Capa da Publicação

Os 10 melhores heróis Asgardianos!

Por Gus Fiaux

Para essa lista, consideramos apenas os Aesir nascidos em Asgard. Ou seja, são pessoas que tem origens e laços sanguíneos originários no planetoide de onde surgiram os principais deuses nórdicos. Então, dessa forma, não espere ver nomes como Hogun na lista. Além disso, estamos contando apenas os heróis. Hela pode ficar para outra ocasião…

Tema inspirado em uma sugestão enviada para o nosso snapchat, legiaodosherois. Não deixe de enviar suas ideias de tema para nós!

Imagem de capa do item

Kelda

Sendo a personagem mais recente da lista, Kelda apareceu pela primeira vez em quadrinhos de 2008, do Deus do Trovão, e foi uma das muitas divindades nórdicas ressuscitadas por ele após o Ragnarok. Carismática e misteriosa, Kelda é a deusa das tempestades de inverno.

Inquieta após o ressurgimento, Kelda escapava de Asgard à noite e se aventurava pelas ruas de Broxton, em Oklahoma, onde conhece Bill, um rapaz humano. Depois que os dois se apaixonam, Bill sucumbe, morto pelas maquinações de Loki e Doutor Destino. A partir daí, Kelda se torna vingativa e demonstra uma forte vontade de assassinar o Deus da Trapaça... sem saber que está sendo influenciada por ele...

Imagem de capa do item

Tyr

Irmão mais velho de Thor e deus da guerra dos nórdicos, Tyr ficou famoso ao enfrentar o lobo Fenris, uma ameaça que muitas divindades asgardianas temiam. Uma vez, criaram uma corrente mágica, e tentaram ludibriar Fenris para que ele aceitasse ser preso, por diversão - uma vez que ele era conhecido por quebrar qualquer corrente com que fosse preso -. Notando o medo de seus oponentes, Fenris pediu que um asgardiano colocasse a mão em sua boca, por garantia. Corajosamente, Tyr fez isso, e quando o lobo foi preso e não conseguiu se soltar, levou consigo a mão do deus.

Originalmente, Tyr possuía grande inveja e ciúmes de Thor, e sua relação afetiva com Odin. Contudo, ele nunca negou ajuda quando Asgard precisou, e sempre ajudou a todos, inclusive o Deus do Trovão.

Imagem de capa do item

Fandral

O mais charmoso e cafajeste dos Três Guerreiros, Fandral é um corajoso e forte amigo de Thor. Ele é conhecido por suas habilidades com espada, e seus traços fortemente inspirados em Errol Flynn, como seu próprio criador, Jack Kirby, já chegou a confirmar.

Considerado um dos Asgardianos mais bonitos já existentes, Fandral teve uma enorme reputação como um tremendo casanova, em todos os nove reinos. Sua primeira grande aventura, onde conheceu Thor, foi ao lado dos Três Guerreiros, em busca da restauração da Espada de Odin.

Imagem de capa do item

Volstagg

Fandral pode até ser o mais bonito, mas o posto do mais carismático membro dos Três Guerreiros vai imediatamente para Volstagg, o volumoso. Patriarca de uma prole admirável, Volstagg é um homem de família, mas também não escapa ao dever quando ele o chama.

Volstagg era inicialmente retratado como um guerreiro medroso. Porém, essa imagem foi mudando ao longo dos anos, e ele se tornou cada vez mais corajoso, digno e honrado. Atualmente, escapou do espectro apenas de alívio cômico, e passou a ser um dos mais respeitados Asgardianos.

Imagem de capa do item

Lady Sif

Uma treinada guerreira a serviço de Asgard, Lady Sif foi a primeira grande paixão de Thor, e teve os cabelos loiros arrancados graças à inveja de Loki, o que fez com que os deuses providenciassem um novo cabelo, criado pelos mesmos anões responsáveis pelo Mjolnir.

Assim como grande parte dos Aesires, Sif é uma combatente graciosa, versada no combate com espada. Sua relação com Loki se desenvolveu de modo que ela o desprezasse, mas também rendeu momentos bem emocionantes entre os dois uma vez que o Deus da Trapaça renasceu como criança.

Imagem de capa do item

Heimdall

Irmão de Sif, Heimdall é completamente o oposto de todos presentes nessa lista. Enquanto os outros são guerreiros competentes cuja função na vida é estar presente em batalhas, Heimdall, ainda que também não seja um combatente a ser menosprezado, foi designado para vigiar a Bifrost, ponte que liga a Terra à Asgard.

Heimdall já foi inclusive designado pelo próprio Odin para governar Asgard em um curto período de tempo. É um homem justo e honrado, cuja visão ampla beira a onisciência.

Imagem de capa do item

Balder

Eternamente menosprezado no cinema, Balder, o bravo é um dos Asgardianos mais importantes dos quadrinhos, pois é através de sua morte que começa o ciclo de eventos que desencadeia no Ragnarok, o fim de tudo que existe.

É o deus Asgardiano da Luz, e como tal, consegue gerar clarões e gerar raios de luz concentrada que derretem até mesmo o mais durável dos metais. Balder também é capaz de se comunicar com animais e tem uma limitada experiência no uso de magia. É um dos asgardianos mais honrados que existe, e como pode-se notar por seu título, é o mais corajoso de sua família.

Imagem de capa do item

Valquíria

Selecionada por Odin para comandar as Valquírias, Brunhilde é alguém cujas origens ainda são um verdadeiro mistério. Ela é uma das deusas responsáveis por levar os guerreiros caídos em batalha para Valhalla, uma espécie de paraíso nórdico.

Porém, ela não se restringiu à Asgard, tendo participado de muitas batalhas na Terra, e inclusive participando de equipes de heróis terrestres, como os Defensores. Ela possui um cavalo alado, presente do Cavaleiro Negro, e consegue perceber quando a morte está se aproximando, uma habilidade compartilhada pelas demais Valquírias.

Imagem de capa do item

Odin

O Pai-de-Todos, Odin é um dos seres mais poderosos do Universo Marvel, e possui capacidade de manipular várias formas de magia, algo conhecido como Odinforce. Ele é filho de Bor e um dos reis mais memoráveis de Asgard, sempre sendo referido como o deus da Sabedoria e do Tempo.

Odin, apesar de já ter cruzado a linha da insanidade, muitas vezes, é um deus justo. Ele já se deixou cegar por interferências externas, mas é sempre visto como alguém que possui firmeza nas escolhas e sabedoria no que faz. Estaria em primeiro lugar se não fosse tão cabeça-dura.

Imagem de capa do item

Thor

Obviamente, o primeiro lugar deve ir para o mais popular dos Aesires, o próprio Deus do Trovão. Exilado na Terra sem as memórias de seu passado, para que aprendesse a ser alguém mais honrado e menos egoísta, Thor ficou "preso" no corpo de Donald Blake até que este descobriu uma bengala encantada em uma caverna na Europa. Ao bater a bengala no chão, Donald se tornava Thor.

Depois de inúmeras aventuras na Terra, Thor ganhou o direito de voltar à Asgard, porém, seu juramento de proteger Midgard o fez sempre preferir a Terra aos encantos de seu mundo mágico. Possui uma série de poderes incomensuráveis, como convocar trovões, abrir portais dimensionais, voar, super-força e durabilidade, além de poder acessar a Odinforce.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux