Capa da Publicação

10 pequenos detalhes que podem estragar futuros filmes baseados em quadrinhos!

Por Gus Fiaux

Mas há também um problema com a quantidade de filmes lançados: eles são feitos, acima de tudo, para o público geral, e não só o leitor de HQs. Eis que surgem alguns detalhes que podem estragar a magia. Veja pelo menos 10 deles aqui!

Lista traduzida e adaptada do WC.

 

Imagem de capa do item

Ben Affleck não dá tanta importância à voz do Batman – Batman v Superman

Isso, nos cinemas, tem um grande papel na trilogia de Christopher Nolan, mas não de uma boa maneira. Muitos fãs criticam a voz forçada de Christian Bale. E Affleck já deu declarações que fará algo parecido. O que pode não ser uma boa ideia.

Imagem de capa do item

Como o Homem-Formiga controlará insetos – Ant-Man

A maior preocupação sobre esse filme é referente à saída de Edgar Wright. Porém, um pequeno detalhe chega a ser intrigante: como eles farão o Homem-Formiga controlar um exército de formigas em CGI sem que pareça ridículo. Se olhar por um lado, já tivemos um guaxinim falante...

Imagem de capa do item

Menosprezar o Gavião Arqueiro de novo? – Avengers – Age of Ultron

O Gavião é, sem dúvidas, o personagem mais apagado do primeiro filme, algo que o próprio ator já disse não ter gostado. Whedon precisa fazer dele um personagem forte e com personalidade, que demonstre um sentimento de pertencimento ao time do inicio ao fim do filme.

Imagem de capa do item

Quebra da quarta parede – Deadpool

O Deadpool é um personagem conhecido por quebrar a quarta parede – isto é, se comunicar com os expectadores. Mas isso deve ser explorado com muito cuidado em seu filme, para que não pareça ridículo. E se ele se juntar aos X-Men em algum outro filme, a situação fica ainda mais complicada.

Imagem de capa do item

O filme pode acabar ficando na sombra do Homem de Ferro – Captain America: Civil War

Downey Jr. tem um carisma incomparável. Isso fez com que seu Homem de Ferro alçasse vôo e fosse o personagem mais popular do MCU. Aqui, ele precisa ser tratado de igual para igual com o Capitão América (afinal, um filme sobre a Guerra Civil precisa de lados equilibrados). Se ele se sobrepor demais, podem mudar o nome do filme para “Iron Man – Civil War”

Imagem de capa do item

A falta de um herói – Sinister Six

Sexteto Sinistro aparenta ser a aposta mais arriscada da Sony. Porem, como o filme se sairá bem sem um herói? Afinal, nos quadrinhos, o Sexteto sempre foi um grupo de vilões, e não de renegados que devem se unir para fazer o bem. E o vilão do filme seria um herói? Boatos ainda dizem que o filme pode acabar trazendo o Homem-Aranha como coadjuvante, o que torna tudo ainda pior.

Imagem de capa do item

Uma Mary Jane que não seja Gwen Stacy – The Amazing Spider-Man 3

Um dos maiores méritos de O Espetacular Homem-Aranha e sua continuação é justamente a presença da bela Emma Stone como Gwen Stacy, que encantou milhares de fãs. A entrada de uma Mary Jane deve ser feita de maneira consistente, sem se espelhar muito em Gwen.

Imagem de capa do item

Jamie Bell como Coisa – Fantastic Four

Bell é um artista versátil e talentoso. Entretanto, foi cotado para ser o Coisa no Quarteto Fantástico, o que por si só já é tão estranho quanto o filme inteiro. Para que um ator de calibre tão grande para interpretar um monstro de pedra que, no final das coisas, será feito em CGI?

Imagem de capa do item

Falhar ao dar continuidade na franquia – X-Men – Apocalypse

Os filmes dos X-Men são lembrados por uma série de coisas, mas a continuidade temporal coesa não é uma delas. Entretanto, com o fim de Days of Future Past, as coisas foram parcialmente corrigidas. Só resta a Apocalypse não desfazer esse conserto.

Imagem de capa do item

O filme se passa na década de 1920? – Wonder Woman

Um dos rumores para o filme solo estrelado por Gal Gadot é de que se situe na década de 1920. Isso pode tanto ser um trunfo quanto a maldição para o filme. O trunfo por poder apresentar a sociedade machista do período. Mas, como visto em Homem de Aço, o Superman é o primeiro super-herói do mundo. Como isso poderia ser verdade se a Mulher Maravilha já estaria na ativa desde os anos 20?

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux