Capa da Publicação

10 personagens que você não lembrava que já foram apresentados no Universo Cinematográfico da Marvel!

Por Gus Fiaux

Seja nas telas dos cinemas ou na televisão, o Universo Cinematográfico da Marvel veio para nos apresentar a uma safra sensacional de super-heróis e vilões, tirados diretamente das páginas dos quadrinhos. No entanto, algumas dessas figuras foram introduzidas sem que nos sequer nos déssemos conta.

Nesta lista, reunimos 10 personagens que já foram introduzidos no UCM e nós nem lembrávamos, seja porque seus papeis foram muito pequenos, porque eles não foram mencionados pelos nomes que estamos acostumados nas HQs ou porque eles apenas foram apresentados de forma indireta, através de menções e easter-eggs.

Créditos: Divulgação

Imagem de capa do item

Escorpião

Homem-Aranha: De Volta ao Lar veio para provar, de uma vez por todas, que filmes com vários vilões do Amigão da Vizinhança podem sim ser bons. No longa, temos ameaças como o Abutre e o Shocker, mas outro vilão que já apareceu pela tangente foi o Escorpião.

Ou melhor, Mac Gargan. No filme, conhecemos apenas o criminoso, que está presente na cena da balsa e na sequência pós-créditos, onde confronta Adrian Toomes. E pelo seu diálogo final, não duvidaríamos se ele estivesse em uma encarnação do Sexteto Sinistro.

Imagem de capa do item

Ciclone

Embora o universo das séries da Netflix não tenha sido lá o mais fiel aos quadrinhos da Marvel, de forma geral, eles sempre tiveram o intuito de apresentar algumas figuras conhecidas dos quadrinhos. E a prova disso é vermos o Ciclone na segunda temporada de Jessica Jones.

Nas HQs, o personagem era um herói clássico chamado de Robert L. Frank, que tinha a capacidade de correr super-rápido. Na série, trata-se de um rapaz que acabou ganhando poderes graças aos experimentos do IGH. Ele usa a mesma paleta de cores que o herói das HQs.

Imagem de capa do item

Coruja

O Coruja é um grande vilão do Demolidor, tendo aparecido em várias histórias do Homem Sem Medo, com um visual medonho e uma brutalidade insaciável. No entanto, ao ser transposto para a Netflix, o personagem teve uma postura mais pacata e uma participação mais secundária.

O vilão é um aliado de Wilson Fisk, apresentado na primeira temporada de Demolidor. Na série, Leland Owlsley é um contador que toma conta das finanças do Rei do Crime. No entanto, ele morreu pelas mãos de seu próprio chefe, jogado no fosso de um elevador.

Imagem de capa do item

Chicote Negro

Em Homem de Ferro 2, fomos apresentados a uma versão de um clássico vilão do Vingador Dourado. Ivan Vanko era, na verdade, uma mistura do Chicote Negro com o Dínamo Escarlate. No entanto, em Agentes da S.H.I.E.L.D., tivemos uma versão mais "original" do primeiro citado.

Para quem não sabe, Marcus Scarlotti era a identidade original do primeiro Chicote Negro. Ele aparece como um agente tático da HIDRA na segunda temporada da série, e chega a lutar contra May usando uma corrente com uma faca, simulando o chicote clássico das HQs.

Imagem de capa do item

Madame Máscara

Falando em vilões clássicos do Homem de Ferro, outra figura muito reconhecida é a Madame Máscara, que muitos sempre quiseram ver em um filme. No entanto, sua participação acabou se dando no núcleo televisivo, já que ela foi adaptada em Agente Carter.

Whitney Frost foi uma grande vilã da segunda temporada da série - mas todas as semelhanças com a personagem das HQs terminam no nome. Aqui, ela era uma famosa atriz de Hollywood que queria conquistar o poder da Darkforce e acabou ficando desfigurada - mas ela nunca usa uma máscara sequer na série.

Imagem de capa do item

Líder

O Incrível Hulk é facilmente o filme mais esquecido de todo o Universo Cinematográfico da Marvel. Lançado em 2008, logo após o primeiro longa do Homem de Ferro, a aventura solo do Gigante Esmeralda perdeu força, especialmente depois que Edward Norton foi trocado por Mark Ruffalo.

No entanto, o que mais choca é ter alguns fãs não lembrando que Samuel Sterns - também conhecido como o Líder - já foi apresentado no longa, onde age como um aliado de Bruce Banner. Ao fim do filme, seu sangue se mistura com o do Hulk, e vemos ele passando por uma transformação...

Imagem de capa do item

Miles Morales

Hoje em dia, Miles Morales se tornou um nome tão famoso quanto Peter Parker - e não é à toa que ele protagonizou seu próprio longa-metragem, a animação Homem-Aranha no Aranhaverso. No entanto, o personagem também já foi introduzido no Universo Cinematográfico da Marvel.

Embora não apareça diretamente, ele foi citado por Aaron Davis em Homem-Aranha: De Volta ao Lar. Aaron é tio de Miles nas HQs, e ao ser confrontado pelo Amigão da Vizinhança, ele revela que se preocupa com o bairro em que vive por ter um sobrinho morando perto dele.

Imagem de capa do item

Tribunal Vivo

As Entidades Cósmicas estão no mais alto patamar quando falamos de níveis de poder da Marvel Comics. Elas são forças da natureza, que agem independente dos heróis e vilões que existem nesse multiverso. E um dos mais poderosos é o Tribunal Vivo, que julga todos os acontecimentos.

Ele, assim como Miles Morales, nunca chegou a aparecer, mas já foi citado em Doutor Estranho, quando Mordo apresenta armas especiais que carregam o poder de entidades de outras dimensões. Assim, o mestre de Estranho usa o Bastão do Tribunal Vivo.

Imagem de capa do item

Jocasta

Em Vingadores: Era de Ultron, vimos o vilão homônimo surgindo de uma maneira audaciosa, e destruindo J.A.R.V.I.S. no processo. No entanto, a A.I. acaba retornando de outra forma, como o androide Visão. Porém, quando Tony Stark vê os possíveis substitutos para J.A.R.V.I.S., nós temos uma surpresa.

O herói observa vários discos com outras A.I.s, e acaba escolhendo uma chamada Sexta-Feira. No entanto, ao fundo, podemos ver um disquete com o nome Jocasta - que, nas HQs, foi uma androide criada por Ultron para ser sua mulher ideal.

Imagem de capa do item

O verdadeiro Mandarim

Até hoje, muitos fãs acreditam que Homem de Ferro 3 seja uma das maiores decepções do Universo Cinematográfico da Marvel - e muito disso tem a ver com a presença do Mandarim, que é revelado como um ator fajuto a serviço de Aldrich Killian.

No entanto, a Marvel meio que tentou corrigir essa trama com o curta Todos Saúdam o Rei, onde vemos Trevor Slattery - o tal ator fajuto - sendo entrevistado na prisão, pelo que descobrimos depois ser um servo do "verdadeiro Mandarim", revoltado com o uso indevido de sua imagem.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux