Capa da Publicação

10 Vilões mais fortes das histórias em quadrinhos!

Por Mike Sant'Anna

Os quadrinhos já nos trouxeram personagens muito poderosos ao longo dos anos, heróis maravilhosos e de poderes inimagináveis, mas o mal também pode ser muito poderoso. Então trouxemos alguns dos mais incrivelmente poderosos vilões das histórias em quadrinhos.

Imagem de capa do item

Thanos

Começando pelo representante do mais recente filme de quadrinhos, que fez todo mundo ficar de olhos arregalados em Guerra Infinita.

Thanos é muito mais poderoso do que simplesmente o portador das Joias do Infinito. Mesmo sem elas, ele possui habilidades físicas comparáveis ao Hulk, um intelecto invejável e é o imperador de um exército inigualável.

Mas pra piorar a história toda, eventualmente ele está metido com alguma Joia do Infinito, o que aumenta muito mais o seu poder.

Imagem de capa do item

Galactus

Continuando nos seres cósmicos da Marvel, temos o Devorador de Planetas, Galactus é praticamente uma divindade para o universo Marvel.

Tendo a totalidade de seus poderes nunca verdadeiramente sido explorada, Galactus utiliza seu incomensurável poder cósmico para vários fins, entre eles: é capaz de mudar a realidade conforme sua vontade em escala cósmica; transmutar qualquer coisa que desejar; teletransportar objetos e pessoas; já foi capaz de teletransportar até mesmo galáxias inteiras; sente todo o espectro eletromagnético; possui consciência cósmica; pode curar e conceder a outros seres seus poderes; pode ressuscitar os mortos, recriar mundos inteiros, criar buracos negros e outros corpos cósmicos e portais interdimensionais; realiza projeção astral; pode se mover a velocidades superiores ao da luz que é a chamada velocidade de dobra; pode manipular a gravidade, telecinesia ilimitada, teletransporte, manipulação de matéria e energia em escala subatômica; cria campos de força, a manipula almas mortais; força em escala divina, sendo capaz de erguer mundos inteiros de uma só vez; volta no tempo e etc.

Imagem de capa do item

Darkseid

Chegando na DC Comics, nós temos o governante de Apokolips, Darkseid. Ele sempre é considerado uma das maiores ameaças da DC, nunca podendo ser ignorado ou subestimado.

No que se refere aos seus poderes, é praticamente o que já foi dito sobre Thanos, com a diferença do famoso Raio Ômega que ele dispara pelos olhos, podendo sub-atomizar completamente o seu alvo, caso queira.

Imagem de capa do item

Superboy Prime

Superman é definitivamente um dos personagens mais poderosos dos quadrinhos, isso é um fato,. Mas e quando uma versão do personagem se torna um vilão? Nós temos a versão do Superman em Injustice, temos o Ultraman na Terra 3, mas sem sombra de dúvidas eles ainda ficam atrás quando comparamos com Superboy Prime.

O vilão é uma versão do Superman que veio de uma terra paralela conhecida como Terra-Prime, em que o Superman e os outros super-heróis da DC Comics , existem somente como personagens fictícios. Não podendo se separar de sua vida antiga e seu destino "perdido" como maior herói da Terra, suas convicções e valores morais se deturparam por anos de solidão numa dimensão "paradisíaca".

Ele já foi capaz de destruir as paredes que separam as realidades alternativas na base do soco.

Imagem de capa do item

Vácuo

Vamos continuar falando de versões malignas de heróis? Bem, nosso próximo competidor é uma personalidade maléfica de uma das criaturas mais poderosas de toda Marvel, O Sentinela.

O herói possui um grande defeito, que sempre o impede de agir mais do que queria, criado à partir dos traumas do personagem. O Vácuo é uma personalidade completamente separada, se manifestando até mesmo com uma aparência completamente diferente.

Quanto aos seus poderes, eles são os mesmos poderes inimagináveis do Sentinela, mas completamente livres das amarras morais do herói.

Imagem de capa do item

Massacre

Outro vilão que acabou sendo originado de outros personagens, Massacre foi responsável por uma saga inteira na Marvel.

O Massacre nada mais é que uma entidade psíquica que carrega traços da personalidade do Professor X e de Magneto. Isso é amplamente difundido no seus poderes, que englobam um misto das habilidades dos dois mutantes, bem como outros dons manifestados.

A entidade matou praticamente todos os heróis Marvel que cruzaram o seu caminho.

Imagem de capa do item

Imperiex-Prime

O personagem, por definição, carrega a força do Big Bang dentro de seu corpo, e seu maior objetivo é de fato destruir todo o universo para que ele possa recriá-lo corretamente, usando o poder que carrega dentro de seu corpo.

Quando ele chegou à Terra, foi preciso uma aliança entre Mongul, Superman, e muitos heróis DC e ainda assim eles só venceram, quando mandaram o vilão para o início dos tempos, onde curiosamente ele foi morto pelo Big Bang.

Imagem de capa do item

Anti-Monitor

O grande vilão da saga Crise nas Infinitas Terras, o Anti-Monitor parece não conhecer limites para seus poderes. Ele foi capaz de praticamente matar a Supergirl, com apenas uma rajada, enfrentou o Espectro e derrotou-o.

A mera presença do vilão já requer que todo o universo da DC esteja em prontidão para tentar derrotá-lo.

Imagem de capa do item

Beyonder

E por falar em seres que manipulam realidades alternativas, é curioso trazer o Beyonder para essa lista, porque ele não é bem um vilão, mas quando uma criatura com a imensidão de seus poderes resolve eventualmente "se divertir" às custas do universo, ele vira um vilão.

Ele é considerado a terceira criatura mais poderosa da Marvel, considerando até mesmo o One Above All (que é o primeiro). Seus poderes são basicamente ilimitados, ele praticamente pode realmente fazer o que quiser.

Imagem de capa do item

Doomsday

Para finalizar a lista, vamos falar do vilão que de fato matou o maior herói da DC Comics. Doomsday é uma criatura um tanto quanto peculiar, porque ele possui essa habilidade inata, que o faz ser capaz de voltar à vida mais poderoso do que aquilo que o matou.

Então, eventualmente, ele acaba sendo a arma perfeita para derrotar qualquer coisa.

Imagem de perfil
Mike Sant'Anna

Eu sou o melhor no que eu faço, mas o que eu faço... É bem retardado.