Capa da Publicação

30 Easter eggs, referências e piadas internas em Homem-Formiga!

Por Gus Fiaux

Fonte: What Culture

Imagem de capa do item

O logo da Marvel

Como uma celebração especial para o personagem e seus poderes, a Marvel introduziu um logotipo diferenciado no início do filme.

Ele não apenas diminui, como também é invadido por um exército de formigas.

Imagem de capa do item

Mitch Carson e as cenas em flashback

O filme é iniciado com um prólogo em flashback, situado em 1989, que introduz um Hank Pym mais novo (e com um rejuvenescimento digital incrível em Michael Douglas). O personagem tem um encontro nada amigável com Howard Stark, Peggy Carter e Mitch Carson, no recém construído Triskelion.

Nos quadrinhos, Mitch Carson era um agente de alto escalão da SHIELD que iria, originalmente, trajar o uniforme do Homem-Formiga, antes de Eric O'Grady roubá-lo. Aqui, o personagem é parte de uma certa organização conhecida...

Imagem de capa do item

Vista

No filme, é dito que Scott Lang foi preso ao hackear e redistribuir os bens roubados por seu chefe na empresa VistaCorp.

Segundo alguns, essa seria uma pequena referência a Vista Verde, o local onde o Hulk nasceu. Mas não é a única referência ao Gigante Esmeralda no filme...

Imagem de capa do item

Pingo Doce

Em um certo momento do filme, é possível ver uma propaganda para Pingo Doce, uma bebida brasileira em cuja fábrica Bruce Banner acabou trabalhando em O Incrível Hulk.

Imagem de capa do item

O número de Scott

Alguns números no filme PODEM ser vistos como referências para os quadrinhos. Por exemplo, na prisão, o número 56210 lembra muito o dia em que foi lançada a primeira aparição do Homem-Formiga, isto é, 10 de janeiro de 1962.

Além disso, a formiga #247 (ou Anthony) também pode trazer um segredo em seu número de identificação: os números 27 (a primeira edição de Tales to Astonish protagonizada por Hank Pym) e 47 (a edição de estreia de Scott Lang em Marvel Premier)

Imagem de capa do item

A identidade falsa de Scott Lang

Quando Scott Lang é solto, ele tenta arranjar um emprego na Baskin Robbins, com o nome falso de Jack. Há duas referências possíveis aqui, a primeira sendo sobre o nome do co-criador do Homem-Formiga, Jack Kirby.

Outra possível e mais obscura referência tem a ver com o herói Jack of Hearts (Valete de Copas), "responsável" pela morte de Scott durante a saga A Queda.

Imagem de capa do item

O Hotel Milgron

O hotel para o qual Scott retorna ao perder seu emprego é nomeado com base em outro criador da Marvel, Al Milgron.

Ele foi responsável por títulos como Marvel Fanfare, West Coast Avengers e Spectacular Spider-Man.

Imagem de capa do item

"Um conto para assombrar"

Ainda no início do filme, Darren Cross faz seu discurso de vilão maligno ao convidar Pym e uma variedade de investidores para ver o traje do Jaqueta Amarela.

E tudo começa mostrando fotos do Homem-Formiga no passado. Ao fazer seu discurso, Cross fala que por muito tempo aquilo foi um conto para assombra (ou "A tale to astonish"), uma clara referência à revista onde o personagem foi criado.

Imagem de capa do item

Referência aos 10 anéis

Em uma das fotos mostradas por Cross, vemos o Homem-Formiga atacando um prédio, e no mesmo prédio vemos uma bandeira dos dez anéis.

Estariam Howard Stark e Hank Pym enfrentando o verdadeiro Mandarim anos antes de um impostor ter tomado seu lugar?

E não para por aí!

Imagem de capa do item

Tatuagem

Quando Luis conta sua primeira e impossível história a respeito das conexões para invadir a casa de Pym, em dado ponto vemos Carlos, um brutamonte com o qual ele dividiu cela na prisão.

Em um dado momento, é bem reconhecível o símbolo dos dez anéis em uma tatuagem em seu pescoço.

Imagem de capa do item

Homem de Ferro e os Vingadores

Em alguns momentos, temos referências verbais aos Vingadores e a Tony Stark, e isso é visto essencialmente no trailer. Quando Scott diz que eles deviam chamar os Vingadores, Pym revela que "eles estão mais preocupados derrubando cidades do céu".

Outra referência interessante é uma breve menção a Tony Stark.

Imagem de capa do item

O Bentley em uma piscina

Em um momento, Luis conta toda a história criminosa de Lang, e revela que ele dirigiu um Bentley para dentro de uma piscina.

Essa é uma piadinha com o baterista do The Who, Keith Moon, famoso por histórias exageradas, inclusive, sobre um Rolls Royce numa piscina.

Imagem de capa do item

La Cucaracha

Uma piada bem estereotípica com latinos, a buzina de Luis nada mais é do que uma versão da popular música La Cucaracha.

Imagem de capa do item

Star Wars

Como revelado por Kevin Feige, os filmes da Fase 2 da Marvel procuraram fazer uma ponte com o Império Contra-Ataca - a perda do braço de um personagem - e Homem-Formiga continua nessa leva, com o braço do Jaqueta Amarela implodindo no clímax do filme.

Além disso, todo o plano de roubo e destruição lembram bastante o que vimos em Uma Nova Esperança.

Imagem de capa do item

Prova de fog... água

A cena em que Lang usa o traje do Homem-Formiga pela primeira vez traz uma referência a revista Marvel Presents #11, na qual Cassie deixa um anel cair na pia, e quando Scott tenta recuperá-lo, a pequena acaba ligando a torneira.

Seu pai então é afogado e sofre até mesmo um ataque de rato similar ao do filme.

Imagem de capa do item

"O filho que eu nunca tive"

Num momento, quando Pym está falando com Darren Cross, ele se refere à Cross como o filho que ele nunca teve.

Isso poderia ser uma referência ao fato que Pym TEVE um filho num dos universos das HQs. Henry Pym Jr. foi produto de sua relação com Janet Van Dyne ― ele é, na verdade, o irmão gêmeo de Hope no arco A-Next no qual ela lidera os Retaliadores contra os Vingadores.

Imagem de capa do item

Titanic

Durante o assalto à casa de Hank Pym para por as mãos no tesouro prometido pelo infiltrado de Luis, Scott Lang descobre que o cofre foi construído pela mesma empresa que construiu o casco do Titanic, provendo um desafio.

Isso leva a um comentário do Luis sobre o filme Ttanic, no qual ele lamenta a morte de todos, menos a velhinha; em seguida, tanto a história quanto a estória do Titanic explicam como Scott abriu o cofre: o casco do Titanic foi fraturado, pois o aço era frágil; e o impacto do iceberg foi agravado quando uma fissura abriu no aço. Naturalmente, Scott congela o mecanismo interno para que o gelo se expanda e a porta quebre de maneira similar ao navio.

Imagem de capa do item

Disney

Existem algumas referências à Disney no filme. A mais obscura, e provavelmente menos pertinente, pode ser encontrada no quarto da Cassie, onde um brinquedo de pelúcia do Linguado (Pequena Sereia) pode ser visto em uma de suas prateleiras.

Outra referência é quando Luis está tentando se disfarçar dentro da Cross Technological Enterprises. Para parecer “natural” ele começa a assoviar. Para os fãs com sentidos de águia, será mais fácil reconhecer que Luis está assoviando o tema não-oficial da Disney, “It’s a Small World”.

Imagem de capa do item

Piadas musicais

Também há algumas piadas musicais. A mais óbvia é quando o Homem-Formiga e o Jaqueta Amarela estão lutando dentro de uma maleta, encolhidos, e acidentalmente ligam o reconhecimento vocal no iPhone do Cross, que reconhece um pedaço da conversa deles no qual falam sobre desintegração e põe para tocar “Disintegration” pelo The Cure.

Curiosamente a música foi lançada em 1989, mesmo ano que Hank Pym saiu da SHIELD e engavetou sua tecnologia. A segunda é mais sutil e difícil de encontrar, pois está na trilha sonora, com uma música do Adam and the Ants, e no acompanhamento sonoro que inclui a faixa “Honey, I Shrunk Myself”

Imagem de capa do item

Falcão

No segredo mais mal-guardado de todo o filme, o Falcão aparece quando Scott Lang é enviado para recuperar uma tecnologia da antiga base da SHIELD (que acaba sendo a nova instalação dos Vingadores).

Ele e o Falcão lutam de uma forma que faz o Vingador parecer bem ridículo, dado que o treinamento de Lang nem estava completo. Incidentemente as roupas dele são as mesmas vistas em Era de Ultron, com referências distintas a armadura de combate do Capitão América.

