17 Easter eggs e referencias no novo filme do Quarteto Fantástico!

Capa da Publicação

17 Easter eggs e referencias no novo filme do Quarteto Fantástico!

Por Felipe de Lima

Fonte: WC

Imagem de capa do item

A logo especial da FOX

Todos os filmes dos X-Men feitos pela Fox possuem uma breve referencia quando a logo do estúdio aparece em tela, colocando o 'X' em evidencia pouco antes da imagem desvanecer.

O novo Quarteto Fantástico empresta esse truque e coloca o 'F' ao invés do 'X'. Vale lembrar que nenhum dos filmes anteriores da primeira super equipe da Marvel fez isso.

Imagem de capa do item

O ano em que o filme começa

O novo filme baseado no Quarteto Fantástico começa no ano de 2007, mostrando a infância e o início da amizade entre Ben Grimm e Reed Richards.

2007 foi o ano de lançamento do último filme da equipe: Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado.

Imagem de capa do item

Terra para Richards

Uma das grandes mudanças na nova versão cinematográfica do Quarteto Fantástico é mostrar a origem de maneira diferente da original. Ao invés de receberem os poderes por raios espaciais, as habilidade da equipe são vindouras da Zona Negativa - que no filme se chama Planeta Zero.

A origem original é homenageada no início do filme quando o professor interpretado por Dan Castellaneta chama a atenção do pequeno Reed na sala de aula dizendo: "Terra para Richards", uma referência à primeira aventura espacial do Quarteto nos quadrinhos.

Imagem de capa do item

O Carro Voador

Nos 53 anos do Quarteto Fantástico, a equipe já teve alguns gadgets muito loucos, mas nenhum foi tão onipresente quanto o Fantasticarro. Ele não aparece no filme, mas é referenciado.

Quando Reed é questionado sobre se ainda está tentando fazer um carro voador, ele responde: "Eu não estou trabalhando mais nisso".

Imagem de capa do item

Edifício Baxter

Nos quadrinhos, o Quarteto Fantástico vive no Edifício Baxter, um prédio futurista cheio de equipamentos no centro de Manhattan. Isso foi alterado um pouco pela linha Ultimate, e ainda mais pelo novo filme.

Baxter agora é o nome do instituto do qual Reed e Sue participaram. O edifício do filme serve, na verdade, como um centro de ciências aplicadas.

Imagem de capa do item

Toupeira

Durante a produção do novo Quarteto, Tim Blake Nelson foi escalado como o Dr. Harvey Allen, um dos grandes apoiadores do Instituto Baxter.

Harvey Allen é uma referencia ao vilão Toupeira, que nos quadrinhos se chama Harvey Elder.

Imagem de capa do item

Latveria

O universo na Marvel é recheado de países fictícios. Nós tivemos Sokovia e Wakanda em Vingadores: Era de Ultron, por exemplo.

Contudo, o novo Quarteto Fantástico faz referencia a outro lugar dos quadrinhos, o local de nascimento do Dr. Destino: A Latveria.

Imagem de capa do item

Victor Domashev: O blogueiro!

As primeiras versões do roteiro de Quarteto Fantástico traziam o Dr. Destino com o nome de Victor Domashev, um "blogueiro e programador anti-social". Mas isso acabou mudando e o nome original do personagem foi inserido.

Contudo, a tendência anti-social do personagem foi mantida, o que fica muito claro quando o Dr. Storm o visita em seu covil.

Imagem de capa do item

Dr. Destino

Vários dos nomes dados aos personagens nos quadrinhos são um tanto antiquados e precisam de uma reformulação na hora de serem adaptados para o cinema.

Quarteto Fantástico não se abstém disso, e Sue brinca com a alcunha de Victor chamando-o de Doutor Destino.

Imagem de capa do item

Flor de fogo do Mario

Quando somos apresentados ao Johnny Storm ele está participando de uma corrida de rua que termina em um acidente. Este momento contém um dos easter eggs mais legais do filme.

Pendurado em seu espelho retrovisor há uma Flor de Fogo - uma flor presente nos jogos do Super Mario que se transformam de maneira semelhante ao Tocha Humana.

Imagem de capa do item

Guerra Civil

O Quarteto Fantástico existe em seu próprio universo, mas isso não quer dizer que não pode fazer referências a outras franquias dos quadrinhos. Na verdade, o filme possui uma referência à Guerra Civil quando os cientistas são confrontados pelos militares sobre como usar a Zona Negativa para fins nefastos. Victor fica com raiva e zomba dos militares perguntando se eles vão estar enviando presos políticos para a dimensão alternativa.

Curiosamente, é exatamente isso que Reed Richards e Tony Stark fazem com aqueles que se opõem abertamente à Lei de Registro dos Super-heróis nos quadrinhos de Guerra Civil.

Imagem de capa do item

O nome do Planeta Zero

O local pra onde o teleportador de Reed leva é chamado de Planeta Zero. Não existe base nos quadrinhos para esse nome, mas ele serve como referencia.

Quando é explicada a ligação entre as duas terras, o Planeta Zero é descrito como o negativo para o positivo da Terra na qual os personagem vivem.

Imagem de capa do item

Não existe mais Victor, apenas Destino

Esta frase dita pelo vilão no "clímax" do filme é uma referencia ao momento do filme Caça-Fantasmas, quando a personagem de Dana Barrett diz: "Não existe mais Dana, apenas Zuul.".

Imagem de capa do item

É hora do pau!

A frase icônica do Coisa é dita em apenas dois momentos do filme. O primeiro é quando o irmão mais velho de Ben vai bater nele, e a segunda é quando o Ben adulto luta contra o Destino.

Imagem de capa do item

Central City

Ao final do filme, o Quarteto ganha sua própria base de operações chamada de Central City.

Nos quadrinhos, Central City o local de nascença de Reed Richards, e também é de onde partiu a missão que deu os poderes à equipe.

Imagem de capa do item

Franklin Storm

Embora a nova base seja chamada de Central City, o Quarteto tem carta branca para mudar o nome, se assim o desejarem.

Uma ideia que é para que honrem Franklin. Contudo, essa ideia logo é engavetada quando Sue diz que seu pai não gostaria disso. Nos quadrinhos, a Mulher-Invisível homenageia seu pai dando o nome de Franklin ao seu filho com Reed.

Imagem de capa do item

Sem Stan Lee ou cenas pós-créditos

Infelizmente o filme não conta com uma participação de Stan Lee, mas podemos ficar felizes pois ele estará presente em fevereiro no filme do Deadpool.

Além disso, o filme não conta com cenas pós-créditos, portanto pode ir pra casa e deixar o pessoal da limpeza trabalhar em paz.

Imagem de perfil
Felipe de Lima

Pelo poder da verdade, eu, enquanto vivo, conquistei o universo. Me segue no twitter @tearsgodown