Capa da Publicação

5 coincidências e 5 divergências do filme Contágio com a atual pandemia

Por Evandro Lira

Recentemente, o filme Contágio de Steven Soderbergh, lançado em 2011, tem recebido bastante atenção da mídia e dos fãs de cinema pelo mundo. O motivo, é claro, é a busca por paralelos entre a ficção e a nossa realidade, que enfrenta atualmente uma das maiores pandemias dos últimos tempos.

O longa estrelado por Gwyneth Paltrow, Matt Damon, Kate Winslet, Marion Cotillard e Bryan Cranston gira em torno de um vírus fictício, o MEV-1, que mata milhões de pessoas ao redor do mundo, causando um verdadeiro caos social. A obra reflete de muitas maneiras o atual cenário global, com algumas semelhanças bizarras e curiosas, mas também com diferenças com certeza nos deixam mais aliviados.

Nesta lista, você vai conferir quais as principais semelhanças e diferenças entre Contágio e a crise do coronavírus:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Bacharel em Cinema e Audiovisual, potterhead das antiga, filho dos filhos do átomo, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira