Capa da Publicação

Os 10 melhores personagens de American Horror Story!

Por Gus Fiaux

Uma das séries de terror de maior sucesso de todos os tempos, American Horror Story está preparando seu retorno triunfal com Apocalypse, que estreia nesta quarta-feira e servirá como um crossover entre Murder House e Coven. Com sete temporadas já no ar – e mais algumas encomendadas -, a série já deixou uma ótima impressão com personagens bem marcantes.

Nesta lista, reunimos os 10 personagens mais icônicos de American Horror Story. Estamos analisando as figuras que marcaram as histórias de suas temporadas, e que os fãs adorariam rever… ou não!

Créditos: FX

Imagem de capa do item

Pepper

Onde aparece: Asylum e Freak Show

Embora sua participação seja relativamente pequena, a Pepper é uma das personagens mais interessantes de American Horror Story, tendo estado em duas temporadas: tanto Asylum quanto Freak Show, interpretada de forma magistral por Naomi Grossman.

Na segunda temporada da série, a conhecemos como uma das moradoras do Manicômio Briarcliff, e fiel protegida da Irmã Jude. Contudo, o destaque mesmo se deu na quarta temporada, onde conhecemos um pouco de seu passado e sofremos ao descobrir o que a levou a morar no instituto.

Imagem de capa do item

Liz Taylor

Onde aparece: Hotel

Dennis O'Hare é uma das figuras carimbadas da série, tendo participado de cinco das sete temporadas lançadas até o momento. Seu papel de maior destaque se deu em Hotel, o quinto ano da série, onde interpretou Liz Taylor, a excêntrica bartender transgênero do Hotel Cortez.

Embora sua trama não seja tão voltada para o terror, sua jornada pessoal é maravilhosa, conforme descobrimos um pouco mais sobre sua vida e a acompanhamos até sua morte, em um dos episódios mais emocionantes da história de American Horror Story.

Imagem de capa do item

A Condessa

Onde aparece: Hotel

Aliás, falando em Hotel, não podemos esquecer da icônica performance de Lady Gaga como a Condessa Elizabeth, que chegou a lhe render o Globo de Ouro de Melhor Atriz de Minissérie no ano em que a temporada foi lançada. Aqui, a diva pop interpretou uma vampira de 111 anos.

Com uma história de origem dramática e trágica, a personagem se tornou uma criatura reclusa, sanguinária e cruel, mas que ainda mantinha diversos traços benevolentes. E se ela começou como uma personagem inexpressiva, logo novas camadas foram reveladas, demonstrando uma anti-heroína frágil.

Imagem de capa do item

Misty Day

Onde aparece: Coven e Apocalypse

Como podemos perdoar Ryan Murphy por tudo feito com Misty Day? A bruxa interpretada por Lily Rabe logo caiu nas graças do público devido ao seu charme excêntrico e sua aura angelical, altamente inspirada por uma das cantoras favoritas do produtor, Stevie Nicks.

Ela passou por um intenso sofrimento e sua morte é uma das coisas mais imperdoáveis já feitas em American Horror Story - mas logo teremos a chance de vê-la novamente, conforme a personagem deve retornar - sim, viva - em Apocalypse.

Imagem de capa do item

Lee Harris

Onde aparece: Roanoke

Após três temporadas um tanto quanto controversas, Roanoke veio para dar novos ares à série, logo se tornando um dos segmentos mais adorados pelos fãs. E com ela, também tivemos a adição de Adina Porter, que antes só havia feito uma ponta em Murder House.

Lee Harris - que é interpretada por Porter e Angela Bassett - é uma figura cheia de importantes camadas, e que tolerou o intolerável, enquanto se provou uma mulher forte e bem inescrupulosa - tudo para defender aquilo que acreditava.

Imagem de capa do item

Irmã Mary Eunice

Onde aparece: Asylum

E Lily Rabe retorna novamente à lista com outra personagem que logo se tornou uma das favoritas do público: A Irmã Mary Eunice, uma das freiras que trabalhava no Manicômio Briarcliff. Mas não se deixe enganar por esse rostinho, pois essa mulher - literalmente - é o diabo.

Na temporada, acompanhamos sua jornada a partir do momento em que ela é possuída pelo Lorde do Inferno, e logo se transforma em uma das vilãs mais memoráveis de American Horror Story. Ela é, sem a menor sombra de dúvidas, um dos pontos altos de Asylum.

Imagem de capa do item

Twisty, o Palhaço

Onde aparece: Freak Show e Cult

O palhaço Twisty é um dos maiores acertos e uma das maiores decepções dentro de American Horror Story. Quando os teasers de Freak Show foram divulgados, logo percebemos que ele era uma das figuras mais assustadoras que já havia participado da série.

E, aos poucos, vamos descobrindo ainda mais de suas "origens", e como ele é um ser atormentado pelo passado. Infelizmente, Ryan Murphy decidiu que seria uma ótima ideia matá-lo no quarto episódio da quarta temporada, dando espaço para o insuportável Dandy. E esse se provou um erro incontestável.

Imagem de capa do item

Tate Langdon

Onde aparece: Murder House e Apocalypse

Quando pensamos nas figuras icônicas que marcaram a história de American Horror Story, é impossível não pensar em Tate Langdon, o psicopata fantasma que nos assombra em Murder House. Tudo sobre ele se tornou um grande ícone para a série.

A interpretação de Evan Peters nunca esteve tão boa quanto no papel, carregando um ar delinquente e romântico, que escondia uma figura completamente perturbada e desequilibrada, vítima de um lar assustadoramente abusivo. Destaque para sua relação com Violet Harmon.

Imagem de capa do item

Lana Winters

Onde aparece: Asylum e Roanoke

Sarah Paulson é um dos nomes mais importantes quando pensamos no elenco da série, e não é para menos. A atriz foi responsável por papéis grandiosos, mas até agora, nenhum se destaca tanto quanto Lana Winters, a jornalista lésbica que acaba sendo presa - contra sua vontade - em Briarcliff.

Uma personagem completamente adorável, que logo se tornou a maior heroína do público, ela teve que sofrer muito nas mãos da equipe do hospital psiquiátrico e do maldito Bloody Face - que aliás, merece uma menção honrosa aqui. Além disso, ela chegou a retornar para uma breve participação em Roanoke.

Imagem de capa do item

Irmã Jude

Onde aparece: Asylum

Se você achou que não teríamos Jessica Lange nesta lista, você estava redondamente enganado. A Irmã Jude é a personagem mais complexa, interessante e multifacetada que a atriz já interpretou durante todos os seus anos na série, e é uma vilã/anti-heroína deliciosamente endiabrada.

Atuando como a freira mais importante de Briarcliff, ela começa a temporada sendo extremamente arrogante e maligna, mas aos poucos, vamos descobrindo mais sobre sua personalidade e suas origens, ao ponto em que ela tem uma completa redenção e se transforma em uma das figuras mais aclamadas de American Horror Story.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux