Capa da Publicação

10 pontos fracos mais bizarros dos super-heróis!

Por Márcio Jangarélli

Assim, reunimos aqui os 10 pontos fracos mais bizarros dos super-heróis! Nem só de kriptonitas e capacetes anti-telepatia sobrevivem os quadrinhos. Alguns heróis não aguentam uma simples ripa de madeira ou poluição. Pois é.

Imagem de capa do item

Lanternas Verdes vs Amarelo

Essa vale para toda a tropa. Os Lanternas Verdes eram fracos contra a luz e a cor amarela, onde seu poder não surtia efeito. O problema era causado por conta do demônio do Medo, o Parallax, estar escondido na fonte original dos poderes dos Lanternas Verdes. Depois da saga onde Hal Jordan se torna o Parallax, o problema foi resolvido.

Imagem de capa do item

Marcianos e o Fogo

Não é tão bizarro assim, quando se considera toda a situação, mas lembrando que para nós, terrenos, Marte é o planeta que representa o fogo, é no mínimo caricata a fraqueza do Caçador de Marte. Nas primeiras histórias, o fogo era um inimigo natural dos Marcianos, porém, no pós-Novos 52, o fogo equivale mais ao trauma de J’onn J’onzz da dizimação de sua raça.

Imagem de capa do item

Mulher-Maravilha de mãos atadas

Talvez a mais bizarra de todas as fraquezas, a Mulher-Maravilha perdia seus poderes quando tinha suas mãos amarradas por um homem. Isso é decorrente da primeira origem da heroína e é uma das ideias mais fracas da história dos quadrinhos, considerando todo o ideal e construção feminista por detrás da personagem.

Imagem de capa do item

Thor e o Mjölnir

E a vida não era tão fácil assim para os deuses nos quadrinhos mais antigos. O Thor, em suas primeiras aventuras, não podia ficar mais que 1 minuto longe de Mjölnir ou se transformaria em humano. Essa ideia é esquisita, mas, ao mesmo tempo, interessante, visto a associação entre o martelo e formatos fálicos, indicando que, se longe de sua poderosa Mjölnir por muito tempo, o Thor perderia toda sua masculinidade divina, voltando a ser um homem comum.

Imagem de capa do item

Venom em chamas

Nem na Marvel os aliens se dão bem com fogo. O Venom (e toda sua espécie), por mais que pareçam indestrutíveis, são fracos contra as chamas. Ainda, o Venom também é fraco contra raios sônicos.

Imagem de capa do item

Poderosa e a natureza

Como a Poderosa não possui sua própria kriptonita, alguma fraqueza secreta devia existir. Na verdade, a Kara Danvers da Terra-2 é vulnerável a elementos naturais da Terra. Exatamente. Qualquer material natural não processado. A lista é grande, mas, para exemplificar: madeira, água, pedras, etc.

Imagem de capa do item

Thanos autodestrutivo

E o Thanos da depressão? Ele não é um herói, mas a coisa é tão legal que merece entrar pra lista. A ideia da fraqueza do Titã Louco é de que ele sempre constrói seus planos tentando ser derrotado, quando seu maior desejo realmente é morrer para ficar ao lado de sua amada Lady Death, a personificação da Morte no universo Marvel.

Imagem de capa do item

SHAZAM!

Ainda, temos o Capitão Marvel Jr. da DC, que não pode dizer seu próprio nome alto ou volta ao seu estado sem poderes. Por mais poderoso que seja, o Shazam (além do Adão Negro) sempre carrega esse estigma.

Imagem de capa do item

Alan Scott e a madeira

Voltando a falar dos Lanternas, agora do Lanterna Verde original, uma das fraquezas mais bizarras dos quadrinhos é a de Alan Scott contra a madeira. O anel alimentado por magia de Scott o protege de praticamente qualquer coisa, a não ser um bastão de madeira, um taco de baseball, um graveto, uma tábua, por aí vai.

Imagem de capa do item

Capitão Poluição

Pra fechar, água, terra, vento, fogo, coração... Capitão Planeta. É bizarro, como todo o conceito do herói, mas faz todo sentido do mundo o Capitão ser fraco contra a poluição.

Imagem de perfil
Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.