Capa da Publicação

Elizabeth Olsen: Os melhores filmes com a atriz além do Universo Marvel

Por Melissa de Viveiros

Elizabeth Olsen está se tornando um dos grandes destaques do Universo Cinematográfico da Marvel. Embora os filmes nem sempre tenham permitido que Wanda Maximoff tivesse seu momento de brilhar, WandaVision mudou isso ao dar à personagem o protagonismo que ela merece.

Apesar disso, a atriz já fez parte de diversos outros filmes para além do universo Marvel. De comédias dramáticas à thrillers psicológicos, Olsen vem construindo sua carreira de forma variada, e prova que é uma grande atriz ao entregar performances elogiadas mesmo em filmes medianos.

E, para que você possa conhecer um pouco mais da carreira dela, preparamos esta lista com os melhores filmes com a atriz fora do MCU!

Imagem de capa do item

Poder Paranormal (2012)

Poder Paranormal é um filme hispano-americano que conta com grandes nomes no elenco, como Sigourney Weaver, Robert De Niro e Cillian Murphy, trio que protagoniza a história.

Na trama, Weaver e Murphy são "céticos profissionais" que tentam provar que os supostos poderes psíquicos de De Niro não passam de uma farsa. Elizabeth Olsen interpreta Sally Owen, uma assistente contratada pela dupla que tenta comprovar as fraudes.

Embora muitos tenham considerado o filme cansativo, o elenco é muito talentoso, e as performances foram em grande parte elogiadas.

Imagem de capa do item

Oldboy (2013)

Dirigido por Spike Lee, Oldboy é um remake de um filme coreano de mesmo nome que, por sua vez, foi baseado em um mangá japonês. Além de Elizabeth Olsen no papel de Marie Sebastian, o filme também conta com Josh Brolin, o Thanos, no papel de Joe Doucett.

Na trama, o protagonista Joe busca respostas para o que sofreu, tendo passado 20 anos em cárcere privado sendo torturado por alguém cuja identidade desconhece. A personagem de Olsen, Marie, decide o ajudar a desvendar o mistério de quem fez isso com ele.

O filme não foi muito bem de bilheteria, e foi considerado pior do que a versão coreana, principalmente por ter muitas semelhanças com a versão anterior. Ainda assim, tanto as atuações quanto o visual foram bastante elogiados.

Imagem de capa do item

Em Segredo (2013)

Em Segredo foi dirigido por Charlie Stratton, e é protagonizado por Elizabeth Olsen e Oscar Isaac. Mais uma produção que conta com nomes muito conhecidos no elenco, o filme também tem atuações de Tom Felton e Jessica Lange.

A premissa do filme não é exatamente original: a personagem de Olsen, Therese, é casada com Camille Raquin (Tom Felton), mas trama o assassinato do marido com seu amante Laurent LeClaire (Oscar Isaac). No entanto, uma vez que o assassinato ocorre, o relacionamento dos amantes passa a sofrer com o peso da culpa, transformando a paixão em ódio.

Jessica Lange foi aclamada por sua atuação, ainda que todo o elenco tenha recebido elogios, e seja considerado responsável pelas melhores qualidades do filme.

Imagem de capa do item

Histórias de Amor (2012)

Um filme de comédia e drama, Histórias de Amor foi escrito, dirigido e estrelado por Josh Radnor, o Ted de How I Met Your Mother. Elizabeth Olsen tem o outro papel de grande destaque na trama, e o elenco conta também com Allison Janney, Elizabeth Reaser e Zac Efron.

A história tem foco em Jesse, um homem de 35 anos que começa um relacionamento com uma universitária de 19 anos (Olsen). Através do romance, o filme aborda questões relacionadas à nostalgia pela juventude, além de lidar com a diferença de idade dos protagonistas.

O filme foi consideravelmente bem recebido, sendo elogiado por seus diálogos e personagens. Ainda assim, ele recebeu algumas críticas por ser agradável e bem-humorado até demais, evitando negatividade a qualquer custo.

Imagem de capa do item

Versos de um Crime (2013)

Um filme biográfico de drama, Versos de um Crime tem foco em alguns dos primeiros autores da chamada Geração Beat, movimento e fenômeno cultural norte-americano que influenciou outras subculturas, como os hippies e os punks.

Na trama, Allen Ginsberg (Daniel Radcliffe) consegue entrar na Universidade da Columbia, onde conhece Lucien Carr (Dane DeHaan). Juntamente com William S. Burroughs (Ben Foster) e Jack Kerouac (Jack Huston), eles decidem começar um novo movimento literário chamado de A Nova Visão.

Elizabeth Olsen interpreta Edie Parker, personagem também baseada em uma pessoa real, que foi esposa de John Kerouac, e escreveu sobre o início da Geração Beat.

Imagem de capa do item

Godzilla (2014)

Ao contrário de sua continuação, o reboot de Godzilla de 2014 foi muito elogiado por reviver a glória da franquia, contando com equilíbrio entre o drama dos personagens humanos e as grandiosas cenas de ação protagonizadas pelos monstros.

Ambos os intérpretes dos gêmeos Maximoff no MCU fazem parte da trama, uma vez que Aaron Taylor-Johnson é o protagonista do filme, Ford Brody, e Elizabeth Olsen interpreta sua esposa, Elle.

Na história, Ford precisa deixar sua família em São Francisco para ajudar seu pai no Japão, e ambos acabam envolvidos numa crescente crise quando Godzilla surge do mar para enfrentar adversários que ameaçam a sobrevivência da humanidade.

O filme recebeu muitos elogios, e sua direção, efeitos visuais, trilha sonora e cinematografia foram destacados. Além disso, o respeito ao material original também foi considerado um dos pontos fortes do filme.

Imagem de capa do item

Kodachrome (2017)

Baseado em um artigo escrito para o The New York Times por A. G. Sulzberg, Kodachrome conta a história de Matt (Jason Sudeikis) e seu pai Ben (Ed Harris), que tem uma relação conturbada. Quando Ben, que é um fotojornalista, descobre ter câncer terminal, ele pede ao filho que o acompanhe em uma viagem até o último laboratório que processa filme Kodachrome, para que suas últimas fotos sejam reveladas.

Elizabeth Olsen interpreta Zooey, a assistente e enfermeira de Ben, que acompanha os dois durante a viagem.

O drama recebeu elogios e foi bem recebido pelo público, que considerou majoritariamente que embora a história possa ser previsível, as performances mais que compensam por isso.

Imagem de capa do item

Martha Marcy May Marlene (2011)

Um drama e thriller psicológico, o filme foi dirigido por Sean Durkin, e a atuação de Elizabeth Olsen em Martha Marcy May Marlene foi aclamada pela crítica, sendo considerada um dos pontos altos de um ótimo longa.

A história foca na personagem de Olsen, a quem o título se refere, lidando com o que acontece após Martha deixar de ser parte de um culto e passar a viver com sua irmã Lucy (Sarah Paulson). Atormentada pelo que viveu, a protagonista não consegue encontrar paz e tem dificuldades para se readaptar a uma vida normal.

Imagem de capa do item

Ingrid vai para o Oeste (2017)

O filme é estrelado por Olsen e Aubrey Plaza, e é considerado como sendo parte dos gêneros drama e humor sombrio.

Na trama, Plaza interpreta Ingrid Thorburn, uma jovem mentalmente instável que se muda para a Califórnia, tentando se aproximar de Taylor Sloane (Olsen), uma celebridade do Instagram.

As duas protagonistas se destacam em seus respectivos papéis, e a trama foi elogiada principalmente por suas críticas à sociedade e às redes sociais, embora a sátira por vezes exagerada seja um ponto negativo do filme.

Imagem de capa do item

Terra Selvagem (2017)

Um filme de drama e mistério, Terra Selvagem conta com um elenco de peso, escrita inteligente e grande foco em seus personagens, além uma ambientação bem feita que rendeu diversos elogios.

Dirigido por Taylor Sheridan, a trama do filme se inicia quando Cory Lambert (Jeremy Renner), um policial florestal, descobre o cadáver de uma adolescente nativo-americana dentro de uma reserva indígena. Tendo Cory como guia, a agente do FBI Jane Banner (Elizabeth Olsen) começa a investigar o caso, mas os dois logo descobrem que suas vidas também estão em perigo.

Terra Selvagem foi considerado por muitos como um dos melhores filmes de 2017, embora tenha passado despercebido por muitos. A produção também recebeu elogios por chamar a atenção para o desaparecimento de mulheres nativo-americanas, embora tenha sido criticado por seu elenco, composto majoritariamente por atores brancos.

Imagem de perfil
Melissa de Viveiros

Editora. Graduanda em Letras na UFMG. Elfa noturna em Azeroth, Au'Ra em Eorzea, apoiadora da Casa Martell em Westeros, LoLzeira noxiana e grisha etherealki. Fã de coisas demais e sempre hiperfocada em algo diferente. || @windrunning_