Capa da Publicação

Os 10 maiores vilões do Mundo Bruxo!

Por Gus Fiaux

Mundo Bruxo de J.K. Rowling é um lugar mágico e fascinante, mas que também esconde perigos mortais a cada esquina. Enquanto conhecemos heróis como Harry Potter ou Newt Scamander, também vemos vilões extremamente poderosos – alguns completamente sádicos e lunáticos.

Com uma gama de inimigos que vai muito além de Lord Voldemort, decidimos contabilizar os 10 maiores vilões do Mundo Bruxo, desde professores malignos a criaturas das trevas. Contudo, só selecionamos personagens que possuem uma participação considerável em Harry Potter ou em Animais Fantásticos.

Créditos: Warner Bros.

Imagem de capa do item

Bartô Crouch Jr.

À primeira vista, Bartô Crouch Jr. pode aparentar ser uma pessoa frágil e esguia, mas ele é um bruxo extremamente capacitado, que foi capaz de enganar até mesmo o próprio Alvo Dumbledore, bem debaixo do seu nariz, ao se passar por Alastor Moody por quase um ano inteiro.

Envolvido na tortura de Franco e Alice Longbottom, ele é um bruxo que se deixou seduzir pelas palavras de Voldemort, e se tornou um de seus súditos mais fieis. Não fosse por ele, é provável que o bruxo nunca teria retornado em toda sua glória, durante Harry Potter e o Cálice de Fogo.

Imagem de capa do item

Fenrir Greyback

Embora seja bem apagado na saga cinematográfica do Menino Que Sobreviveu, Fenrir Greyback é um dos vilões mais sádicos e tenebrosos do universo mágico de Harry Potter. Ele é um lobisomem que já perdeu sua própria humanidade, e fica preso em uma forma transitória entre homem e lobo.

Suas ações malignas antecedem a história contada nos livros, já que ele foi responsável pela transformação de Remo Lupin em lobisomem, quando este ainda era uma criança. Muito violento e brutal, ele não vê problema em pôr fim à vida daqueles que se colocam em seu caminho.

Imagem de capa do item

Draco Malfoy

Aqui, temos um caso curioso pois Draco Malfoy só é um vilão por conta das circunstâncias em que foi criado. Vindo de uma família extremamente rica e tradicional, ele passou de uma criança mimada para um protótipo de Comensal da Morte, devido a uma "dívida" de seu pai, Lúcio Malfoy.

Durante toda a história, podemos perceber que ele é mais uma vítima desse grande cerco de terror que ameaça o Mundo Bruxo com a ascensão de Lord Voldemort. No entanto, não há como negar que ele tem lá seu lado vilanesco, atacando Harry, Rony e Hermione desde os primeiros livros.

Imagem de capa do item

Pedro Pettigrew

Dentre todos os vilões do Mundo Bruxo, nenhum consegue ser mais ardiloso e asqueroso que Pedro Pettigrew, principalmente se levarmos em conta suas origens. Covarde desde o início, é uma surpresa que ele tenha entrado para a Grifinória - e mais ainda que tenha feito parte dos Marotos.

Sua presença começa a pesar no momento em que ele decide trair Tiago e Lílian Potter, entregando-os para Lord Voldemort. A partir daí, esse animago covarde se torna um inimigo que inclusive incriminou Sirius Black, forçando-o a viver doze anos em Azkaban.

Imagem de capa do item

Salazar Slytherin

Não há a menor sombra de dúvidas que Salazar Slytherin seja um dos maiores bruxos de todos os tempos - afinal de contas, ele ajudou Godric Gryffindor, Helga Hufflepuff e Rowena Ravenclaw a fundarem a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Mas não dá para negar que ele tem um pé na vilania.

Supremacista bruxo, ele era completamente contra o ensino de mestiços e nascidos-trouxas na escola. Isso fez com que ele construísse a Câmara Secreta e instalasse nela um Basilisco, que mataria dezenas de crianças - tudo isso, é claro, antes de lutar com Gryffindor e sair da escola.

Imagem de capa do item

Severo Snape

Entrando em águas ainda mais delicadas, temos aqui um "vilão" que provou, posteriormente, ser um agente duplo a serviço de Alvo Dumbledore. Ainda assim, não podemos nos esquecer que, mesmo bem-intencionado, Severo Snape ainda tinha algumas atitudes bem vilanescas.

Para começar, podemos falar dos vários maus-tratos que ele promovia aos alunos de quem não gostava, durante as aulas de Poções. Além disso, nada justifica o asco que ele tinha por Harry Potter por se parecer com seu pai, Tiago. Felizmente, ele conseguiu se redimir no final da saga.

Imagem de capa do item

Dolores Umbridge

Se você juntar dez fãs de Harry Potter, nove entre eles falarão que a personagem que mais odeiam e desprezam na franquia é Dolores Umbridge - e não é para menos: essa funcionária do Ministério da Magia provocou ações moralmente condenáveis e terroristas em Hogwarts.

Indicada como professora de Defesa Contra as Artes das Trevas no quinto ano letivo de Harry Potter, ela é cruel e brutal, ainda que sua postura disfarce isso. Ainda não a perdoamos por tudo que ela fez com Harry e a Armada de Dumbledore, tentando promover uma escola "livre de ideologias".

Imagem de capa do item

Belatriz Lestrange

A loucura pode ser uma grande forma de vilania, e isso está bem explícito na forma de Belatriz Lestrange, uma bruxa das trevas que se filiou à campanha mortal de Lord Voldemort, muito para fazer prevalecer a supremacia bruxa pelo mundo.

Completamente insana, a prima de Sirius Black - e sua assassina - também teve uma grande participação na tortura de Franco e Alice Longbottom, o que lhe rendeu vários anos em Azkaban. Ela foi a maior general dos exércitos de Voldemort, e era insanamente fiel à sua causa.

Imagem de capa do item

Gerardo Grindelwald

Apresentado como o grande inimigo da franquia Animais Fantásticos, o vilão Gerardo Grindelwald foi um dos maiores bruxos das trevas que já existiu, envolvido diretamente na ascensão do nazifascismo e na construção da Segunda Guerra Mundial, tudo "pelo bem maior".

Fascinado pelas Relíquias da Morte desde jovem, ele foi um grande amigo de Alvo Dumbledore, e quase seduziu o bruxo apaixonado para sua jornada perigosa. Como temos visto nos filmes da nova franquia, seu ataque é insidioso, e ele prefere não sujar as mãos de todo o sangue que será derramado.

Imagem de capa do item

Lord Voldemort

Apenas um bruxo das trevas conseguiu superar o trabalho de Gerardo Grindelwald, e esse foi Tom Riddle, que posteriormente adotou o alter-ego sombrio de Lord Voldemort. Porém, se Grindelwald era a antítese de Dumbledore, Voldemort escolheu ser o nêmesis de Harry Potter.

Em sua busca incansável pela imortalidade, ele fez atos impronunciáveis e conseguiu criar não uma, mas sete Horcruxes. Seu reinado de trevas culminou na Primeira e na Segunda Guerra Bruxa, onde crianças, trouxas e qualquer um que se metia em sua frente viraram vítimas.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux