[CRÍTICA] Era Uma Vez um Deadpool – Comida requentada e sem tempero!

Capa da Publicação

[CRÍTICA] Era Uma Vez um Deadpool – Comida requentada e sem tempero!

Por Gus Fiaux

Tão elogiado quanto o primeiro longa de sua franquia, Deadpool 2 veio para apresentar uma nova leva de ideias para o futuro da saga de Wade Wilson nos cinemas. Tivemos a introdução da X-Force, de Cable e inclusive do Fanático, tornando um filme bem com a cara dos quadrinhos do anti-herói.

Agora, meses após a estreia do longa, a franquia retorna aos cinemas com Era Uma Vez um Deadpool, um filme que se propõe a ser uma versão PG-13 – ou seja, com a classificação indicativa mais branda – de Deadpool 2. E o resultado, como esperado, é decepcionante…

Créditos: Fox

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux