Capa da Publicação

Arquivos Legionários: Guia básico da Mulher Maravilha

Por Gus Fiaux
Imagem de capa do item

Histórico

A primeira aparição da Mulher Maravilha se deu nas páginas de All-Star Comics, por William Moulton Marston e Harry G. Peter. Vale lembrar que essa é a primeira aparição da heroína da Era de Ouro, ou seja, da Terra-Dois.

Imagem de capa do item

Alter-ego

Diana é o alter-ego da Mulher Maravilha. Tendo várias origens, desde semideusa à presente aos deuses gregos, ela vem da ilha de Themyscira, a Ilha Paraíso. Tendo se encaixado no mundo normal, ela adotou o nome Diana Prince.

Imagem de capa do item

Personalidade

Diana é uma personagem com personalidade clássica de qualquer herói da Era de Ouro. Inicialmente a benfeitora a qualquer custo, encarnações mais recentes a tem mostrado como uma verdadeira guerreira.

Imagem de capa do item

Poderes

Diana tem sentidos e habilidades aumentadas pelos deuses, adquirindo força, voo, sabedoria e até mesmo empatia animal. Outras habilidades são garantidas por algumas de suas armas e amuletos, como os Braceletes e o Laço da Verdade.

Imagem de capa do item

Inimigos

Grande parte dos inimigos da Mulher Maravilha tem um pé na mesma mitologia em que ela foi criada. Nesse ponto, destaca-se Ares, o deus da Guerra.

Imagem de capa do item

Equipes

As múltiplas versões da Mulher Maravilha sempre estiveram relacionadas, de alguma forma, a algum grupo de heróis. A da Era de Ouro foi parte da Sociedade da Justiça, e suas versões seguintes marcaram as fileiras da Liga da Justiça.

Imagem de capa do item

Fraquezas

Poucas são as coisas que apresentam perigo real para a Mulher Maravilha... mas destaca-se o fato de que, durante um período, ela já foi cega.

Além disso, armas perfurantes, como balas e flechas tem uma certa vantagem sobre a heroína. Além disso, outra fraqueza imbecil criada durante a Era de Ouro dizia que ela poderia perder seus poderes temporariamente se presa por um homem.

Imagem de capa do item

Uniformes

Mesmo com origem grega, o uniforme da Mulher Maravilha sempre trouxe bastante um pouco do ideal americano, com claras alusões à bandeira norte-americana.

Imagem de capa do item

Grande Momento

Após perder os poderes e sair da Liga da Justiça, a Mulher Maravilha teve de provar seu valor e fazer 12 tarefas, cada uma arquitetada por um membro da Liga, para poder retornar à equipe. A história foi um marco na vida da heroína. Além disso, vale lembrar o run de George Pérez na história da personagem.

Imagem de capa do item

Fora das HQs

Mesmo tendo tido várias e várias adaptações na mídia ao longo dos anos, nenhuma se compara à série de TV estrelada por Lynda Carter, tendo 3 temporadas e 60 episódios de 1975 a 1979.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux