Capa da Publicação

Arquivos Legionários: Guia básico do Capitão América

Por Gus Fiaux
Imagem de capa do item

Histórico

O Capitão América apareceu pela primeira vez em Captain America Comics #1, de março de 1941. Seus criadores são o desenhista Jack Kirby e o roteirista Joe Simon.

Já na primeira capa de sua revista, o Capitão América mostrou para o que veio, estampando um belo soco na cara de Hitler. Infelizmente, essa cena acabou não acontecendo no interior da revista, que estava mais preocupada em explorar as origens do herói e seu parceiro Bucky Barnes.

Imagem de capa do item

Alter-ego

Steven Grant "Steve" Rogers é o homem por trás da bandeira. Nascido em 4 de julho de 1920 (que patriótico!), ele era o filho de dois pobres imigrantes irlandeses.

Seus pais morreram vítimas da miséria levantada pela grande depressão americana, e Rogers viveu sozinho, tendo um grande senso artístico e utilizando isso para se sustentar, até tentar entrar no exército. Depois de ser reprovado várias vezes, ele foi selecionado para o Projeto Renascimento, responsável pela criação de super-soldados.

Imagem de capa do item

Personalidade

Sendo o maior herói do Universo Marvel, o Capitão América é um grande escoteiro, tendo sempre consciência de seus inimigos mas nunca tomando atitudes radicais demais.

Além disso, durante muito tempo (até hoje, na verdade), Steve foi visto como o "homem fora de sua época", levantando questionamentos sobre como sua filosofia e ideologia se aplicam no mundo atual.

Imagem de capa do item

Poderes

Os poderes de Steve derivam diretamente do Soro do Super-Soldado. Ele lhe deu agilidade, força, velocidade, estamina, durabilidade, sentidos e longevidade extremos.

Além disso, ele é um ágil combatente corporal, e possui um grande treino para com seu escudo, que além de defesa, ele usa para atacar.

Imagem de capa do item

Inimigos

Grande parte dos inimigos do Capitão América deriva dos fronts de batalha, seja na guerra ou em um cenário mais urbano. Assim sendo, temos o Caveira Vermelha, Zemo (pai e filho), Barão Von Strucker, Soldado Invernal, Bazuca e etc. Todos inimigos com um fundo nas guerras.

Imagem de capa do item

Equipes

A primeira grande equipe de Steve foi os Invasores, um grupo de heróis a favor da liberdade durante a Segunda Guerra Mundial. Depois de seu congelamento e resgate na era atual, ele integrou os Vingadores, inclusive liderando várias versões da equipe.

Imagem de capa do item

Fraquezas

Apesar de todas as habilidades conferidas pelo soro do super-soldado, Rogers ainda é um ser humano quase normal, podendo ser ferido com uma certa facilidade por projéteis ou golpes muito fortes.

Recentemente, entretanto, o soro do Super-Soldado foi drenado da corrente sanguínea do herói, o que o deixa ainda mais frágil.

Imagem de capa do item

Uniforme

Como símbolo americano, o Capitão América veste a bandeira dos Estados Unidos. Sempre carregado de vermelho, azul e branco e de seu escudo, que já teve algumas várias versões, o herói já até mudou de uniformes por alguns períodos. Mas isso não dura muito tempo.

Imagem de capa do item

Grande momento

Depois de um grande período heroico na Era de Ouro, o Capitão América se congelou no esquecimento porque não era mais o tipo de herói necessário para sua época. Isso, entretanto, foi revertido quando, em Avengers #4, Stan Lee recuperou o personagem, introduzindo-o no mundo moderno.

A partir dali, ele seria um membro quase fixo dos Vingadores... até que em um ano, na edição #16 da revista, ele convoca sua própria formação, uma das mais duradouras da equipe.

Imagem de capa do item

Fora das HQs

Rogers já foi retratado em inúmeras mídias ao longo dos anos. Desde episódios cinematográficos até video-games próprios, ele sempre esteve junto de quase tudo ligado ao logo Marvel.

Destacam-se duas aparições do personagem: a primeira em Os Supremos e sua continuação, adaptando um pouco mais a linha Ultimate do personagem, e a versão interpretada por Chris Evans no Universo Cinematográfico da Marvel, que trouxe um massivo e respeitado reconhecimento para o Sentinela da Liberdade.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux