Emma Thompson como esposo e esposa é sensacional. As outras histórias conectadas no filme também são muito boas, mas é a do casal (de amigos, na vida real) que se destaca.

Imagem de capa do item

Robin Hood - O Príncipe dos Ladrões

Robin Hood - O Príncipe dos Ladrões é um dos longas mais interessantes baseados na lenda do herói mítico, e mostra Rickman em um de seus melhores papeis.

Claro que não é um vilão tão memorável quanto outros papeis, mas o Xerife de Nottingham é um dos vilões mais divertidos que já vimos em um blockbuster.

Imagem de capa do item

Heróis Fora de Órbita

Não existem muitos papeis de comédia no histórico de Alan Rickman, mas Heróis Fora de Órbita é o suficiente pra toda uma vida.

O filme traz Rickman como Alexander Dane, o oficial de ciências num filme que faz uma paródia em homenagem à Star Trek e seus fãs aficionados.

“Pelo martelo de Grabthar, pelos sóis de Worvan, você será vingado!” Quem não lembra disso?

Imagem de capa do item

Michael Collins - O preço da liberdade

No excelente filme biográfico de Michael Collins, que traz Liam Neeson como o protagonista. Rickman aparece como Eamon De Valera.

Foi um papel exigente e sem muito tempo de tela para explorar sua complexidade, mas Rickman entrega um personagem tridimensional impressionante.

Sua atuação neste longa lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante.

Imagem de capa do item

Harry Potter

Por oito filmes, Alan Rickman desenvolveu o personagem de Severo Snape como alguém muito maior do que o vilão que ele parecia ser no começo, deixando todo mundo de boca aberta ao descobrir o que existe por baixo da superfície do personagem.

Seu desempenho como Snape é um destaque pois ele se tornou o personagem mais profundo e complicado da história. Snape não é um “vilão” feito em preto e branco, ele é complexo e corajoso. Somente Rickman poderia explorar todas essas camadas com tamanha delicadeza.

Imagem de capa do item

Duro de Matar

Sabe quando um personagem muda um filme? É o que acontece aqui. É seu vilão majestoso e forte que permite que Duro de Matar seja o suspense que realmente é ao invés de seguir pelo caminho clichê dos filmes de ação da época.

A transformação imediata de Gruber e a atuação de Rickman é brilhante. Você teme por John McClane, mas reconhece o quão astuto e inteligente o seu adversário é.

Hans Gruber é um dos papeis mais marcantes de Alan Rickman, e também é seu primeiro grande papel em Hollywood.

Imagem de capa do item

Um Romance do Outro Mundo

Um dos primeiros filmes de Rickman que continua até hoje como sua melhor performance. Não é fácil escolher um primeiro lugar, mas este filme foi definitivo para a carreira do ator. É um longa livre de sentimentalismo enjoativo, mas ao mesmo tempo nos deixa sem reação.

Em uma carreira repleta de papeis magníficos, este se mantém, sem dúvidas, como o melhor.

Lembra de mais algum papel marcante de Rickman? Não se esqueça de comentar!

Imagem de perfil
Felipe de Lima

Pelo poder da verdade, eu, enquanto vivo, conquistei o universo. Me segue no twitter @tearsgodown