Capa da Publicação

10 Personagens mais chatos de jogos!

Por Mike Sant'Anna

Alguns personagens do mundo dos games são memoráveis,  e trazem momentos incríveis. Mas alguns personagens a gente prefere esquecer que existiram, não porque eram ruins, mas porque eram extremamente irritantes.

Imagem de capa do item

Navi

Eu poderia dissertar um longo parágrafo para explicar os motivos pelos quais Navi seria um dos personagens mais irritantes dos jogos - se não O MAIS - Mas eu vou exemplificar para não ter a menor dúvida:

HEY LISTEN! HEY LISTEN! HEY LISTEN! HEY LISTEN! HEY LISTEN! HEY LISTEN! HEY LISTEN! HEY LISTEN! HEY LISTEN! HEY LISTEN! HEY LISTEN!

Imagem de capa do item

A Coruja (The Legend of Zelda: Ocarina of Time)

The Legend of Zelda: Ocarina of Time teve a capacidade de criar não somente um, mas dois personagens irritantes. Mas no caso da Coruja, não era bem uma opção dela, afinal de contas ela ficava irritante por conta da nossa pressa.

Ela começava a contar uma história enorme e a gente apenas apertando o botão pra ela passar rápido, não víamos quando ela chegava no fim, então começávamos a história *tudo de novo...

Imagem de capa do item

Ashley ( Resident Evil 4)

Alguns personagens só são irritantes por serem um completo peso morto pra você, uma âncora inútil que te atrapalha a fazer qualquer coisa que faria normalmente sem muito esforço.

Em Resident Evil 4, essa pode ser a melhor definição para Ashley Graham, a filha do presidente dos EUA que vai ser resgatada por Leon. Ela não te ajuda em nada, e você simplesmente passa boa parte do tempo pensando "Cadê aquela garota inútil?"

Imagem de capa do item

Baby Mario

Quem teve o prazer de jogar Super Mario World 2: Yoshi's Island - um excelente jogo diga-se de passagem - também teve o desprazer de conhecer a versão infante de Mario.

Um bebê extremamente irritante que, toda vez que você o deixava escapar, ele abria um berreiro que te compelia a resgatá-lo o mair rápido possível só para que ele calasse a boca. Eu já cheguei ao ponto da minha mãe mandar eu desligar o som da TV para que ela deixasse eu jogar Yoshi's Island.

Imagem de capa do item

Medusa Heads (Castlevania)

Qualquer fã da franquia Castlevania sabe os perigos que os diversos monstros existentes nos jogos apresentam.

Porém, tem um monstro em específico que sempre faz presença em qualquer versão de Castlevania e, sempre que aparece, mesmo não sendo um monstro de grande poder, consegue tirar qualquer jogador do sério.

Difíceis de acertar algumas vezes, outras vezes elas te petrificam durante um pulo crucial, as Medusa Heads são um verdadeiro pé no saco, e definitivamente foram feitas apenas pra te irritar.

Imagem de capa do item

Slippy Toad (Star Fox 64)

O personagem deveria ser um personagem super legal, afinal de contas é um sapo espacial. Mas o que acontece, é que ele de repente é uma voz estridente que aleatoriamente fica te gritando conselhos inúteis, ou apenas gritando sem motivo aparente.

Imagem de capa do item

O Cachorro (Duck Hunt)

É muito provável que esse tenha sido o "Mal Original", o primeiro dos personagens irritantes.

Esse cachorro não tem um nome, mas no jogo Duck Hunt ele só tinha apenas uma função: Zombar dos seus fracassos.

Convenhamos, criar um personagem que só serve para tirar sarro de você quando você perde, é apertar os botões certos pra te tirar do sério.

Imagem de capa do item

Atreus (God of War)

O exemplo mais recente vem de um ponto muito fresco na minha memória. Atreus é o famigerado filho de Kratos no novo jogo de God of War. Eu não posso dar muitos detalhes dos motivos dele ser tão irritante por razões de spoiler do jogo.

Mas o que eu posso dizer, além de chamar Atreus de mimado e inconveniente, é que eu concordava com todas as broncas que Kratos dava no moleque, além de que pagaria uma nota por uma DLC que permitisse dar uns pescotapas nele em algumas situações.

Imagem de capa do item

Zubat (Pokémon)

A razão de todos os meus Repels em qualquer jogo de Pokémon. O jogo traz o sistema de encontros aleatórios, até aí tudo bem, a maioria dos RPG's era assim. Mas era você entrar em uma caverna, e você já chorava por antecipação, pelo tanto de Zubats que você sabia que iria encontrar.

Imagem de capa do item

Larval Stalker (Silent Hill)

Às vezes, um personagem não precisa de muita coisa para se tornar bem irritante. E esse era bem o caso dos Larval Stalkers, os personagens não faziam praticamente nada, eles eram inofensivos, transparentes, mas o problema é que aleatoriamente eles soltavam um grito agudo que fazia você pular da cadeira.

Exatamente, os pequenos fantasminhas foram criados com o único intuito de te assustar vez ou outra.

Imagem de perfil
Mike Sant'Anna

Eu sou o melhor no que eu faço, mas o que eu faço... É bem retardado.