Capa da Publicação

Os 10 melhores redesigns de trajes de super-heróis!

Por Felipe de Lima
Imagem de capa do item

Batman: Noir.

Versões "Noir" de super-heróis geralmente são fenomenais, a Marvel até mesmo lançou uma linha inteira de quadrinhos com essa atmosfera anos atrás.

Mas tem algo muito interessante nos redesigns que Henrik Sahlstrom faz do Batman. Seu Cavaleiro das Trevas é cheio de elementos do Hellboy, e os outros personagens são ainda mais surpreendentes.

Imagem de capa do item

Motoqueira Fantasma.

Muitas pessoas carregaram os poderes do Motoqueiro Fantasma ao longo dos anos. Começando com Johnny Blaze, que literalmente vendeu sua alma ao demônio.

Mais recentemente quem assumiu o posto foi o corredor Robbie Reyes, e ainda haverá outros nas histórias seguintes, mas nunca uma mulher.

Foi com isso em mente que o casal de cosplayers Sheila & Sylar criaram uma versão feminina do Motoqueiro Fantasma.

Imagem de capa do item

Elektra com roupas.

Apesar das coisas terem mudado com o tempo, os quadrinhos já tiveram um problema muito sério com o apelo desnecessário em trajes de super-heroínas, mas o artista Michael Lee Lunsford se propôs a mudar isso.

Entre suas mudanças nos trajes se encontram Zatanna, Vampirella e Elektra. O visual da namorada ninja do Demolidor ficou bastante legal, e bem mais vestida do que sua versão dos quadrinhos.

Imagem de capa do item

Supreme Avengers.

Esse artista foi mais além com o Universo Marvel, recriando o visual de quase todos os personagens de uma maneira semelhante ao que o Universo Ultimate fez.

Ele também rebootou os Vingadores, criando uma equipe que inclui o Thor, Feiticeira Escarlate e Monica Rambeau. Mas o que realmente chama atenção é seu olhar sobre Sam Wilson, onde o artista criou um visual muito mais interessante para o novo Capitão América.

Imagem de capa do item

Doutora Estranha.

O Artista Daniel Irizarri é conhecido por fazer a troca de gênero entre personagens dos quadrinhos, inclusive criando a versão feminina do Thor antes mesmo de aparecer nos quadrinhos.

O público conhecerá o Dr. Stephen Strange de Benedict Cumberbatch somente no ano que vem, mas por enquanto é muito legal conferir a versão feminina do personagem que Irizarri criou, a Dr. Clea Strange.

Imagem de capa do item

Vingadores Pulp

Inspirado pela estreia de Vingadores: Era de Ultron, o artista Cheis Schweizer se propos a reimaginar os personagens da Marvel em clássicas aventuras Pulp, com influências Steampunk e noir.

Imagem de capa do item

Aquahomem, Aquapeixe, Homem-Peixe (?)

O trabalho do Artista Kenneth Rocafort vai além de qualquer coisa que já tenhamos visto sobre o Aquaman.

Sua versão do personagem é inovadora, muito diferente dos quadrinhos, e mais diferente ainda da versão que Jason Momoa levará às telonas.

Imagem de capa do item

O Totalmente Novíssimo e Diferente LOBO.

Stefan Toshev faz um trabalho fenomenal quando se trata de recriar personagens, e também ficou indignado com a versão do Lobo nos novos 52.

Com essa revolta em mente, ele criou uma nova versão do lobo, mostrando como o personagem realmente deveria ser nesse universo.

Imagem de capa do item

Batman 1972

O que aconteceria se uma versão realista do Batman fosse transportada para 1972?

Essa é a proposta do artista Francesco Francavilla em sua série de redesign do Cavaleiro das Trevas em 1972.

Imagem de capa do item

Vingadores: Hipsters!

Às vezes as melhores mudanças são as mais radicais, consegue imaginar como seriam os Heróis Mais Poderosos da Terra se eles fossem hipsters?

Cara McGee nos traz um Soldado Invernal com o braço de metal grafitado, um Steve Rogers cheio de tatuagens, Thor com barba hipster, Tony Stark amarrado em AC/DC e outros personagens de uma maneira completamente diferente.

E aí, gostaram dos redesigns? Colocariam mais algum? Não se esqueçam de comentar!

Imagem de perfil
Felipe de Lima

Pelo poder da verdade, eu, enquanto vivo, conquistei o universo. Me segue no twitter @tearsgodown