Capa da Publicação

Os melhores filmes da Netflix em 2021 até o momento

Por Gus Fiaux

Com a pandemia do COVID-19 e o fechamento de várias salas de cinema, a Netflix está se saindo muito bem por manter a indústria cinematográfica funcionando, com lançamentos novos toda semana. A gigante do streaming já começou 2021 com os dois pés na porta, ao anunciar que lançaria ao menos um filme por semana.

E embora ainda nem tenhamos chegado à metade do ano, parece que a plataforma já está cumprindo sua promessa. Entre várias estreias e títulos originais, temos diversos filmes e produções bem interessantes – algumas inclusive indicadas ao Oscar de 2021. Tendo isso em mente, aqui listamos os melhores lançamentos da Netflix em 2021 (até agora)!

Imagem de capa do item

Pieces of a Woman

Um dos primeiros lançamentos da plataforma em 2021 - e prestigiado em várias premiações como o Oscar, onde recebeu indicações em categorias principais - Pieces of a Woman é um brilhante estudo de personagem vindo do diretor Kornél Mundruczó, sobre uma mãe que perde seu bebê durante o parto e passa por um grande processo de luto.

O filme é estrelado por Vanessa Kirby (em uma das melhores atuações de sua já espetacular carreira). É um drama denso e pesado, que explora a condição humana em frente ao luto e à perda. Além disso, o longa também conta com grandes nomes em seu elenco, como Ellen Burstyn, Sarah Snook, Molly Parker e Benny Safdie.

Imagem de capa do item

O Tigre Branco

Uma das coisas mais interessantes que a Netflix tem feito nos últimos anos é dar espaço a produções de vários países, facilitando o acesso mundial a culturas que outrora seriam deixadas em segundo plano nas grandes cadeias de cinema. Um filme interessante nesse sentido é O Tigre Branco, uma co-produção dos Estados Unidos e da Índia, falando em hindi.

O longa é baseado em um best-seller homônimo e conta a história de um motorista indiano que decide sair da vida de pobreza e miséria e ascender em seu país, mesmo tendo que viver numa sociedade estratificada. Indicado a Melhor Roteiro Adaptado no Oscar de 2021, o filme conta com nomes bem interessantes em seu elenco, como Rajkummar Rao e Priyanka Chopra.

Imagem de capa do item

Moxie: Quando as Garotas vão à Luta

Nos últimos anos, temos visto uma verdadeira avalanche de filmes coming-of-age. Isso pode ser notado em produções como Lady Bird, Fora de Série e até mesmo Você Nem Imagina (que foi lançado pela Netflix em 2020). Neste ano, tivemos Moxie: Quando as Garotas vão à Luta, filme dirigido pela comediante Amy Poehler.

Aqui, Poehler disseca a fundo a vida no ensino médio, com todos os dramas de colegial que já estamos acostumados a ver em outras produções. O maior diferencial é que o longa também se propõe a discutir temas polêmicos, que nem machismo e sexismo institucionalizado, bem como cultura de estupro - tudo enquanto um grupo de meninas cria um movimento impactante.

Imagem de capa do item

Alma de Cowboy

No começo de abril, tivemos o lançamento de Alma de Cowboy, uma produção norte-americana estrelada por Idris Elba e Caleb McLaughlin (mas que também traz em seu elenco nomes como Jharrel Jerome e o rapper Method Man). Essencialmente, o filme é sobre um garoto que decide se juntar a um grupo de cowboys na Filadélfia.

O mais interessante sobre Alma de Cowboy é que o longa é inspirado em histórias reais de comunidades negras na Filadélfia que costumavam viver como cowboys em meio ao cenário urbano. O filme foi muito elogiado pela crítica, especialmente por trazer uma discussão sobre cultura afro-americana, a vida em comunidade e o amadurecimento de um adolescente rebelde.

Imagem de capa do item

Amor e Monstros

Nos últimos anos, parece que todas as obras de horror e ação ambientadas em um futuro pós-apocalíptico só deram atenção aos zumbis e esqueceram de como essa premissa pode dar espaço para várias outras ideias. E é justo isso que Amor e Monstros faz, ao traçar sua história em um mundo já colapsado devido à intrusão de monstros gigantescos.

Porém, o que há de mais interessante no filme é que, em sua essência, é uma história de amor, que segue seu protagonista (vivido por Dylan O'Brien) se aventurando por um perigoso cenário urbano e florestal em busca de sua namorada, que vive em um abrigo bem distante. Se você quer ver um filme bem divertido e descompromissado, aqui está uma baita recomendação.

Imagem de capa do item

A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas

Um dos lançamentos mais esperados do ano, A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas fez valer todo o tempo em que os fãs aguardaram. O longa originalmente tinha o nome de Connected e é produzido pela Sony, do mesmo estúdio de animação que nos presenteou com Homem-Aranha no Aranhaverso.

Na trama, temos a história de uma garota que não consegue se encaixar bem no mundo em que vive, principalmente por ter conflitos frequentes com sua família. O longa surpreendeu tanto por seu uso inteligente da cultura de internet, através de memes e colagens, como também por trazer uma representação muito positiva para a comunidade LGBTQIA+.

Imagem de capa do item

Oxigênio

Alexandre Aja já se provou um diretor muito competente para o horror e o suspense, dirigindo filmes como Alta Tensão, Viagem Maldita e, mais recentemente, Predadores Assassinos. Aqui, o cineasta mostra mais uma vez a que veio com o novo thriller da Netflix, Oxigênio, que conta a história de uma mulher presa em uma câmara criogênica.

A mulher não faz ideia do porque está ali e como deve fugir, mas precisa correr contra o tempo, já que o oxigênio dentro da câmara está se esvaindo cada vez mais rápido. Além de ter essa premissa claustrofóbica e delirante, o filme também lida com a reconstrução de memórias de sua protagonista - que é vivida por Mélanie Laurent, a Shosanna de Bastardos Inglórios.

Imagem de capa do item

Army of the Dead: Invasão em Las Vegas

E Zack Snyder ataca novamente. Após ter lançado sua versão de Liga da Justiça, o diretor "visionário" está de volta com seu mais novo filme original, Army of the Dead: Invasão em Las Vegas, um filme de zumbis que tem como premissa um assalto em um grande cassino na cidade mais badalada nos Estados Unidos.

Ao longo de suas duas horas e meia, o filme oferece aos fãs ação frenética e personagens bem carismáticos - fruto de um elenco recheado de nomes bem especiais. É um filme de zumbis que segue o beabá que já esperamos desse tipo de história, mas que surpreende por sua diversão e por mostrar Snyder livre de amarras e controle criativo dos estúdios.

Atualmente, o filme conta com uma aprovação de 69% dos críticos e de 76% do público no Rotten Tomatoes.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux