Capa da Publicação

10 mangás do gênero seinen que você precisa conhecer

Por Márcio Jangarélli

Precisando tirar umas férias de mangás shonen? A jornada do Narutinho te cansou ao ponto de você pedir um hiato? Quer ler uma coisa mais “adulta” pra variar? Vamos de mangás seinen então!

Enquanto os mangás shonen são direcionados para garotos japoneses mais jovens, os seinen são feitos para pessoas adultas, na maioria das vezes visando tendo homens entre 20 e 50 anos como público alvo. Eles tratam de temáticas mais pesadas, podem conter gore, mais sangue e definitivamente são menos “esperançosos” que sua contraparte mais jovem.

Nessa lista, separei alguns títulos indispensáveis para quem quer explorar essa categoria de mangás. A maioria já é bem famosa, às vezes você conhece e nem sabe que é seinen, mas quem sabe em outra lista tratamos de sagas menos tradicionais?

Imagem de capa do item

Berserk

Um título clássico que está entre os mangás mais aclamados, Berserk, do autor Kentaro Miura, pode ser uma ótima escolha para você começar no mundo dos seinen. Em um mundo de fantasia sombria, aqui você conhecerá a história do Guts, um espadachim amaldiçoado em uma jornada de vingança, e do Griffith, o chefe do “Bando do Falcão” de mercenários.

Berserk é considerado um dos melhores mangás de todos os tempos, tem mais de 30 anos de estrada, conta com um trabalho artístico inigualável, possui 40 volumes e já ganhou todo tipo de adaptação, seja anime, filme ou game. Sangrento, visceral, com temáticas profundas sobre a psique humana, é um ótimo exemplo de seinen.

Imagem de capa do item

One Punch-Man

Mas se você quer uma leitura mais “fácil” e divertida - no sentido de não acabar tão depressivo depois de ler - One Punch-Man é a melhor pedida. Esse não precisa de tantas explicações assim devido a fama que tem, né? Pelo sucesso estrondoso, muita gente até esquece que o título não é da mesma categoria de um Naruto ou Dragon Ball da vida.

O mangá de OPM é realmente incrível. Produzido principalmente por Yusuke Murata, que adapta a webcomic original do ONE, o trabalho artístico aqui é de fazer o olho brilhar, além de contar com uma história sensacional, satírica, extremamente crítica e personagens incrivelmente carismáticos.

Imagem de capa do item

Vagabond

Ainda que Vagabond seja épico, essa é uma obra menos conhecida que alguns títulos da lista por não ter sido adaptado para anime. De Takehiko Inoue, esse mangá conta a história do samurai lendário da literatura japonesa, Miyamoto Musashi.

Vagabond traz uma arte impecável, fluida como os movimentos do protagonista. É uma jornada pelas batalhas violentas que levaram o Japão ao Período Edo, contando o início da lenda épica e sangrenta do Musashi.

Imagem de capa do item

Monster

Muito popular e aclamado, Monster, de Naoki Urasawa, é a pedida para quem quer uma saga de mistério, suspense e muito terror psicológico. Monster vai fundo em explorar as monstruosidades do personagem titular e entrega um trabalho pingando sangue.

Nessa história, acompanhamos o cirurgião japonês Kenzo Tenma que, durante seu trabalho na Alemanha, cruza seu caminho com Johan Liebert, um paciente que se revela como um serial killer psicótico, inteligente e, como dá pra imaginar, monstruoso.

Monster fez tanto sucesso que virou anime, produzido pelo estúdio Madhouse, e quase ganhou uma série em live-action dirigida por Guillermo Del Toro.

Imagem de capa do item

Oyasumi Punpun

Agora, se você quer algo mais existencial, tocante, que tal Oyasumi Punpun? A obra de Inio Asano entrega uma arte especial, além de uma história sobre a vida e o crescimento que com certeza vai te pegar.

Aqui você seguirá a vida de Onodera Punpun, desde muito jovem, até atingir a idade adulta. Enquanto todo o mangá é extremamente bem desenhado e detalhado, o protagonista é mostrado como um pássaro simplista, que vai mudando de forma conforme cresce.

É uma história sobre a vida, o crescimento, nosso relacionamento com um possível divino e todas as questões existenciais envolvidas.

Imagem de capa do item

Hellsing

Mais um sangrento e famoso para a lista? Pois é, Hellsing talvez não precise de muita introdução, quando é um seinen clássico e cultuado. Essa é uma obra de Kouta Hirano, que segue as operações da organização britânica Hellsing, responsável por caçar seres sobrenaturais. Mas você pode conhecê-la também como a história do Alucard.

A história de Hellsing acompanha o Alucard, um vampiro incrivelmente poderoso, que trabalha para a organização caçando seus similares e escondendo a existência desse mundo sobrenatural da população. É uma aventura extremamente violenta, sangrenta, obscura e incrível, que também conta com anime, OVAs e derivados.

Imagem de capa do item

Tokyo Ghoul

Entre os títulos mais recentes e populares dessa lista, Tokyo Ghoul também é um grande fenômeno. Uma criação de Sui Ishida, nessa obra conhecemos um mundo moderno assombrado pelos Ghouls, criaturas que vivem entre os humanos para devorá-los quando a chance chega.

É um mangá verdadeiramente incrível e até assustador, com muito gore, terror físico e suspense, enquanto acompanhamos a luta do protagonista, Ken Kaneki, contra esses monstros… até que ele se torna um meio-ghoul e precisa sobreviver de carne humana como eles.

Tokyo Ghoul já ganhou anime, light novel, OVAs, peça teatral, games, uma continuação, Tokyo Ghoul: Re, e até um filme japonês em live-action.

Imagem de capa do item

Gangsta.

Falando em séries mais recentes e em um cenário moderno, Gangsta., da autora Kohske, é uma história sobre violência urbana, máfia e crime.

Ergastulum é uma cidade dominada pela violência e o crime e é o cenário dessa história. Seguimos o dia a dia de Worick e Nicolas, dois faz-tudo que trabalham para qualquer pessoa, seja policial ou mafioso, até que eles encontram Alex, uma prostituta com amnésia que a dupla resolve ajudar.

A série ganhou spin-off e anime e a crítica especializada aponta a “sujeira” da trama como um dos seus pontos mais fortes.

Imagem de capa do item

Battle Angel Alita / Gunnm

Esse é um título que ficou bem famoso, até porque, no ano passado, foi adaptado como blockbuster americano. Battle Angel Alita, ou Gunnm, no original, é a grande obra sci-fi e cyberpunk de Yukito Kishiro, de 1990.

Com proporções épicas, nesta história seguimos a protagonista, Gally, ou Alita, em uma jornada de autodescobrimento e subversão de poderes. Acompanhamos esse **futuro pós-apocalíptico cyberpunk*** em Zalem, a cidade flutuante, e seus arredores, em um mundo habitado por humanos e ciborgues.

Alita já ganhou anime, OVA, sequências e o filme em live-action, comandado pelo diretor Robert Rodriguez, de 2019.

Imagem de capa do item

JoJo Bizarre Adventure

Para fechar com estilo, se você ainda não se rendeu às graças de JoJo Bizarre Adventure, está perdendo um fenômeno cultural e uma aventura ridiculamente épica.

JoJo Bizarre Adventure é tão bizarro que por muito tempo foi publicado como shonen e só depois de 2004 foi transferido para a seinen Ultra Jump. Criado por Hirohiko Araki, essa é a maior mistura de cultura pop, sátira, poses impossíveis e desenho homoerótico que você vai encontrar - e é isso que faz dessa série algo tão incrível.

Com vários arcos por onde você pode começar sua jornada em JoJo, essa aventura foi adaptada em anime, filme, OVA, live-action, game, light novel e inspirou tantas coisas na cultura pop quanto tomou para si como referência.

Imagem de perfil
Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.