Capa da Publicação

10 Piores personagens de Cavaleiros do Zodíaco!

Por Felipe Vinha

Cavaleiros do Zodíaco, ou Saint Seiya para os mais puristas, foi um anime que marcou época no Brasil, gerando uma multidão de fãs, ao longo dos anos.

Mas, além dos bons personagens e das lutas incríveis, o desenho animado também trouxe uma série de heróis e vilões ruins, que só servem para passar vergonha ou apresentar momentos forçados no enredo.

Saiba quais são os 10 piores personagens da saga, a seguir – mas vale o adendo: consideramos apenas personagens da fase clássica, mais Hades, além de filmes.

Imagem de capa do item

Freya

Convenhamos que a Saga de Asgard é bem legal. Apesar de ser considerada um filler, ou seja, feita apenas para “encher linguiça” em relação ao mangá, a história tem momentos incríveis e boas lutas, no geral.

Porém, Freya, irmã de Hilda de Polaris, parece que só entrou na história para servir de cenário. Ela chega a alertar os Cavaleiros de Bronze sobre a ameaça de sua irmã possuída, mas não faz praticamente mais nada ao longo da saga.

Imagem de capa do item

Midgard

Agora vamos falar da “Saga de Asgard alternativa”, no filme Cavaleiros do Zodíaco: A Grande Batalha dos Deuses. Lá, Hyoga foi dominado pelas forças do mal e teve sua mente controlada para atuar contra seus aliados, no papel do cavaleiro Midgard de Jormungandr.

O problema é que pensávamos que ele seria um grande oponente e teria algum grande respeito em tela. Hyoga tem seu poder de gelo devolvido com a Cólera do Dragão e passa vergonha, em nada lembrando o grande guerreiro da série principal.

Imagem de capa do item

Cavaleiros Fantasma

Esses aqui são tão ruins que ganham um tópico só para eles juntos, na lista. Os Cavaleiros Fantasma foram criados apenas para o anime e são tão “tapa buracos” que acabam sendo personagens ruins, de design fraco e com poderes “qualquer nota”.

Imagem de capa do item

Saori Kido

Em todas as sagas sem fazer quase nada, Saori Kido foi criada apenas para ser vítima, mesmo após ser revelada como Atena.

Tudo bem que a moça não tem culpa disso, mas é bem ruim a forma como os roteiristas utilizam sua personagem no anime e mangá. Ao menos em Hades ela faz alguma coisa, mas até lá já é tarde demais.

Imagem de capa do item

Mitsumasa Kido

O que falar sobre este homem que deveria ter passado um tempo na cadeia?

Brincadeiras à parte (ou talvez não), Mitsumasa Kido fez filhos em diversas mulheres ao redor do mundo e largou ao relento. Depois colocou os moleques para serem guarda-costas de sua neta, sem qualquer compensação em retorno.

Mitsumasa Kido também é bem raso e aparece como um senhor de idade sábio e de respeito quando, na verdade, tudo o que fez foi explorar pessoas.

Imagem de capa do item

Dócrates

Um dos cavaleiros mais vergonhosos de toda a série, Dócrates é outra cria do anime. Ele não tem constelação e seu poder é ser um pouquinho gigante, mais do que os adversários.

Contudo, apesar do “grande poder”, no final de sua participação ele foge da polícia e nunca mais é visto. Vergonhoso.

Imagem de capa do item

Cavaleiro de Fogo

Outro cavaleiro sem constelação e de nome bem genérico. O Cavaleiro de Fogo ao menos não fugiu da polícia, mas foi um oponente muito simples e unidimensional, criado apenas para o anime.

O desenho até tenta dar uma história de fundo para o Cavaleiro de Fogo, mas é muito piegas para valer de algo. Foi derrotado por Ikki, após brincar um pouco com Shun.

Imagem de capa do item

Kasa de Lymnades

A Saga de Poseidon é repleta de bons personagens, mas Kasa de Lymnades não é um deles.

O odiável general marina só quer ver o circo pegar fogo, mas, na verdade, não é tão poderoso quanto parece. Além de ser covarde, por tentar evitar a luta e vencer seus oponentes com ilusões, Kasa é derrotado facilmente por Ikki.

Imagem de capa do item

Shunrei

Da mesma forma que Saori, Shunrei foi feita apenas para sofrer. Cavaleiros do Zodíaco clássico tem um grande problema com a maioria de suas personagens mulheres e esta daqui foi mais uma que sofreu com o roteiro fraco para o lado feminino.

Ela passa quase toda uma saga chorando por Shiryu, com uma dublagem bem irritante, sem fazer nada além de orar pelo seu amado e tentar enviar um pouco de energia positiva.

Imagem de capa do item

Seiya

Eu sei que muita gente gosta do Seiya e é bem justo que você se identifique com o protagonista do anime em alguns casos.

Porém, ele sofre disso mesmo: protagonismo em excesso.

Seiya é sempre o centro das atenções, mesmo em situações onde ele não deveria estar presente, e é sempre salvo, em alguns casos usando seus amigos como “escada”, enquanto estes se sacrificam para que ele avance.

No anime, a personalidade dele piora, já que só consegue gritar por Saori e fazer besteira durante as lutas – enquanto não vence de maneira mal explicada, é claro.

Imagem de perfil
Felipe Vinha

Já tentei salvar o mundo de uma invasão alienígena, mas hoje me contento em ser jornalista. Gosto de quadrinhos e suas adaptações na TV ou cinema, animes, tokusatsu, games (de luta principalmente) e tecnologia. Vamos trocar uma ideia no Twitter @felipevinha