Imagem de capa do item

Thomas

Thomas de “Thomas e seus amigos” também fez graça em cameos hilárias na luta entre Scott Lang e o Jaqueta Amarela, na casa da ex-esposa de Lang. A luta acontece numa “linha ferroviária” de brinquedo, numa perspectiva que a torne uma sequência dramática.

Outro momento hilário é quando o Thomas é acidentalmente aumentado a seu tamanho “normal” e acaba saindo pelo teto da casa.

Imagem de capa do item

Microverso

Infelizmente a Marvel ainda não recuperou os direitos do Quarteto Fantástico, por isso não puderam refazer o Microverso em sua totalidade.

Contudo, graças à uma renomeação, a versão do MCU introduziu-o como o Reino Quântico, onde Janet Van Dyne acaba numa armadilha sem fim, o qual Scott Lang visita rapidamente. De acordo com Peyton Reed, realmente existe um grande easter Egg escondido nessa sequência.

Imagem de capa do item

Mais do que um roubo

Há piadas auto referenciais no filme, quando Scott menciona que “foi sempre mais que um roubo”. Durante a produção de Homem-Formiga, alguns comentários foram surgindo sobre o tom do filme ― que após a saída de Edgar Wright, aparentava ser um filme de assalto.

Outro momento é quando, nos primeiros trailers, se humorizava “será que é tarde demais para trocar o nome?”, referenciando tanto a mudança na produção e os problemas, quanto as mudanças de nome de Hank Pym nas HQs.

Imagem de capa do item

Corte uma cabeça...

Um dos easter eggs mais curiosos revela que a HIDRA ainda está viva e operante, mesmo tendo tido sua cabeça cortada da SHIELD e tendo diversas missões dos Vingadores para destruir suas bases.

Acontece é que alguns personagens da HIDRA são compradores da tecnologia para o Jaqueta Amarela. Mesmo fora dos mapas, surgem algumas questões como: onde estão residindo? Quem os lidera? E quem foi o espião que informou Cross do ataque do Homem-Formiga na sua empresa?

Imagem de capa do item

Tanque 153

Em um determinado momento, Hank e sua filha escapam do prédio prestes a explodir, graças a um tanque em miniatura que Hank aumenta com seus discos azuis.

É uma referência legal ao Pym dos quadrinhos, que costumava carregar consigo versões miniaturizadas de objetos do seu laboratório.

Imagem de capa do item

A aparição de Stan Lee

Mais uma vez, Stan Lee está presente para uma rápida aparição, que se dá nos momentos finais do filme. Como em algumas recentes aparições, a piada da vez tem a ver com álcool.

No momento em que Luis conta sua segunda história para Scott, vemos o bom velhinho como garçom em um bar.

Imagem de capa do item

Monica Chang

Sabem a jornalista mencionada na história de Luis? Então, alguns fãs teorizam que ela possa ser Monica Chang. Nos quadrinhos, ela era uma soldado que acabou tendo ligações com o Capitão América e os Vingadores (isso explicaria o contato com o Falcão).

A outra ideia é que ela seja Betty Brant, a jornalista do Clarim Diário, o que tem a ver diretamente com...

Imagem de capa do item

Menção ao Homem-Aranha

Em um momento, a jornalista fala sobre um "cara que pula, um que balança, um que escala paredes..."

Essa seria uma clara referência a ninguém menos que o amigão da vizinhança. Entretanto, segundo Kevin Feige, essa frase estaria inserida no roteiro antes mesmo do acordo ser fechado entre a Marvel e a Sony.

Imagem de capa do item

Aparição da Vespa

Em um certo momento do filme, podemos ver Hank Pym em plena ação ao lado de sua esposa, Janet Van Dyne, também conhecida como Vespa. O próprio uniforme da personagem é uma clara reconstrução do uniforme dos quadrinhos, seguindo o mesmo estilo do uniforme de Pym.

Além disso, no final do filme, vemos que Hank tem desenvolvido secretamente um traje para Hope, que por sua vez se assemelha a trajes mais contemporâneos da personagem.

Imagem de capa do item

Bucky está de volta

Na última cena após os créditos, Steve e o Falcão descobrem Bucky Barnes preso e abandonado no que parece ser uma sede da HIDRA. Há algumas menções a Tony Stark e o Falcão fala que conhece um cara que pode ajudá-los, possivelmente Scott Lang.

A cena é um pouco confusa, e deve acabar parando no corte final de Capitão América: Guerra Civil.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux