Manual Legionário: Guia cronológico das sagas da Marvel – Parte 1

Capa da Publicação

Manual Legionário: Guia cronológico das sagas da Marvel – Parte 1

Por Gus Fiaux

– Tentaremos dar o mínimo de spoilers o possível, mas para contar certas coisas, precisamos revelar outras, então esteja avisado. –

Para começar do básico, vale lembrar que tudo que conhecemos como Universo Marvel teve origem em 1961, com a estreia do Quarteto Fantástico nos quadrinhos. A partir disso, Stan Lee, Jack Kirby e Steve Ditko foram capazes de remodelar todo o universo, tomando alguns elementos da Timely Comics, de onde surgiram heróis como o Capitão América e o Namor.

Nos primeiros vinte anos da editora, cada herói tinha sua própria história bem definida e de certa forma, independente do que acontecia no universo como um todo. Crossovers, entretanto, não eram eventos raros, e sempre tínhamos heróis diferentes aparecendo no título solo de outro herói. Alguns desses encontros se tornaram lendários, como Demolidor e Homem-Aranha.

Porém, o verdadeiro e grandioso crossover se deu quando, em meados de 1963, cinco heróis totalmente diferentes se uniram e formaram os Vingadores. A partir dali o mundo foi se tornando cada vez mais lotado de super-heróis e, consequentemente, de vilões. Ameaças cada vez maiores tomaram conta dos quadrinhos, de modo que alguns heróis tinham que se reunir para combatê-los com uma maior frequência.

Entretanto, até 1982, a Marvel ainda não havia publicado nenhum evento de importância significativa. Todas as grandes histórias ficavam limitadas aos títulos de cada personagem ou equipe… E, então, veio o primeiro mega-evento da Marvel…

Imagem de capa do item

Torneio de Campeões

Um dos Anciões do Universo convida a Morte para um jogo pela vida de outro Ancião, o Colecionador, que havia sido morto por Korvac. As duas entidades cósmicas então acabam usando vários heróis da Terra como seus peões, e propõem como meta a reunião de um artefato poderoso.

Se o time do Ancião ganhar, o Colecionador vive. Se o time da Morte o fizer, ele permanece morto. E apesar de faltar um arco que ligue muito bem as batalhas, sabemos que o time do Ancião é o vencedor. Porém, a Morte prega um truque e revela que o Colecionador só pode viver caso o Ancião tome seu lugar no reino dos mortos. E o personagem aceita a proposta. Porém, lá, ele consegue banir todos os Anciões do Reino da Morte, tornando-os imortais.

Imagem de capa do item

Guerras Secretas

Lançado entre 1984 e 1985, essa é a primeira mega-saga da Marvel a repercutir de um modo inacreditável. Primariamente, foi fruto de um acordo para acompanhar uma linha de bonecos, mas a história acabou saindo do foco comercial e agradou bastante os fãs.

Uma entidade onipotente chamada Beyonder fica fascinado pela presença de super-heróis na Terra e escolhe um grupo seleto de super-poderosos, os transportando para um mundo de batalha e os colocando uns contra os outros.

Os heróis e vilões então começam uma série de pequenas batalhas entre si, até que o Doutor Destino resolve roubar os poderes de Galactus e do Beyonder, mas logo é derrotado, e os personagens voltam para seu universo normal, mas com uma série de mudanças em suas vidas.

Imagem de capa do item

Guerras Secretas II

Seguindo o sucesso da primeira saga, Guerras Secretas II foi publicada de julho de 1985 a março de 1986. O Beyonder vai para a Terra e acaba entrando em conflito com os heróis e com algumas entidades cósmicas.

O personagem acaba tentando viver uma vida normal, iniciando aprendizagem nos aspectos mais básicos da vida e evoluindo, o que chama atenção de certas pessoas como o Mefisto.

Ao final, os heróis da Terra têm que lidar com a possível destruição do planeta, causada pelos atos desenfreados de Beyonder, enquanto outros seres tentam matá-lo.

Imagem de capa do item

Massacre dos Mutantes

O primeiro grande evento mutante a se espalhar por várias revistas, Massacre dos Mutantes começou a ser publicado em outubro de 1986. No arco, os Carrascos vão atrás dos reclusos Morlocks e os chacinam no subsolo de Nova York.

Os X-Men e o X-Factor logo chegam, mas não podem fazer nada para ajudar. Ao longo do arco, vários personagens sofrem grandes problemas, como o Anjo, que perde suas asas, ou Colossus, Lince Negra e Noturno, que são gravemente feridos.

Enquanto isso, Thor ajuda o X-Factor e providencia um funeral digno para os Morlocks. Wolverine protege o Quarteto Futuro e é seguido até a Mansão Xavier pelo Dentes de Sabre, que destrói o Cérebro antes de sumir.

Imagem de capa do item

A Queda dos Mutantes

A Queda dos Mutantes consistiu de três histórias separadas que se cruzavam em um dado ponto. O evento foi publicado em nove edições, de janeiro a março de 1988.

Os X-Men vão atrás de uma Tempestade revoltada e sem poderes, que procura Forge para ajudá-la, e acabam batendo de frente com a Força Federal da Mística. Alguns problemas acontecem e os X-Men acabam tendo que lidar com um ser caótico.

Já o X-Factor é transportado para a nave do Apocalipse, onde batalham contra os Quatro Cavaleiros, incluindo um de seus ex-companheiros, o Anjo, agora transformado na Morte. Eles são derrotados e então devem defender a cidade de uma invasão de Apocalipse e seus companheiros. E isso tudo enquanto os Novos Mutantes investigam um problema menor.

Imagem de capa do item

A Guerra do Alto Evolucionário

Lançada em 1988, logo após a Queda dos Mutantes, A Guerra do Alto Evolucionário trouxe o retorno do vilão ao Planeta Terra, decidido de que a vida na Terra devia acabar de uma vez por todas. Ele se torna o protetor da humanidade, mas quer que ela evolua ainda mais.

O vilão então cria uma bomba evolucionária e quando os heróis da Terra o descobrem, todos partem para o conflito, e são derrotados pouco a pouco. Entretanto, o vilão e Hércules aparentemente são destruídos em um último confronto, então os heróis são capazes de deter a bomba e salvar o planeta.

Imagem de capa do item

Inferno

Inferno foi outra saga mutante a trazes várias histórias paralelas que, em dado ponto, se ligavam. Primeiramente, temos dois demônios do Limbo planejando uma incursão demoníaca na Terra, através da Nova Mutante Magia.

Eles conseguem até certo ponto e o caminho entre o Limbo e a Terra é aberto. Os demônios então começam uma negociação com uma vilã nova: Madelyne Pryor, ex-esposa de Ciclope e que acaba de descobrir que era um clone de Jean Grey.

O portal entre a Terra e o Limbo é fechado graças aos X-Men e os Novos Mutantes, e então Madelyne chega perto de fazer um sacrifício supremo: sacrificar seu filho Cable para abir um portal definitivo. Ela é impedida na última hora pelos X-Men, pelo X-Factor e por uma renascida Jean Grey.

Imagem de capa do item

Ataques Atlantes

Uma entidade alienígena consegue construir um corpo através da prancha do Surfista Prateado, e chega na Terra, convencendo a comandante da Lemúria a participar de um plano para trazer a entidade Set para a Terra.

Entretanto, os dois são impedidos por um grupo de heróis compostos pelos Vingadores e pelo Quarteto Fantástico, enquanto Namor retorna - muitos pensavam que ele estava morto devido a um combate com o Homem de Ferro e as tropas atlantes de Attuma.

Imagem de capa do item

Atos de Vingança

Loki, disfarçado, reúne os vilões e os convence a participarem de seu plano mestre para derrotar os Vingadores. O vilão então lidera um ataque à Gruta, uma prisão de segurança máxima, e liberta diversos vilões, que são colocados contra heróis que nunca lutaram antes.

Entretanto, os vilões não conseguem se unir, muito em parte aos seus egos inflados e conflitos ideológicos. Loki tenta uma última investida ao fundir três sentinelas e colocá-los para atacar Nova York, porém o Homem-Aranha dá cabo a seus planos, destruindo o tri-sentinela.

Imagem de capa do item

Desafio Infinito

O primeiro de uma trilogia e a saga que jogou a Marvel de cabeça nos anos 90, Desafio Infinito é possivelmente um dos eventos mais amados pelos fãs de quadrinhos. A história traz o Titã Louco Thanos na posse das seis jóias do infinito, disposto a cumprir o desejo mais ardiloso da Morte: chacinar metade de todo o universo.

Alguns heróis tentam impedi-lo, mas Thanos ainda assim, com um estalo de dedos, mata 50% da população universal, trazendo consequências graves para o mundo. Entidades cósmicas se enfrentam para enfrentar o vilão e são lentamente derrotadas, uma a uma.

Ensandecido por todo seu poder, Thanos não se dá conta que perdeu a Manopla para uma personagem um tanto quanto... curiosa... e que pode ser ainda mais terrível que ele!

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux