Capa da Publicação

Os 10 melhores filmes animados baseados em quadrinhos de super-heróis!

Por Gus Fiaux

Embora tenhamos ficado acostumados com o lançamento de dezenas de filmes live-action de super-heróis todos os anos, não podemos nos esquecer que as animações tiveram um papel primordial para trazer essa mídia escrita para fora das páginas.

Ao longo dos anos, Marvel DC Comics investiram ferrenhamente em algumas animações, tanto filmes lançados no cinema quanto estreias menores, lançadas diretamente em home video. E, lembrando do melhor de cada lado, aqui estão os 10 melhores filmes animados de super-heróis das HQs!

Créditos: Divulgação

Imagem de capa do item

Os Supremos: O Filme

Quando chegaram aos quadrinhos, na década passada, Os Supremos causaram um grande estardalhaço, por representarem versões mais "adultas" e "realistas" dos Vingadores, com os quais o público tradicional estava acostumado. Tudo isso só melhorou quando a franquia do Universo Ultimate foi adaptada em duas animações.

Tomando leves diferenças em relação às HQs de Mark Millar e Bryan Hitch, os filmes trouxeram uma equipe composta por vários heróis, todos reunidos para enfrentar a ameaça dos Chitauri. Alguns inclusive dizem que ambos os filmes foram "protótipos" para o primeiro longa live-action d'Os Vingadores.

Imagem de capa do item

Operação Big Hero

Embora muitos não saibam, Operação Big Hero não é uma criação totalmente original da Disney. Na verdade, o filme é a adaptação das HQs de uma equipe bem obscura da Marvel Comics, que surgiu na época em que a editora pretendia fazer mais experimentações com o público de quadrinhos orientais, os populares mangás.

Ainda assim, o longa foi um sucesso, apresentando um grupo de heróis bem diferente do que estamos acostumados. O grande destaque obviamente foi Baymax, o fofíssimo autômato construído por Tadashi Hamada, e posteriormente transformado no companheiro de seu irmão mais novo, Hiro.

Imagem de capa do item

Batman: A Máscara do Fantasma

Continuação da clássica série animada do herói, desenvolvida por Paul Dini e Bruce Timm, o filme é uma grande mescla de passado e presente, conforme vemos os primeiros dias de combatente do crime do Batman, enquanto no presente, ele precisa lidar com a terrível ameaça do Fantasma, um vilão original criado para o filme.

Com o elenco de vozes original da série, incluindo Kevin Conroy e Mark Hamill, Batman: A Máscara do Fantasma chegou a ser lançado nos cinemas, e até hoje é muito querido por alguns fãs, alcançando um status cult entre os admiradores do Cavaleiro das Trevas. É uma animação que merece ser assistida, principalmente se você é fã da série original.

Imagem de capa do item

Planeta Hulk

Uma das maiores HQs da história do Gigante Esmeralda é Planeta Hulk, o arco no qual os Illuminati mandam o Hulk para o espaço, para que ele não provoque mais devastação na Terra. No entanto, as coisas dão errado e o golias acaba parando em Sakaar, um planeta habitado. Lá, ele precisa lutar por sua vida e enfrentar um tirano com ares de grandeza.

A animação adapta perfeitamente a primeira parte do arco, onde vemos o Hulk como um gladiador na arena de Sakaar, enfrentando o Rei Vermelho e encontrando novos aliados, na forma de seu Pacto da Guerra. Por mais que o final trágico da saga não tenha sido adaptada, o filme funciona muito bem para mostrar uma nova aventura para o anti-herói.

Imagem de capa do item

Liga da Justiça: A Nova Fronteira

Uma ode à Era de Ouro da DC Comics, e adaptação da famosa minissérie de Darwyn Cooke, Liga da Justiça: A Nova Fronteira entrou para o rol das melhores animações de super-heróis, com seu charme clássico e uma história de tirar o fôlego. Aqui, vemos a Liga da Justiça se unindo para deter uma ameaça alienígena.

No entanto, o que realmente cativa no filme é sua brilhante ambientação nos anos 50, trazendo vários elementos clássicos da história da DC Comics. Outro destaque fica para o excelente elenco de vozes, que conta com nomes como Lucy Lawless, Kyle MacLachlan, Neil Patrick Harris e Jeremy Sisto.

Imagem de capa do item

A Morte do Superman

Qualquer criança que cresceu em meio aos anos 90 sabe da importância que A Morte do Superman teve para os quadrinhos. Ver um herói tão importante quanto o Homem de Aço sendo abatido por uma criatura inumana como o Apocalypse foi chocante, deixando um grande vácuo no coração da DC Comics.

Tendo sido adaptada duas vezes em animação, a saga realmente foi bem-sucedida em seu segundo filme animado. Aqui, temos uma história angustiante, que mostra o Superman como um herói altruísta e disposto a morrer para salvar seu lar e àqueles que ama. É um baita longa, que ganhará uma continuação neste ano, com O Reino dos Supermen.

Imagem de capa do item

Batman: O Cavaleiro das Trevas

Obra imortal de Frank Miller, a saga do Cavaleiro das Trevas serviu de inspiração para várias adaptações do Batman. No entanto, nenhuma chega aos pés da animação em duas partes, lançada em 2012 e 2013, logo após o encerramento da trilogia live-action dirigida por Christopher Nolan - e que também bebeu dessa fonte.

A animação recria, com extrema fidelidade, a graphic novel original, lançada em 1986. Aqui, vemos o Cruzado Encapuzado tendo que retornar de sua "aposentadoria" para enfrentar ameaças como os Mutantes, o Duas-Caras e o Coringa, além de se aliar a Carrie Kelley, uma nova Robin.

Imagem de capa do item

Liga da Justiça: Ponto de Ignição

Por falar em fidelidade, poucas animações da DC conseguiram ser tão próximas do material-fonte quanto Liga da Justiça: Ponto de Ignição, filme que adapta o arco responsável por iniciar a era dos Novos 52 na editora. Aqui, acompanhamos Barry Allen mudando o passado e, consequentemente, devastando o futuro.

O filme consegue explorar muito bem as consequências da viagem no tempo, mostrando a versão (ainda mais) sombria do Batman - que, nesta realidade, é Thomas Wayne -, além de inserir aspectos do conflito entre Amazonas e Atlantes, ou o sumiço do Superman, que foi criado de uma forma bem diferente.

Imagem de capa do item

Homem-Aranha no Aranhaverso

Filme mais recente da lista, Homem-Aranha no Aranhaverso está chegando aos cinemas brasileiros em janeiro, mas já fez um grande sucesso nos Estados Unidos - e nós já conferimos (inclusive, você pode ler nossa crítica aqui). O filme é magistral ao representar os vários Homens-Aranhas ao longo do Multiverso Marvel.

Com uma animação de tirar o fôlego, que mescla elementos de 3D com traços mais próximos dos quadrinhos, o filme é um grande sucesso, apresentando Miles Morales como o Homem-Aranha desta geração. O filme foi tão bem-sucedido que a Sony já está desenvolvendo continuações e até mesmo alguns spin-offs.

Imagem de capa do item

Batman Contra o Capuz Vermelho

Considerado por alguns como o melhor filme do Batman já lançado, essa animação de 2010 sabe mesclar elementos bem sombrios e uma dose das HQs para criar um conceito fantástico na figura do Capuz Vermelho, sem contar a constante ameça do Coringa, que representa um grande peso na vida do Cavaleiro das Trevas.

Em Batman Contra o Capuz Vermelho, vemos o herói enfrentando seu pupilo Jason Todd, o segundo Robin, que acreditava-se ter morrido pelas mãos do Palhaço do Crime. Mas o problema acontece quando ele retorna como um vigilante extremamente sanguinário, se tornando uma ameaça até para Bruce Wayne.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux