Capa da Publicação

Os 10 melhores personagens de Game of Thrones!

Por Gus Fiaux

Após sete temporadas, Game of Thrones finalmente está partindo para seu oitavo e último ano. Teremos muitas emoções e uma batalha sanguinária que vai definir o destino de Westeros – afinal, será que vão conseguir deter o Rei da Noite e seu exército de mortos?

Pensando nisso – e preparando uma leve retrospectiva para os fãs mais aficionados da série – resolvemos criar um ranking relembrando os 10 melhores personagens de Game of Thrones – e especialmente aqueles que estarão mandando ver na última temporada da série.

Créditos: HBO

Imagem de capa do item

Melisandre

Por mais que o reino de Westeros seja habitado por dragões, zumbis e outras criaturas sobrenaturais, sempre nos lembramos que a história de Game of Thrones é bem mais real, envolvendo jogos políticos e intriga. No entanto, Melisandre é uma personagem que comprova o quanto a magia está entrelaçada na história da série.

A Mulher Vermelha possui motivações misteriosas - e nem sempre muito éticas. Ela já esteve presente em momentos cruciais da saga, seja manipulando Stannis Baratheon ou trazendo Jon Snow de volta à vida. Sabemos que ela retornará na oitava temporada - mas ainda não fazemos ideia de qual papel ela desempenhará nessa conclusão épica.

Imagem de capa do item

Brienne de Tarth

Decidida, honrada e justa, Brienne de Tarth é uma guerreira completa, que não deve nada a outros grandes membros das casas reais. Surgida como guarda-costas de Renly Baratheon, essa guerreira acabou sendo sugada em uma tramoia completa, e já deu a volta em Westeros ao lado de aliados improváveis.

Um dos pontos que mais a torna interessante é a nobreza de seu coração, bem como sua relação com outros personagens, tais quais Arya Stark e Jaime Lannister. Aos poucos, vemos que o corpo poderoso de Brienne é apenas uma casca para uma alma bela, vulnerável e pura, mesmo em meio aos horrores da guerra.

Imagem de capa do item

Jaime Lannister

Ele pode até começar como um simples capacho de todas as ordens de Cersei Lannister, mas logo vemos que o Regicida é um personagem bem mais complexo e imponente. Ao longo das sete temporadas anteriores, Jaime Lannister passou por uma série de transformações - e aos poucos está percebendo a obsessão doentia de sua irmã/amante.

A honra sempre foi uma questão muito relevante dentro do contexto de Game of Thrones. Ela é uma motivadora e também o espelho para a desgraça de alguns personagens. No caso de Jaime, ela serve como uma lâmina de dois gumes. Mesmo começando como um cavaleiro traiçoeiro e desonrado, aos poucos ele vai se tornando algo próximo a um herói.

Imagem de capa do item

Arya Stark

A filha rebelde de Winterfell, a querida Arya Stark teve que comer o pão que o diabo amassou - mais de uma vez. Ao longo de sua trajetória, a personagem passou por maus bocados, até que se tornasse uma das figuras mais badass da série. Ela é arisca, impetuosa e letal como sua espada, a pequena Agulha.

O mais interessante da jornada de Arya é a noção da perda da inocência, que aos poucos é substituída por uma misantropia crescente - uma falta de compaixão pela vida humana, de forma geral. Ainda assim, ela se mantém fiel à sua família e ao legado de Ned Stark, e ainda esperamos ver ela riscando mais nomes de sua longa lista.

Imagem de capa do item

Ned Stark

Por falar no patriarca, Ned Stark pode não estar presente desde o fim da primeira temporada, mas continua sendo um dos personagens mais marcantes do universo de Game of Thrones, principalmente por ser um herói puro e brilhante em um mundo corrompido pela ambiguidade ética e pela sede de poder.

Quando ele é convocado para se mudar para Porto Real, não temos a mínima noção de que ali começaria um jogo político arquitetado magistralmente, que mudaria para sempre a dinâmica da Casa Stark. Ainda assim, seu legado é impressionante - e a julgar pelo destino de seus filhos, podemos ver que, mesmo depois de morto, ele cumpriu seu papel como pai.

Imagem de capa do item

Daenerys Targaryen

Assim como seus dragões, Daenerys Targaryen é vívida, letal e possui um fogo inapagável. Sua jornada é um dos pilares dentro da narrativa de Game of Thrones, uma vez que ela deixou de ser uma mulher subjugada pelo seu irmão ganancioso para se tornar uma aspirante à rainha, conhecida por sua impiedosidade e, ao mesmo tempo, generosidade.

Claro que a jornada da Mãe dos Dragões não seria possível sem uma série de aliados e súditos que dariam a vida por ela, caso fosse preciso - mas isso não muda o fato de que ela é uma conquistadora inigualável, que está descobrindo mais dos segredos de seu passado e conhecendo um mundo novo e cheio de possibilidades.

Imagem de capa do item

Jon Snow

Não há nem o que discutir. Quando consideramos que Game of Thrones é baseado em uma série de livros chamada "As Crônicas de Gelo e Fogo", não temos como negar que o personagem principal - ou ao menos, o protagonista ao lado de uma série de personagens centrais - é Jon Snow, originalmente o "filho bastardo" de Ned Stark.

Em sete temporadas, Jon foi de um pária, humilhado por seus conterrâneos e aliados, a um dos maiores guerreiros de Westeros, inclusive liderando a Muralha e o exército de Winterfell. Além disso, sabemos que ele também é um herdeiro dos Targaryen, o que faz com que seu futuro seja ainda mais incerto na inevitável conclusão da saga.

Imagem de capa do item

Sansa Stark

Dentre todas as personagens do universo de Game of Thrones, nenhuma consegue representar melhor a ideia de evolução e desenvolvimento do que Sansa Stark - especialmente se considerarmos que, ao começo da história, ela era apenas uma menina com delírios fúteis, que seria capaz de trair sua família para alcançar ideais egoístas.

Aos poucos, Sansa teve que ser quebrada e reconstruída. Ela percebeu toda a podridão que emana das ruas de Porto Real, e foi consumida por atos hediondos nas mãos de detratores. Felizmente, no entanto, ela conseguiu se reerguer como uma guerreira e uma rainha digna de sua família, tornando-se uma cópia fiel de sua mãe, Catelyn Stark.

Imagem de capa do item

Tyrion Lannister

Jon Snow pode ter sido um pária dentre os Stark, mas nenhum personagem teve uma criação mais devastadora em Game of Thrones do que Tyrion Lannister. Visto como uma aberração desumana por sua própria família, ele foi relegado a tarefas humilhantes - e acabava se vendo como um monstro, já que todos o diziam que era assim.

Aos poucos, Tyrion vai descobrindo mais sobre humanidade - seja ao lado de Shae, refugiado em Essos ou até mesmo servindo como conselheiro real de Daenerys Targaryen. De volta a Porto Real, ele tem muitos assuntos não-resolvidos, mas é um homem completamente diferente e cheio de nuances.

Imagem de capa do item

Cersei Lannister

Vocês podem ficar discutindo o quanto quiserem sobre como Daenerys é incrível, como Jon Snow cresceu ou até mesmo como Tyrion é um herói sem igual. Mas se analisarmos a complexidade e o desenvolvimento de cada personagem, nenhum sequer chega aos pés de Cersei Lannister, atual rainha de Westeros.

Sempre pintada como uma "vilã" desde a primeira temporada, Cersei é uma mulher calejada pela experiência familiar e uma mãe amorosa, que tentou de tudo para salvar seus filhos de uma profecia macabra. No fim das contas, ela acabou se provando - até agora - como a figura mais influente e poderosa de Porto Real, provando que poder é poder.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux