Capa da Publicação

10 personagens improváveis que se tornaram heróis!

Por Raphael Martins

Dizem que há um herói dentro de cada um de nós esperando para despertar. Que heróis são forjados no calor da batalha, diante de circunstâncias impossíveis e desafios que seriam demais para alguém de espírito fraco. São nessas horas que esses heróis, até então pessoas perfeitamente normais, descobrem o quão corajosas podem ser.

Mas nem todo mundo entra nessa de ser herói por livre e espontânea vontade, alguns deles preferiam ter ficado em casa regando as plantas, estudando pra prova ou curtindo a namorada. Essas pessoas não tiveram outra escolha além de embarcar nessa jornada de salvar o mundo, mesmo sem ter a menor intenção ou aptidão pra isso.

Nessa lista, veremos alguns dos heróis mais improváveis da cultura pop, que não queriam ser salvadores coisa nenhuma, mas que acabaram saindo melhores que a encomenda!

Neville Longbottom (Harry Potter)

Quando o jovem e tímido Neville foi selecionado para a Grifinória, ninguém entendeu direito o porquê. Ora, por que uma casa conhecida por ter representantes bravos e corajosos acolheria alguém como ele?

Mas quem não dava nada pelo garoto teve que queimar a língua. Ainda no primeiro livro, Neville se impôs, reunindo toda a coragem que tinha para impedir que os amigos cometessem o que ele achava que seria um grande erro.

O personagem foi evoluindo cada vez mais conforme os livros saíam, até que finalmente se tornou um grande herói da Grifinória ao empunhar a espada do fundador da casa, Godric Gryffindor, para destruir Nagini, uma das Horcruxes do poderoso Lord Voldemort.

Samwise Gamgee (O Senhor dos Anéis)

Sam era apenas o jardineiro de Frodo, mas acaba entrando por acaso na aventura do amigo ao ouvir, meio que sem querer, a conversa do jovem Bolseiro com Gandalf sobre destruir o Um Anel e prevenir o retorno do maligno Sauron à Terra Média. Apesar de nunca ter saído do Condado, Sam estava disposto a ir até o final dessa jornada.

Sam se mostrou um dos membros mais valorosos da Sociedade do Anel. Dono de uma grande força de vontade, ele nunca perdia a esperança de que tudo daria certo, nem mesmo quando Frodo foi dado como morto. Ele enfrentou a terrível Laracna para resgatá-lo, o carregou nas costas enquanto subiam a Montanha da Perdição e salvou o amigo de si mesmo quando este foi seduzido pelo poder do anel.

Nada mal pra um jardineiro.

Billy Cranston (Power Rangers)

Billy era o típico nerd que toda sala de aula tem. Quieto, reservado e fraco, era sempre zoado pelos valentões da escola, mas seus amigos o ensinaram a se impôr e a lutar as próprias batalhas. Por ter um coração bondoso e uma grande fibra moral, foi escolhido por Zordon para ser o Ranger Azul, apesar de não ter nenhum experiência de combate, algo que foi aprendendo aos poucos.

Por muitos anos, Billy foi um membro valoroso da equipe, mesmo quando desistiu de seus poderes na fase Zeo para atuar apenas como suporte de dentro da Câmara do Poder.

Billy ganhou uma releitura interessante no filme/reboot de 2017, onde era mostrado como um garoto no espectro do autismo, mas que tinha as mesmas qualidades do Billy da série de TV.

Earthworm Jim

Uma minhoca comum, de uma fazenda comum, em um planeta mais que comum, encontra uma roupa espacial surgida do mais absoluto nada, e ao entrar nela, ganha os super-poderes mais malucos do universo. Essa é a premissa de Earthworm Jim, um dos games mais doidos e queridos dos anos 90!

Equipado com a roupa, ele pode usar o próprio corpo como chicote e como hélice para planar, tem super-força e pode manejar algumas das armas mais perigosas da galáxia, tudo para salvar a princesa What´s-Her-Name do vilão Psycrow.

Porquinhos da Índia gigantes, Vacas aparecendo randomicamente, música clássica e cenários pirados, isso tudo te espera no jogo com o herói mais improvável que um game poderia ter.

Ash Williams (Evil Dead)

Ash era um cara completamente normal, que certo dia saiu de viagem com os amigos e a namorada Linda para uma cabana abandonada numa floresta. Lá, eles acabam encontrando um livro estranho e lendo uma de suas páginas, sem saber que aquele se tratava do Necronomicon, o livro dos mortos. Sem querer, eles acabam libertando um antigo e poderoso mal.

Assim começa a história de Ash Williams, o grande salvador da humanidade profetizado pelo Necronomicon, o terror das criaturas da noite, aquele que acabará com O Mal de uma vez por todas! Falando assim parece que Ash é um herói exemplar, mas a verdade é que ele é cheio de defeitos. Não tem um pingo de noção, curte uma boa farra e é totalmente irresponsável, mas na hora de fazer o trabalho, ele nunca falha... bom, quase nunca.

Ash começou sua história como um típico protagonista qualquer de filme de terror, assustado e acuado, mas em uma certa altura ele simplesmente cansou de só correr e gritar e começou a lutar. Depois disso, nunca mais parou.

Max Rockatansky (Mad Max)

Esse todo mundo conhece, ou pelo menos deveria conhecer. Tentando sobreviver em um mundo pós-apocalíptico onde o mais forte devora o mais fraco, o ex-policial Max é um errante, um "guerreiro das estradas", sempre em busca de gasolina e mantimentos e se metendo em uma enrascada maior que a outra.

Ele nunca quer ajudar ninguém, muito menos salvar, pensando primeiramente em si. Mas quando a situação aperta de verdade, Max não consegue ignorar o sofrimento alheio e coloca a própria vida na reta, se transformando em um herói. Um herói negligente, mas um herói mesmo assim.

Dave Lizewski (Kick-Ass)

"Por que todo mundo quer ser a Paris Hilton, mas ninguém quer ser o Homem-Aranha?" É com esse pensamento que Dave Lizewski, um grande fã de histórias em quadrinhos, decide parar de só admirar seus heróis e se tornar um. Nascia aí o Kick-Ass, o herói da vida real.

Só que Dave não tem nenhum treinamento, nenhuma aptidão, nenhuma energia, nada. Mesmo assim, ele não desiste de seu sonho de se tornar um herói e de ajudar aqueles que não podem se defender.

Seu coração que queima por justiça acabou inspirando outras pessoas a seguirem seus passos, se tornando também heróis. Hit Girl, a grande aliada do herói, foi uma delas.

Shawn (Todo Mundo Quase Morto)

Todo Mundo Quase Morto é um dos filmes mais divertidos da carreira do diretor Edgar Wright. Fez tanto sucesso que acabou sendo o primeiro de três filmes, a chamada "trilogia de sangue e sorvete".

Nele, nós acompanhamos a história de Shawn, um simples vendedor sem muito futuro na vida e que foi abandonado pela namorada, que se vê no meio de um apocalipse zumbi. Ao lado do melhor amigo Ed, ele bola um plano mirabolante para salvar sua família dos zumbis famintos e recuperar o amor de sua ex enquanto encaram as ruas de Londres, agora infestadas de desmortos.

É claro que dá tudo errado e todos eles acabam presos em um pub, onde as situações mais hilárias acontecem e onde Shawn descobre o herói que vive dentro dele mesmo.

O vídeo não está mais disponível.

Shun de Andrômeda (Cavaleiros do Zodíaco)

Shun nunca quis ser um herói. Ele odeia conflitos, sangue, lutas e violência, mas em nome da paz e do amor na Terra, ele abraça o destino trágico de sua constelação e luta por Atena usando a sagrada Armadura de Andrômeda.

Apesar de ser uma pessoa pacífica, Shun esconde um cosmo assustadoramente forte e é um dos cavaleiros mais poderosos de todos, tendo sido o único que derrotou plenamente um Cavaleiro de Ouro na sangrenta Batalha das Doze Casas. Mas na grande maioria das vezes, ele mantém todo esse poder escondido, por não querer ferir ninguém, nem mesmo um inimigo.

Shun luta cada batalha para nunca mais precisar lutar, uma esperança ingênua, mas vinda de um coração puro. Foi esse mesmo coração que atraiu Hades, o verdadeiro inimigo de Atena, e o fez escolher Shun como seu hospedeiro, mas nem mesmo ele foi páreo para o poder da forte amizade que os cavaleiros nutriam uns pelos outros.

Scott Pilgrim (Scott Pilgrim vs The World)

Scott Pilgrim é um garoto que segue à risca o perfil do jovem adulto dos anos 2000 que só se preocupa com sua preciosa vidinha, em tocar baixo na banda que tem com seus amigos, seus vídeo games e, em último lugar da lista, suas muitas namoradas, que sempre saíam do relacionamento de coração partido. Ele não queria nada além disso.

Sua vida muda completamente quando ele conhece Ramona Flowers, uma garota rebelde e misteriosa, por quem se apaixona completamente. Só tem um problema: para ficar com ela, ele deve enfrentar seus 7 ex-namorados do mal... ou morrer.

Durante a história, Scott deixa de ser um babaca egoísta e se torna alguém mais preocupado com as pessoas que o cercam, se tocando de que as coisas que ele faz podem magoar muito quem está próximo dele, e aprende a ter mais empatia por seus amigos e por si mesmo.

Imagem de perfil
Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael