Capa da Publicação

10 vezes em que os animes enganaram o público com mortes falsas

Por Nick Narukame

Atenção: Alerta de Spoilers!

A morte de personagens queridos às vezes pode ser tão impactante quanto a de pessoas conhecidas. As tramas, quando bem construídas, conseguem construir vínculos com o espectador que conseguem machucar quando, por ventura, acabam sendo quebrados.

Na lista abaixo podemos conferir dez vezes em que animes famosos deram um susto nos fãs “matando” alguns personagens só para, episódios depois, descobrirmos que aquilo havia sido uma grande pegadinha e os envolvidos na situação estavam bem vivos, na verdade. Para deixar o leitor sob aviso: o texto abaixo contém spoilers dos seguintes animes:

  • Shingeki No Kyojin,
  • Jujutsu Kaisen,
  • Naruto,
  • Kuroshitsuji,
  • Danganrompa,
  • JoJo’s Bizarre Adventure,
  • Tokyo Ghoul,
  • Durarara!!,
  • Sailor Moon,
  • Mirai Nikki e
  • Dragon Ball.
Imagem de capa do item

Ciel Phantomhive (Kuroshitsuji)

No fim da primeira temporada de Kuroshitsuji o mangá ainda não havia sido finalizado, como não foi até hoje e a obra termina com o demônio Sebastian indo devorar a sua alma e dando a entender que havia o matado ali.

Porém, na segunda temporada, descobrimos que o garoto estava oco quando Sebastian foi requisitar o seu lanche e a alma de Ciel havia sido roubada. Depois de reavê-la, Ciel volta ao mundo dos vivos sem memórias dos últimos acontecimentos e sem se lembrar que sua vingança havia sido concluída anteriormente. Claro, isso no anime porque no mangá a história já é totalmente diferente.

Imagem de capa do item

Eren Yeager (Attack on Titan)

A última coisa que alguém está esperando enquanto se assiste um shounen é que o protagonista acabe morto, principalmente nos primeiros episódios. Mas, acontece que, em Shingeki no Kyojin, durante a primeira temporada, Eren acaba sendo comido por um titã bem na frente dos olhos de seu amigo Armin.

Isso, depois, serviu como gatilho para que o personagem despertasse seu próprio titã e se livrasse da situação em que estava, mas todos os fãs que acompanhavam o anime enquanto estava sendo lançado em 2013 ficou com o coração na boca naquele momento. Acontece que era tanta carnificina ao redor que a morte acabou sendo bem convincente.

Imagem de capa do item

Yuuji Itadori (Jujutsu Kaisen)

Em Jujutsu Kaisen acontece algo bem semelhante ao ocorrido em Attack on Titan. Durante determinado momento, Sukuna arranca o coração de Itadori e o garoto prefere morrer a deixar o controle de seu corpo permanentemente com ele.

Mas, pouco depois, há uma conversa entre os dois no plano mental, eles selam um acordo e Itadori volta a vida.

Imagem de capa do item

Gaara (Naruto)

Outra morte que pegou a todos de surpresa foi a de Gaara no início da fase Shippuden. Isso porque o personagem morreu de verdade ao ter Shukako extraído de seu corpo pelos membros da Akatsuki.

Mas, em prol de trazer o Kazekage de volta, a Vovó Chiyo realiza um jutsu que acaba trocando sua vida pela dele, o fazendo voltar ao mundo dos vivos.

Imagem de capa do item

Junko Enoshima (Danganrompa)

Junko é uma das personagens mais emblemáticas de Danganrompa, sendo mais conhecida entre os fãs de animes no geral que o próprio protagonista da obra. Portanto, muitos se surpreenderam quando a garota acabou morta já no segundo episódio do anime.

Porém, no último episódio da primeira temporada, há uma reviravolta impactante e todos descobrem que Junko está vivíssima e, na verdade, não era bem quem estavam pensando que ela fosse.

Imagem de capa do item

Muhammad Avdol (JoJo’s Bizarre Adventure)

A morte desse personagem pode ser tido como uma das maiores pegadinhas presentes em JoJo’s Bizarre Adventure. Em determinado momento da aventura dos Crusaders ele acaba morrendo em combate para que, mais para a frente, apareça vivo em uma ilha e retorne ao grupo em relativa segurança.

O problema é que quando a reta final da trama chega, Avdol morre de verdade e, assim, aquela sensação de que ele foi trazido de volta apenas para morrer de novo invade o coração dos fãs que terão de passar pelo luta mais uma vez e pelo mesmo personagem.

Imagem de capa do item

Ken Kaneki (Tokyo Ghoul)

A morte de Kaneki consegue se tornar emblemática porque ocorreu no fim de Tokyo Ghoul e, quando a sequência foi anunciada, também foi mostrado que ela seguiria os passos de um personagem novo de nome Sasaki Haise.

Porém, em pouco tempo, se descobre que o tal Sasaki era Kaneki que trabalhava agora para seus inimigos e não se lembrava de seu passado como membro da Aogiri ou da Anteiku.

Imagem de capa do item

Mika Harima (Durarara!!)

No início da primeira temporada de Durarara!! há um mistério rondando a classe onde os personagens Mikado, Kida e Anri: uma aluna, chamada Harima Mika estava desaparecida havia tempos.

Não demora muito e descobrimos que Mika, na verdade, era uma stalker que estava apaixonada por um outro aluno da mesma classe e se enfiou no quarto dele sem sua permissão e descobriu um segredo perturbador dele. Ele chega, vê a cena e, tomado pelo calor do momento, acerta a cabeça da menina contra a parede dando a entender que havia a assassinado.

Mas ela não tinha morrido de verdade. Apenas passou por uma cirurgia plástica para reconstrução facial e aproveitou a situação para se tornar mais parecida com a cabeça de Celty, objeto de adoração do garoto que ela gostava.

Imagem de capa do item

As Sailors (Sailor Moon)

O clássico anime shoujo Sailor Moon também já pegou os fãs de surpresa. Em uma cena emocionante no final da primeira temporada, Usagi e suas amigas estão enfrentando um mal extremamente poderoso. Enquanto elas se aproximavam de seu destino, acabavam ficando pelo caminho até restar apenas a protagonista.

A cena é extremamente emocionante e muitos acreditaram que as companheiras de Usagi tinham morrido de modo irreversível ao assisti-la pela primeira vez. Porém, no fim, a protagonista consegue salvar o dia e tudo volta ao normal, como se nada daquilo tivesse acontecido.

Imagem de capa do item

Minene Uryuu (Mirai Nikki)

Em Mirai Nikki também temos a nossa cota de mortes que não foram exatamente o fim para o personagem. Minene, a terrorista do grupo, destrói seu diário e morre em uma cena dramática envolvendo os fantasmas de seus pais, o que não deixava dúvidas aos espectadores de que ela havia partido dessa para melhor.

Porém, mais para a frente, Minene aparece mais uma vez, salvando o protagonista da morte e revelando que, pouco antes de morrer, o Deus daquele universo havia lhe cedido parte de seus poderes e salvado sua vida para que, assim, alguém pudesse parar Yuno de uma vez por todas.

Imagem de capa do item

Bônus: Kuririn (Dragon Ball)

Uma lista de mortes que não são exatamente mortes em animes não estaria completa sem o rei delas: Kuririn. O personagem já morreu e voltou tantas vezes em Dragon Ball que ele se tornou mais conhecido entre os fãs por suas mortes do que por seus feitos como lutador.

O personagem morre pela primeira vez durante um torneio de artes marciais no 102º episódio de Dragon Ball pelas mãos de Tamborim, segundo filho de Piccolo. Obviamente ele retornou depois e morreu novamente pelo menos umas quatro vezes.

Imagem de perfil
Nick Narukame

Graduada em Letras pela UFF, moradora do fim do mundo, escritora amadora e cosplayer sem talento. Dotada com o superpoder de fazer as piadas mais sem graça da face da terra. Se quiser alimentar, dê chocolate. || @narukamenick