Capa da Publicação

Arquivos Legionários: Guia Básico da Jean Grey

Por Gus Fiaux

E no Arquivo Legionário de hoje você confere um pouco mais de sua história!

Imagem de capa do item

Histórico

Jean apareceu pela primeira vez em setembro de 1963, dentro de X-Men #1.

Criada por Stan Lee e Jack Kirby, Jean foi a última a se juntar aos X-Men originais, e teve um grande papel como única personagem feminina da equipe.

Imagem de capa do item

Vida civil

Jean é filha de um professor de história de uma universidade em Nova York. Aos dez anos de idade, ela brincava na rua quando sua melhor amiga foi atropelada.

Pouco antes da menina morrer, Jean conseguiu ler seus últimos pensamentos, descobrindo assim seus poderes de telepatia.

Sondada e convidada a participar dos X-Men, Jean acabou desenvolvendo um grande relacionamento com seu colega Scott Summers, com o qual chegou a casar e ter filhos (em realidades alternativas).

Jean acabou se tornando avatar da entidade cósmica conhecida como Fênix, e enquanto estava no controle, foi capaz de feitos grandiosos... mas tudo acabava quando a própria Fênix assumia o controle, destruindo até mesmo planetas a seu bel-prazer.

Imagem de capa do item

Personalidade

Durante muito tempo, Jean foi a garota inocente que, em alguns vários momentos, servia como donzela em perigo. O tempo foi passando e ela foi se tornando cada vez mais poderosa, salvando seus colegas de grandes momentos em perigo.

Após ter incorporado a Fênix, Jean passou a ser segura de si, muito poderosa e mentalmente instável, destruindo planetas e cometendo atrocidades sem sequer pensar. Porém, a mente de Jean continuava ali atrás, servindo como freio da Fênix.

Imagem de capa do item

Poderes

Inicialmente, Jean era apenas uma telecinética (apesar do primeiro poder despertado ter sido a telepatia). Com o tempo, ela acabou desenvolvendo uma forte telepatia, empatia e até poderes secundários da telecinese, como voo.

Após ter incorporado a Fênix, Jean passou a possuir uma certa imortalidade (que, como provado, não funciona muito bem), manipulação temporal e de energia, pirocinese, transporte interestelar e até mesmo domínio sobre toda a existência.

Imagem de capa do item

Inimigos

Uma pessoa tão poderosa, Jean não podia deixar de ter sua certa gama de rivais e inimigos.

Destacamos, nesse ponto, o Mestre Mental e sua filha, Madelyne Pryor (que, curiosamente, é um clone da própria Jean criada pelo Sr. Sinistro), Emma Frost e parte do Clube do Inferno.

Além disso, lembremos de Xorn, o mutante responsável pela morte "definitiva" da ruiva durante os Novos X-Men.

Imagem de capa do item

Equipes

Falar de Jean sem mencionar os X-Men é algo quase impossível. Além disso, ela já foi do X-Factor/X-Terminadores.

Jean também compôs grupos importantes no Universo Marvel, como sua brevíssima estadia no Clube do Inferno, os Doze e as Noivas de Set.

Imagem de capa do item

Fraquezas

Mesmo dotada de poderes incríveis, Jean possui algumas fraquezas potenciais.

Quando possuída pela Fênix, é muito fácil ela acabar cedendo o controle para a entidade, se tornando descontrolada e mentalmente instável.

E uma vez dada a chance, é difícil tirar a Fênix do controle, o que já levou Jean a, em um momento de lucidez, tirar a própria vida para salvar o universo.

Imagem de capa do item

Uniformes

Jean possuiu vários uniformes durante sua carreira, mas se algum merece menção é seu uniforme como Fênix... e a variante maligna.

A Fênix normal possui um uniforme verde e dourado, com uma faixa na cintura e luvas e botas. A variante maligna possui os mesmos detalhes, porém é vermelha em vez de verde.

Imagem de capa do item

Grande momento

Nada foi tão marcante para a história de Jean Grey como a Saga da Fênix Negra. No arco, iludida pelo Mestre Mental, Jean acaba fazendo parte do Clube do Inferno e se voltando contra os X-Men.

Uma vez livre de todo e qualquer controle, a Fênix Negra é libertada e comete atos hediondos, antes de Jean recuperar o controle. E então, os Sh'iar vêm a Terra para julgar Jean por seus crimes.

Isso os leva novamente ao espaço, onde Jean deve lutar ao lado dos X-Men para salvar sua própria vida. Ali, mais uma vez ela perde o controle... e na fração de segundo que consegue recuperá-la... acaba se matando.

Imagem de capa do item

Fora das HQs...

Jean fez grandes aparições em outras mídias além dos quadrinhos. De destaque, vale mencionar suas aparições nas animações dos X-Men nos anos 90, X-Men Evolution, Wolverine e os X-Men e X-Men Anime.

No cinema, a ruiva foi vivida por Famke Janssem e terá uma chance de começar de novo em X-Men Apocalypse, onde será interpretada por Sophie Turner.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux