Capa da Publicação

Os 10 artefatos mágicos mais poderosos dos quadrinhos da Marvel

Por Gus Fiaux

Os quadrinhos da Marvel sempre foram muito criativos na hora de dar aos seus heróis (e vilões) armas especiais. Às vezes, temos aparatos tecnológicos, armaduras ou até mesmo soros especiais – porém, também não podemos esquecer dos artefatos místicos, muito presentes em histórias de heróis como o Doutor Estranho e a Feiticeira Escarlate.

Entre talismãs, cristais e até mesmo portais encantados, não faltam relíquias imbuídas de magia poderosa, empunhadas pelos mais diversos heróis e vilões da editora – e alguns são tão poderosos que seriam capazes de destruir o mundo. Aqui reunimos os 10 artefatos mágicos mais poderosos do Universo Marvel!

Imagem de capa do item

Joia de Cyttorak

Uma das entidades mais referenciadas nas HQs é Cyttorak. Às vezes, ele surge como o criador das Faixas Escarlates de Cyttorak, um encantamento bem poderoso usado pelo Doutor Estranho, capaz de prender seus inimigos com muita facilidade. Porém, ele também é o ser demoníaco que está ligado à criação do Fanático.

Para isso, ele colocou na Terra sua Joia de Cyttorak, um rubi místico que transforma quem tocá-lo em seu avatar. Com isso, Cain Marko se tornou um dos vilões mais poderosos dos X-Men, dotado de uma força incontrolável e a invulnerabilidade adquirida graças à sua armadura. Porém, ele não foi o único, já que Colossus também se tornou avatar do demônio.

Imagem de capa do item

Espada de Ébano

Forjada a partir de um meteorito e encantada pelo próprio Mago Merlin, a terrível Espada de Ébano é um item lendário nos quadrinhos da Marvel e pertence ao Cavaleiro Negro. Ela é extremamente resistente e é capaz de derrotar seus oponentes com muita destreza - porém, ela também carrega uma maldição assustadora.

Quanto mais sangue é derramado com a Espada, mais ela fica corrompida e, por consequência, corrompe seu usuário. É por isso que Dane Whitman sempre está tentando se livrar de sua influência. Em breve, devemos ver todo o potencial dessa arma ancestral nos cinemas, já que ela acabou de aparecer pela primeira vez na cena pós-créditos de Eternos.

Imagem de capa do item

Espada Espiritual

Já que o assunto são lâminas, uma que não pode ser esquecida é a Espada Espiritual usada por Magia. Porém, essa espada possui uma origem bem mais sombria, já que foi forjada com fragmentos da alma da própria mutante, enquanto esteve aprisionada no Limbo e escravizada pelos piores e mais cruéis demônios do Universo Marvel.

A espada é uma manifestação física dos poderes de Illyana Rasputin e não só é capaz de abrir portais, mas também é imbuída de magias poderosas, que podem quebrar feitiços e maldições e encontrar seres místicos. No entanto, o dom mais macabro da espada é a capacidade de separar a alma do corpo de suas vítimas, sem feri-las fisicamente.

Imagem de capa do item

Cajado do Absoluto

Nico Minoru é bem conhecida como a feiticeira dos Fugitivos, o grupo de heróis juvenis que são, ao mesmo tempo, filhos de supervilões. Ao saber sobre o hobby macabro de seus pais, Nico acabou roubando um item bem peculiar que estava em sua família há anos: o Cajado do Absoluto. Mas ela logo aprendeu que sua magia tem um preço...

Para manifestar o cajado, Nico precisa derramar um pouco de seu próprio sangue. Com ele, ela possui uma capacidade quase infinita de criar feitiços - porém, ela jamais pode repetir as mesmas palavras ao fazer sua magia, já que isso faz com que o cajado tenha efeitos inesperados. É um item poderoso e muito interessante, que poderia ser melhor explorado nos quadrinhos.

Imagem de capa do item

Espada Crepuscular

Voltando às espadas, precisamos falar de uma grande entidade conhecida por sua imponência nos Nove Reinos, ainda que governe apenas o infernal reino de Muspelheim. Tomando a forma de um grande demônio flamejante, o terrível Surtur é um grande inimigo de Thor, mas age como uma força da natureza, capaz de tudo para manter seu império de chamas.

Ele mesmo forjou sua Espada Crepuscular ao explodir toda uma galáxia - inclusive, a galáxia de onde veio Bill Raio Beta. Os poderes dessa lâmina são extensos e nem todos são conhecidos, mas acredita-se que ela tenha a capacidade de incinerar todo o universo. Felizmente, Surtur não passou muito tempo em posse dessa arma...

Imagem de capa do item

Vórtice Negro

Em 2015, a Marvel publicou um crossover curioso entre as revistas dos Guardiões da Galáxia e dos Novíssimos X-Men. O título do arco era Vórtice Negro, o mesmo nome dado a um artefato muito curioso que foi introduzido aqui pela primeira vez, criado através da mescla de magia ancestral e tecnologia alienígena.

O Vórtice Negro funciona como um espelho e mostra ao seu usuário todo o potencial que ele guarda. Se esse indivíduo desejar tal poder, ele precisa se submeter à influência do Vórtice, mas acaba sendo corrompido. Vários heróis e vilões chegaram a atravessar o Vórtice, como Kitty Pryde, Anjo e o filho de Thanos, Thane.

Imagem de capa do item

O Livro do Vishanti

Se você já assistiu Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, deve ter se questionado se o Livro de Vishanti também é tão poderoso nas HQs. E a resposta simples é: não, ele é ainda mais poderoso. Em suas páginas, ele contém todos os tipos de magia benigna, usada para tornar feiticeiros ainda mais poderosos e invencíveis.

O livro, como seu próprio nome diz, foi escrito pelo Vishanti - que, na real, é uma tríade de entidades místicas responsáveis por terem "criado" a magia no universo. Esses seres são Hoggoth, Oshtur e Agamotto. Porém, diferente do que nos é mostrado no filme, o livro não é tão inalcançável assim - na verdade, Stephen Strange já o usou diversas vezes.

Imagem de capa do item

Olho de Agamotto

Aliás, falando no Vishanti, não podíamos deixar de fora o utensílio favorito do Doutor Estranho. Nas HQs, o Olho de Agamotto é um amuleto bem peculiar, que possui a capacidade de revelar tudo o que está oculto para seu usuário. Ele também permite que o mago se comunique telepaticamente com outras pessoas e pode ser usado até mesmo na Forma Astral.

Contudo, para que funcione, o feiticeiro precisa ser dedicado apenas à magia benigna - na verdade, o Olho se fecha para qualquer um que pratique artes das trevas. Vale citar que o "Olho de Agamotto" mais conhecido é apenas um de três olhos diferentes, cada qual com seu poder específico. O segundo olho dá poder ao mago, e o terceiro tem propriedades desconhecidas.

Imagem de capa do item

Darkhold

Ainda mais poderoso que o Livro do Vishanti, o Darkhold (conhecido pelo nome de Tomo Negro em algumas traduções brasileiras) é um grimório maligno criado por Chthon, um dos demônios ancestrais, responsável pela Magia do Caos. Em suas páginas, o livro conta com maldições e vários encantamentos profanos, que são muito perigosos.

Além de já ter sido usado por heróis e vilões nos quadrinhos, o Darkhold é a fonte do nascimento dos vampiros, dos lobisomens e de vários outros seres sobrenaturais. Nele, há rituais de invocação para Chthon e vários dos deuses antigos. Entre as pessoas que já colocaram as mãos nesse livro maldito, nós temos nomes como Feiticeira Escarlate, Carnificina e Drácula.

Imagem de capa do item

Mjölnir

Porém, em primeiro lugar, não podíamos deixar de citar uma arma mitológica muito presente no Universo Marvel. O Mjölnir é um martelo encantado forjado pelos anões como presente para Odin - e o Pai-de-Todos logo daria a marreta para seu filho predileto, Thor Odinson. Porém, não se trata só de uma arma robusta e resistente.

O martelo possui diversos encantamentos de Odin, além de ter servido como receptáculo para Tempest, uma tempestade viva. Além de ser capaz de convocar raios, trovões e tormentas, o martelo ainda pode abrir portais entre dimensões, içar seu usuário no ar e até mesmo invocar uma pequena fração da Força Odin.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux