Capa da Publicação

5 séries derivadas que deram certo e 5 que deram errado!

Por Raphael Martins

Tem séries são tão boas e dão tão certo que parecem que nunca vão acabar. Quando uma série assim chega ao fim, pode acontecer de o canal de TV responsável por ela queira estender sua vida por mais algum tempo, fazendo uma outra série derivada da que já era um sucesso. São os chamados Spin-Offs.

E não dá pra culpá-los. Afinal, nenhum canal quer perder sua audiência e o lucro que ela traz, certo? Vai que de repente o sucesso se repete? Não é impossível e temos muitos exemplos dessa ideia dando certo… e dando errado também. Quando não são bem executadas, essas séries derivadas acabam até manchando a original de onde vieram.

Vamos relembrar alguns desses Spin-Offs agora, as que deram e não deram certo. Simbora!

O vídeo não está mais disponível.

Deu Certo: Xena - A Princesa Guerreira

Começando pela inesquecível Xena: A Princesa Guerreira, spin-off de Hercules: The Legendary Journeys, outro seriado bem bacana e lembrado até hoje. Ela começou como vilã em Hércules, mas fez tanto sucesso que apenas meses depois já tinha uma série inteira só pra ela.

Nela, Xena e sua melhor amiga Gabrielle viviam aventuras não só na Grécia antiga, mas ao redor do mundo, desafiando deuses, enfrentando tiranos e lutando pelos indefesos. Durou 6 temporadas, quebrou recordes de audiência e mudou a maneira como as heroínas eram retratadas na TV, pavimentando o caminho para personagens femininas mais fortes e bem escritas e elevando o status da princesa guerreira a ícone feminista, posição que ostenta com orgulho até hoje.

Só lembrando que parece que vem um reboot por aí, então todo mundo torcendo!

Deu certo: Angel

Angel, o personagem mais popular de Buffy: A Caça Vampiros depois dela própria, foi embora na terceira temporada, se mudando pra Los Angeles em busca de redenção, o que foi a desculpa perfeita pra fazerem uma série-solo do vampiro com alma.

Em sua própria série, Angel abre uma agência de detetives particulares, e junto com seus amigos Doyle, Cordelia e Wesley, luta contra demônios, outros vampiros e todo tipo de criatura do mal para ajudar os inocentes e salvar a alma daqueles que perderam seu caminho.

Durante cinco temporadas vemos Angel angustiado, tentando compensar por seu passado maligno ao ajudar as pessoas, mortes de personagens importantes, a chegada de novos aliados e o retorno de rostos bastante conhecidos da série que lhe deu origem, como Spike e a própria Buffy. Infelizmente nunca ganhou uma sexta temporada, mas continuou nos quadrinhos.

Deu certo: Torchwood

Às vezes, uma série não precisa necessariamente acabar para ganhar um derivado. Doctor Who, por exemplo, que está aí há mais de 50 anos sem sinal de cansaço, deu origem a Torchwood.

Estrelada pelo capitão Jack Harkness, um ex-agente do tempo imortal e um dos melhores amigos do Doutor, o a série mostra as desventuras da organização Torchwood, um antigo serviço secreto do governo britânico, criado pela rainha Vitória, dedicado a lutar contra ameaças alienígenas, mostrado pela primeira vez na 2ª temporada de Doctor Who.

Na série solo, a organização é reformulada por Jack, funcionando como um pequeno grupo de especialistas no desconhecido para proteger a Terra. É uma série bem mais pesada, sangrenta e Sexy que a série que a originou, tocando em temas polêmicos e com muitas cenas inadequadas pra menores de 18. Durou quatro temporadas e embora nunca tenha sido cancelada oficialmente pela BBC, segue em hiato desde 2011. Uma pena.

Deu certo: The Cleveland Show

Em sua própria série, o Cleveland, um dos melhores amigos de Peter Griffin, sai de Quahog e se muda com a sua nova família para Stoolbend, onde arranja um novo emprego, conhece novos amigos e se mete em todo tipo de situação constrangedora e engraçada.

Entre os novos personagens estão Donna, a esposa, Roberta, a filha adolescente, e Rallo, irmãozinho de Roberta, que é tipo um Stewie mais malandro e saidinho. Diferente de Family Guy, que tem a maioria de suas piadas baseadas em referências à cultura pop e flashbacks, The Cleveland Show tira muita onda com o racismo, o preconceito e o estilo de vida americano.

Foi cancelada depois de quatro temporadas, o que não significou exatamente o fim das aventuras de Cleveland, já que ele volta pra Quahog de mala e cuia e continua se metendo em roubadas por lá.

Deu certo: The Flash

Pode parecer estranho essa série estar por aqui, mas sim, ela é um Spin-Off. Barry Allen apareceu ainda sem poderes em um dos episódios da segunda temporada de Arrow, onde usou suas habilidades como CSI para ajudar Oliver Queen e seu time a resolver um crime. No final desse episódio, Barry volta a Central City, bem a tempo de ser atingido por um raio depois que o acelerador de partículas do Dr. Harrison Wells explode.

Ao ganhar sua própria série, The Flash expandiu o universo DC na TV, que a partir daquele momento ficou conhecido como Arrowverso. Foi o primeiro passo para um mundo muito maior, com mais heróis, mais séries e todo um multiverso a ser explorado.

Deu errado: Joey

Quem não teve a mesma sorte que os já citados anteriormente foi o Joey, um dos personagens mais amados de Friends, que teve um show pra chamar de seu quando a série dos amigos acabou.

Aqui, Joey sai do apartamento que rachava com Chandler em Nova York e vai pra Los Angeles, com o objetivo de realizar o sonho de ser uma estrela de cinema. Ele passa a morar com a irmã Gina e o sobrinho Michael, e junto com sua agente Bobbi e seus novos amigos Alex, Zach e Howard, vive novas aventuras e confusões.

Até que tinha seus méritos, mas a descaracterização do personagem, que deixava a troca da equipe de produção de Friends cada vez mais evidente, e as inevitáveis comparações com a série de origem, se refletiram na audiência, o que fez com que Joey fosse cancelada na segunda temporada, totalizando 48 episódios.

Deu errado: Ravenswood

Já se preparando para o final de Pretty Little Liars, o canal ABC Family decidiu "esticar" o universo de sua série mais assistida, e após o episódio de halloween, lançaram Ravenswood, em 2013.

A série ocorre em paralelo a quarta temporada de Pretty Little Liars e acompanha o personagem Caleb Rivers, que se muda para a cidade de Ravenswood, aparentemente tranquila. Lá, seu destino será entrelaçado ao de mais quatro jovens, que juntos devem quebrar a maldição que paira sobre a cidade há séculos.

Não deu muito certo, sendo cancelada depois de apenas 10 episódios.

Deu errado: The Lone Gunman

Que Arquivo X é um dos maiores sucessos da história da televisão mundial, isso ninguém duvida. Mas até mesmo uma série como essa passa por seus maus momentos. Quando a audiência estava começando a dar uma esfriada, já perto de seu final, Chris Carter, o criador da série, resolveu produzir um novo show para expandir o mundo de Arquivo X na TV.

Tal série era inteiramente focada nos Pistoleiros Solitários, um trio de nerds teóricos da conspiração que colaboravam com os agentes Mulder e Scully de tempos em tempos em Arquivo X. Foi bastante elogiada pela crítica, mas a baixa audiência fez com que a Fox cancelasse a série após 13 episódios.

Alguns personagens de Arquivo X também aparecem nessa série, como Walter Skinner e o próprio Fox Mulder.

Deu errado: That '80s Show

Chegando a marca de 8 temporadas, That '70s Show segue sendo lembrada como um dos maiores sucessos da história recente da Fox, que parece ter se empolgado e lançou um Spin-Off quando a série ainda estava em seu auge.

That '80s Show rolou quando a série original estava em sua quarta temporada, mas parece ter sido um tiro que saiu pela culatra. Seguindo a mesma premissa de That '70s Show, só mudando a década, o seriado falhou em conquistar seu próprio público e logo foi cancelado depois de uma temporada.

Deu errado: 24 - Legacy

Com a intenção de dar nova uma nova vida à série 24 Horas na TV, a Fox estreou 24: Legacy em 2017 com pompa e circunstância, no mesmo dia do Super Bowl daquele ano, sendo exibida um pouco antes do grande e tradicional evento esportivo americano.

Nela, saía o icônico Jack Bauer e entrava Eric Carter, um veterano de guerra que volta aos Estados Unidos para impedir uma série de ataques terroristas em solo americano com a ajuda da UCT . Assim como em 24 Horas, o derivado tem sua história contada em tempo real. Quanto a participações especiais, não espere Chloe O'Brian ou Jack Bauer aqui: o único personagem da série original a voltar é Tony Almeida e olhe lá.

A audiência foi muito boa no primeiro episódio, mas havia caído vertiginosamente no decorrer da temporada, atingindo o fundo do poço com o 12º e último capítulo. Não foi renovada e nem vai ser.

Imagem de perfil
Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael